One Piece RPG
O início da pesquisa. XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» As Raízes do Vigilante Lucífugo
O início da pesquisa. Emptypor John Knudarr Hoje à(s) 03:34

» The Lost Boy
O início da pesquisa. Emptypor Handa Hoje à(s) 02:59

» Escuridão total sem estrelas
O início da pesquisa. Emptypor Handa Hoje à(s) 02:38

» Fim de Jogo
O início da pesquisa. Emptypor Wander Hoje à(s) 02:31

» 10º Capítulo - Parabellum!
O início da pesquisa. Emptypor OverLord Hoje à(s) 00:44

» O Sapo Mágico
O início da pesquisa. Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 00:42

» Escaping Mean! Run Ria, Run!
O início da pesquisa. Emptypor Milabbh Hoje à(s) 00:42

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
O início da pesquisa. Emptypor Akuma Nikaido Hoje à(s) 00:09

» Al mare!
O início da pesquisa. Emptypor John Knudarr Ontem à(s) 23:59

» [LB] O Florescer de Utopia III
O início da pesquisa. Emptypor Kekzy Ontem à(s) 23:26

» The Claw
O início da pesquisa. Emptypor Achiles Ontem à(s) 23:09

» The One Above All
O início da pesquisa. Emptypor Achiles Ontem à(s) 22:13

» VI - Seek & Destroy
O início da pesquisa. Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 22:08

» Apresentação
O início da pesquisa. Emptypor Blum Ontem à(s) 21:29

» Kuze Kyoji
O início da pesquisa. Emptypor Kyoji Ontem à(s) 21:15

» Gregory Ross
O início da pesquisa. Emptypor Wander Ontem à(s) 20:48

» Unidos por um propósito menor
O início da pesquisa. Emptypor Oni Ontem à(s) 19:58

» Drake Fateburn
O início da pesquisa. Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 19:43

» II - Aliados
O início da pesquisa. Emptypor Hunson Ontem à(s) 19:26

» Hey Ya!
O início da pesquisa. Emptypor Kiomaro Ontem à(s) 18:42



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 O início da pesquisa.

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Senshi
Mercenário
Mercenário
ADM.Senshi

Créditos : 63
Warn : O início da pesquisa. 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 26

O início da pesquisa. Empty
MensagemAssunto: O início da pesquisa.   O início da pesquisa. EmptyTer 02 Jun 2020, 13:22

O início da pesquisa.

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Jack Reed. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

Ficha <3 / Aventura

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
BlackHole99
Membro
Membro
BlackHole99

Créditos : 6
Warn : O início da pesquisa. 10010
Data de inscrição : 16/05/2020

O início da pesquisa. Empty
MensagemAssunto: Re: O início da pesquisa.   O início da pesquisa. EmptySab 06 Jun 2020, 15:15

O COMEÇO DE TUDO


 ~flashback~ 
 
''-Meu sonho... acaba aqui... mas... onde quer que eu esteja... eu estarei assistindo... seu nome ganhar o mundo... Jack!...''- dizia Lane com um sorriso no rosto enquanto sua vida aos poucos ia indo embora na cama de minha casa. -LANEEEEEEEEE!- eu gritava desesperado enquanto apoiava minha cabeça em seu colo o molhando com as lágrimas que incessantemente jorravam de meus olhos.
~Fim~


As memórias da morte de Lane sempre estiveram em minha cabeça, mas hoje em específico elas voltavam com mais força como se eu estivesse novamente lá no quarto de minha mãe vendo aquela maldita doença levar embora meu primeiro grande amor, minha mestra, e minha melhor amiga. Eu sou filho de um tenente da marinha dado como morto pelo quartel general e ela era uma pirata que havia naufragado nos arredores de Lvneel após fugir de uma batalha contra marinheiros próximo ao Farol. O destino havia nos unido naquele dia em que eu a resgatei na praia mas esse mesmo destino sem piedade a tirou de mim antes que ela pudesse realizar seu sonho de navegar no maior oceano do mundo: a Grand Line.

Eu, assim como ela carregava esse sonho comigo mas não era pelo mesmo motivo; enquanto ela queria ser uma pirata conhecida em todo o mundo eu sonhava em ser um cientista toxicólogo renomado e não tinha em mente seguir o caminho da pirataria. Pelo contrário, a melhor maneira de eu conseguir isso na minha visão, pelo menos nesse momento, seria entrando na marinha, apesar de todo o rancor que eu guardava de meu pai e do governo mundial. Meu pai era um lixo, mas uma coisa eu havia aprendido com ele: a marinha era um meio, e não um fim!

Voltando ao presente... eu agora me encontrava em Wars Island: a cidade onde meu pai viveu e trabalhou durante toda a vida até aquele fatídico dia em que partiu rumo à Grand Line e desapareceu misteriosamente. ''Então essa que é Wars Island... finalmente eu consegui colocar os pés para fora daquele reino desgraçado de Lvneel! hehehe'' penso enquanto observo a paisagem que para mim é completamente nova, afinal, era a primeira vez que eu colocava os pés ali já que o inútil do meu pai nunca havia se dado ao trabalho de me levar para conhecer essa ilha ou o quartel general onde ele trabalhava... ele devia estar muito ocupado cuidando da sua vida dupla como marinheiro em Wars e miliciano em Lvneel. Já que eu não conhecia o local eu não saberia exatamente onde ficava o quartel general, então encontrá-lo seria meu objetivo...


Caminharia pelas ruas de Wars Island observando atentamente o local e suas pessoas como o homem curioso que eu sempre fui. Queria conhecer o local onde eu estava pisando e principalmente observar as mulheres da cidade: seriam elas mais belas ainda que as mulheres de Lvneel? seriam elas lindas marinheiras? ou simplesmente lindas donzelas?... Após observar o local eu caminharia em direção à primeira pessoa que eu encontrasse e lhe faria uma pergunta: -Olá! eu sou novo por aqui e gostaria de saber onde fica o quartel general da marinha.- diria sempre com um sorriso no rosto tentando parecer uma pessoa simpática. Claro que se a pessoa em questão fosse uma linda mulher não acompanhada minha abordagem seria um pouco diferente. -Olá senhorita, eu sou novo por aqui... desculpa incomodar uma mulher tão bela como você, mas por acaso você sabe onde fica o quartel general da marinha? - lhe diria com um olhar mais apaixonado, de quem é levado pela atração. E assim o faria até encontrar alguém que me informasse a direção do quartel, para onde me dirigiria em seguida.


Caso eu conseguisse chegar ao QG, procuraria algum segurança ou marinheiro ali presente para me atender. -Olá, meu nome é Jack Reed. Sou novo na cidade e quero saber como faço para me alistar na marinha.- aguardaria sua resposta e seguiria aonde ele me mandasse seguir desde que fosse com a intenção de me alistar. Se quem eu abordasse fosse uma mulher bonita eu faria questão de elogiar sua beleza ao fazer minha pergunta sobre o alistamento.
 
objetivos:
 
. Entrar na marinha.
. Conseguir uma pistola. 
. Aprender as perícias: estratégia,lábia e quimica.
. Procurar e catalogar espécies de animais/plantas venenosas em Wars Island e extrair veneno delas para guardar em frascos. 
.Concluir uma missão pela marinha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Membro
Membro
K1NG

Créditos : 8
Warn : O início da pesquisa. 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

O início da pesquisa. Empty
MensagemAssunto: Re: O início da pesquisa.   O início da pesquisa. EmptyDom 07 Jun 2020, 18:30




O Início da Pesquisa

Spider Miles (Wars Island) ~ 10:19 ~ 32º



Dispostos de um ânimo bem mal construído e uma vontade louvável de não ir trabalhar, muitas pessoas caminhavam pelas ruas de Spider Miles com os rostos sonolentos, braços ocupados e olhos quase fechados. Não só o mal humor rotineiro da manhã daquelas pessoas era observável como também suas tentativas em aliviar o calor infernal que reinava sobre os bairros daquela cidade. As fábricas tomaram boa parte da mesma e agora era uma disputa entre a naturalidade do meio ambiente com o caos da poluição. Era possível ver homens que tentavam refrescar seus peitos, já soados, assoprando dentro da camisa pela gola e também algumas mulheres com decotes levemente maiores do que os costumeiros.

A rua estavam bem disposta de vários pontos comerciais, porém o que mais chamava atenção era um grande bar do outro lado da rua. Além disso, talvez umas duas ou três ruas a esquerda, ele conseguia ver uma enorme construção metálica, uma fábrica incrivelmente grande com enormes tubos exaustores e chaminés soltando uma grande quantidade de fumaça negra. Era bem desagradável sentir um leve cheiro de fumaça logo cedo, poderia incomodar o rapaz que acabou de chegar na cidade.

A quantidade de pessoas que caminhavam pela rua era relativamente grande, muitos deles, sendo a maioria, estava com grandes macacões operários, inclusive algumas mulheres. Já outros caminhavam com roupas sociais, estes que adentravam as lojas. Dentre todos, ao lado direito de Reed, se localizava uma loja de roupas onde uma mulher de aparência impecável e corpo voluptuoso se aproximava do rapaz, porém, não o cumprimentava nem nada, apenas adentrava a em que ele estava a frente. Talvez por instinto ou coisa parecida ele realizava uma pergunta bem direta a ela, não antes de se apresentar e amaciar o ego da mulher. Ela dava um sorriso discreto, olhava bem no rosto do jovem, como se tentasse o reconhecer e respondia: - Ele fica não muito longe daqui, só seguir aquela rua direto, passando pela Kurama e pelo ferro velho. É bem fácil de identifica-lo. – Finalizava com um sorriso tímido e encantador.

A rua apontada pela moça era a única ao lado do grande bar, o que era visível da mesma eram algumas casas e prédios, além de uma movimentação bem maior. Ele poderia ver também que na rua, haviam algumas pessoas conversando em pequenos grupos, e eles estavam segurando o que seriam cartazes e placas.

Como já se dirigia ao quartel general da marinha ele teve de passar pela rua indicada, mas sua passagem fora interceptada por um rapaz e uma moça, ambos vestidos com camisas brancas e uma grande árvore verde estampada. Eles mal abordavam o rapaz e já diziam: - Você está a favor ou contra a permanência da Kurama aqui na ilha? – Dizia o rapaz com um semblante sério, porém questionador. Tanto ele como a moça aguardava a resposta de Jack.

Histórico:
 

OFF:
 
NARRAÇÃO - I

____________________________________________________

FICHA | AVENTURA
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
POORS ARE THOSE WHO HAVE EYES BUT CANNOT SEE
Voltar ao Topo Ir em baixo
BlackHole99
Membro
Membro
BlackHole99

Créditos : 6
Warn : O início da pesquisa. 10010
Data de inscrição : 16/05/2020

O início da pesquisa. Empty
MensagemAssunto: Re: O início da pesquisa.   O início da pesquisa. EmptyDom 07 Jun 2020, 19:43

KURAMA?

Kurama? quem seria Kurama? era a pergunta que agora eu punha a me fazer. Mal havia desembarcado na ilha e já pude perceber um certo mal estar; Wars era totalmente o oposto de Lvneel: enquanto minha terra natal esbanjava o verde devido ao fato da industrialização não ser tão forte, Wars Island esbanjava o cinza. A cidade onde eu me encontrava agora era a típica cidade onde o capital concentrado em grande quantidade rouba o espírito das pessoas e devasta a natureza por completo. Devo confessar que esse tipo de coisa me dá asco:
 ''por que é que gente rica tem essa mania de usar da ciência para destruir a natureza e explorar as pessoas?'' 


O rapaz e a moça que haviam interceptado minha ida ao QG pareciam ser ambientalistas tendo em vista seus trajes com estampa de árvore e aquilo ali provavelmente era um protesto já que haviam grupos de pessoas segurando placas. Eu tentaria ler o que estava escrito nas placas para ver se minha hipótese de aquilo ser um protesto contra os danos ambientais possivelmente gerados pela grande fábrica que me era visível estava correta. -Kurama? me desculpe mas eu não sei do que vocês estão falando... é minha primeira vez aqui na ilha... -  lhes responderia com um olhar confuso de quem estaria interessado em saber o que estava acontecendo naquele local. -Mas é algo relacionado àquela fábrica soltando fumaça ali, não é?... essa poluição toda realmente é um problema para a natureza e para a vida das pessoas. - falaria em seguida. Não precisa ser muito observador para saber que aquela fábrica realmente estava ferrando com aquela ilha, e aquele possível protesto talvez refletisse uma certa insatisfação popular com esse ou essa tal de Kurama. 

Esperaria ser informado pelas pessoas que ali estavam sobre a situação em que se encontrava a ilha... Após ouvir o suficiente eu apenas falaria com consentimento: -Agora eu entendi o que está acontecendo aqui- e depois tentaria me despedir dos mesmos para focar em meu objetivo que era o alistamento na marinha. -Obrigado por me explicarem o que está acontecendo nessa ilha, mas agora eu tenho que ir... tenho assuntos a resolver. Espero encontrá-los de novo por aí! - falaria com um sorriso no canto da boca enquanto buscaria acenar para os mesmo como quem dá um ''tchau'', e seguiria novamente para o QG tentando não ser barrado dessa vez. 
Ao chegar no QG me apresentaria novamente como Jack Reed e perguntaria sobre como fazer para me alistar naquela instituição. Aguardaria as instruções e as seguiria caso me fosse possível. 
off:
 


Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Membro
Membro
K1NG

Créditos : 8
Warn : O início da pesquisa. 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

O início da pesquisa. Empty
MensagemAssunto: Re: O início da pesquisa.   O início da pesquisa. EmptyTer 09 Jun 2020, 00:13




O Início da Pesquisa

Spider Miles (Wars Island) ~ 10:22 ~ 32º



Os dois ambientalistas, assim intitulados por Reed, tentavam convencer o rapaz de que ele deveria defender aquela causa. Não era difícil perceber como a moral daquelas pessoas estavam elevadas, além de também estarem complacentes para com alguns operários que davam entrevistas para outros membros do grupo. As placas ainda não estavam erguidas, mas com certeza aquele grupo de protestantes já fazia uma certa movimentação nas ruas. Alguns dos que caminhavam pela avenida, a qual havia o bar e a loja de roupas, e pela rua onde levava ao ferro velho notavam a movimentação e também o alto volume da conversa.

Porém, talvez diferente do que o rapaz imaginaria servindo uma boa causa ou até mesmo ajudando em uma esperança a ser formada, Reed era novamente incentivado a ajuda-los. – Você mesmo já reconhece que a Kurama tem que ser fechada! Precisamos da sua ajuda para acabar com essas fábricas e indústrias que só destroem nossa cidade! – A moça erguia a voz enquanto segurava não muito forte o braço do rapaz. Ela tinha um semblante bem sério, porém que parecia demonstrar uma certa carência de alguma coisa.

As outras pessoas continuavam conversando, em especial entrevistando alguns transeuntes, dando muito mais atenção para com os operários e trabalhadores que por ali transitavam. Além disso o movimento nas ruas começava a diminuir com o tempo, já era possível ver que algumas lojas estavam abertas com os funcionários dentro das mesmas, porém ainda havia uma certa movimentação nas ruas.

A moça, acompanhada do rapaz, esperavam uma resposta de Reed. Seus olhos brilhantes e esperançosos almejavam a ajuda do rapaz, além de que eles realmente precisavam de mais um integrante em sua manifestação a respeito do terrível caos que assolava aquela cidade. De fato, era um momento especial para se atentar nos detalhes da cidade em que o rapaz começaria a servir a força governamental da marinha. Conhecer o ambiente de seu alistamento assim como seu posto de comando, de modo geral, atribuiria muito nas futuras missões e tarefas que se seguiriam.

Histórico:
 
NARRAÇÃO - II

____________________________________________________

FICHA | AVENTURA
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
POORS ARE THOSE WHO HAVE EYES BUT CANNOT SEE
Voltar ao Topo Ir em baixo
BlackHole99
Membro
Membro
BlackHole99

Créditos : 6
Warn : O início da pesquisa. 10010
Data de inscrição : 16/05/2020

O início da pesquisa. Empty
MensagemAssunto: Re: O início da pesquisa.   O início da pesquisa. EmptyTer 09 Jun 2020, 18:00

O PEDIDO DE AJUDA

Mas em que raios de cidade eu vim parar? eu só queria me alistar na marinha para poder iniciar minha pesquisa e agora eu estava sendo cooptado por um grupo de manifestantes ambientalistas a me envolver com causa, que para mim era totalmente justa tendo em vista o que aquela fábrica estava fazendo com os cidadãos daquela ilha. O único problema era que eu e aquele grupo ali nada poderíamos fazer para mudar esse cenário: esse tipo de coisa não é algo que se resolve por vias pacíficas e nem com pequenos grupos de cidadãos com placas na mão, mas uma coisa era certa... Essa cidade parecia ser muito podre, assim como seus governantes e talvez até a marinha que nada faziam para expulsar da ilha aqueles que estavam gerando essa poluição toda:
''E pensar que meu pai serviu a marinha em uma cidade escrota como essa... E que eu também irei servir... tsc[...] o que eu não faço pela minha pesquisa, não é? Veneno é o que não falta por aqui, mas é veneno químico e não biológico pelo visto.'' me colocava a pensar enquanto observava aquela mulher segurando meu braço e me pedindo para ajudá-la.

-Já que você está me pedindo com jeitinho... Não tem como eu resistir hehehe.- responderia à mulher lhe dando um sorriso com o canto da boca quebrando um pouco aquele clima. Seria muito rude da minha parte recusar o pedido após a moça ter implorado, mas eu também via naquilo uma oportunidade de descobrir a história daquela ilha e aonde eu tava me metendo. Eu pretendo virar um marinheiro única e exclusivamente para poder ter sossego e estrutura suficientes para começar a pesquisa que me levará ao topo entre os cientistas toxicólogos no mundo mas não quero abrir mão totalmente do meu senso de justiça. Eu não sou um vendido igual James Reed vulgo: meu pai, ou ''lâminas orquestrais'' chame-o do que quiser... Eu não sou igual àquele homem.

-Enfim... me contem tudo o que está acontecendo nessa ilha e em que eu posso contribuir.-  os responderia, dessa vez com um semblante mais sério em meu olhar. Escutaria o que eles tinham a dizer para poder fazer minha próxima movimentação. ''Espero que isso seja rápido...''.

Histórico:
 


off:
 


Última edição por BlackHole99 em Ter 09 Jun 2020, 18:01, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Membro
Membro
K1NG

Créditos : 8
Warn : O início da pesquisa. 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

O início da pesquisa. Empty
MensagemAssunto: Re: O início da pesquisa.   O início da pesquisa. EmptyTer 09 Jun 2020, 23:37




O Início da Pesquisa

Spider Miles (Wars Island) ~ 10:24 ~ 32º



Os olhos da garota voltavam a brilhar como esmeraldas que refletiam a luz do sol. Ela abria um grande sorriso impecável, além de agradecer com sua expressão jovial. Acenava a cabeça e em seguida começava a se expressar. – Sim! Muito obrigado! Bem... já fazem alguns anos desde que as fábricas Kurama se instalaram aqui na cidade e desde então nós só temos uma crescende nas taxas de poluição. Eles até tem um tratamento de esgoto privado, mas temos informações confiáveis que eles não estão fazendo um bom serviço. – Ela dizia com grande sinceridade na fala, seu tom de voz demonstrava uma certa inocência, porém ela tinha total certeza no que falava. Além disso suas expressões e gesticulações demonstravam que ela era bem comunicativa. O rapaz ao seu lado apenas observava e acompanhava as explicações.

A multidão começava a aumentar a cada minuto. Antes o que seriam talvez dez pessoas agora já eram mais de trinta. Sem dúvida a causa era apoiada por uma quantidade razoável de pessoas, visto que a cidade não tinha uma população tão grande como imaginado. A maior parte das pessoas moravam em bairros burgueses nas bordas da cidade, o que era um privilégio já que evitava a maior parte da poluição. O “resto”, como eram denominados, moravam em conjuntos habitacionais bem mais próximos ao centro da cidade, principalmente das fábricas. Isso era mais prático pois muitos deles eram operários.

A garota continuava sua explicação. – Nós combinamos de nos reunir em frente a sede da Kurama para protestar. Vamos, já está quase dando a hora! – Exclamou com êxtase em sua voz. Ela erguia o seu braço e puxava a sua mão, como se chamando o rapaz enquanto caminhava em direção ao centro da aglomeração.

Era total opção de Reed aceitar ou negar aquela proposta, porém era claro que isso poderia ter impacto em suas visões de futuro sobre o que era considerado ciência. Era aquilo tecnologicamente aceitável ou cientificamente aprovado? Sem dúvidas eram questões que levantavam o ar da dúvida e escorriam suas piores questões para a moral do rapaz. Era notável também que ele tinha objetivos pessoais muito importantes a se cumprir, como procurar e efetivar seu alistamento. O que o rapaz faria?

Histórico:
 

OFF:
 
NARRAÇÃO - III

____________________________________________________

FICHA | AVENTURA
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
POORS ARE THOSE WHO HAVE EYES BUT CANNOT SEE
Voltar ao Topo Ir em baixo
BlackHole99
Membro
Membro
BlackHole99

Créditos : 6
Warn : O início da pesquisa. 10010
Data de inscrição : 16/05/2020

O início da pesquisa. Empty
MensagemAssunto: Re: O início da pesquisa.   O início da pesquisa. EmptyQua 10 Jun 2020, 18:01

O Protesto







Aos poucos eu colhia cada vez mais informações sobre a Kurama e como sua fábrica gerava toda essa poluição que afetava a cidade. A jovem parecia determinada e convicta de que estava certa com relação àquilo, e bem... seu sorriso meio que havia me deixado um pouco sensível. ''Ahh mano, eu não posso dizer não a ela depois desse sorriso'' pensava.


Além de toda essa questão da fábrica poluir a cidade, Wars Island ao que me parecia era um lugar onde a desigualdade social imperava: de um lado as classes mais abastadas possuíam o privilégio de viver mais afastadas da poluição enquanto no centro da cidade, cada vez mais perto da fábrica eram localizados os bairros operários onde residia o proletariado que trabalhava nas indústrias. 


                                                                   ~FLASHBACK ON~


Lá estava eu com meus 10 anos de idade em minha casa enquanto comia a refeição da tarde com minha mãe: Luísa Reeves, filha de um nobre que morreu e deixou sua casa de herança. -Mãe... A nobreza desse país é nojenta! eu a dizia enquanto ela me olhava com uma cara assustada. Não era comum uma criança falar coisas como essas ainda mais morando na capital. De fato, eu não entendia muito de política ou como a sociedade funcionava mas há 3 dias atrás havia flagrado uma conversa do meu pai corrupto com um nobre em que eles planejavam o assassinato do líder da guarda e aquilo havia mexido muito com minha cabeça. 


Ela apenas sorriu e me respondeu: -Você ainda é muito novo para falar sobre isso, Jack..- e após mais 2 segundos de silêncio ela dizia palavras que ficariam na minha mente e me fariam admirá-la ainda mais. -Mas fico feliz que você pense assim... Vai ser uma pessoa incrível no futuro. e terminava com uma pequena risada. -Agora termine de comer!


                                                              ~FLASHBACK OFF~


É claro que depois eu viria a entender mais ainda o que a minha mãe havia dito naquele momento: a nobreza era mais nojenta do que eu imaginava com meus 10 anos e doía mais ainda pensar que esse tipo de gente era legitimada pelo Governo Mundial. 
Os donos da Kurama agiam igualzinho àqueles nobres que eu tanto odiei em minha vida: só pensando em seus ganhos e brincando com a vida da população... de fato eram o atraso da sociedade.


Eu já simpatizava de certa maneira com o sentimento de revolta daquela população e minha curiosidade me dizia que eu deveria ir até a sede da Kurama observar aonde ia chegar aquilo tudo. Com isso em mente eu apenas consentiria e seguiria a moça e os manifestantes até a sede. No momento em que chegasse lá eu seria apenas mais um no meio da multidão e tentaria sempre manter minha cabeça baixa como quem não quer ter seu rosto identificado entre aquele povo visto que eu ainda tinha intenção de ingressar na marinha e sempre procuraria me afastar de qualquer confusão gerada ali, até fugindo inclusive caso a chapa esquentasse e a marinha começasse a intervir. -Aliás, qual é o seu nome, senhorita? foi muito rude da minha parte não ter perguntado ainda.- perguntaria à moça observando os detalhes do seu rosto. Se eu fosse atraído por sua beleza poderia quem sabe convidá-la para tomar umas no bar da cidade uma hora ou outra dessas aí. 



Histórico:
 

____________________________________________________

FICHA|AVENTURA
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Membro
Membro
K1NG

Créditos : 8
Warn : O início da pesquisa. 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

O início da pesquisa. Empty
MensagemAssunto: Re: O início da pesquisa.   O início da pesquisa. EmptyQui 11 Jun 2020, 00:43




O Início da Pesquisa

Spider Miles (Wars Island) ~ 10:29 ~ 32º



O grupo se reunia para um pequeno discurso motivacional do que seria o líder deles. O apelidado de “cabeça” se prontificava a frente deles, com um megafone. Ele era alguém bem peculiar, por assim dizer. Uma careca brilhante, três brincos em uma orelha e uma roupa desleixada. Tinha também um olhar sonolento e cansado, porém sua expressão estava mais acordada do que aparentava. Sua voz era o que mais chamava atenção, pois ela parecia o estrondo de um trovão. As pessoas o ouviam e sem mesmo entender o que aquelas palavras bonitas queriam dizer já o aplaudiam como se fossem cegos devotos de um deus esquecido. – Nós vamos derrubar a Kurama, e isso vai ser hoje! Temos mais força do que nunca e nós também temos as provas de que eles nada são do que ratos que se dizem reis! Nós somos a revolução! – Exclamava. Uma onda ensurdecedora de palmas tomava conta daquela rua. Naquele momento, caso Reed olhasse a sua volta, perceberia que o que eram poucas trinta pessoas antes agora eram mais de cem! – De onde veio tanta gente? – Disse o rapaz que acompanhava a garota.

Eles começavam a caminhar, com os cartazes e placas erguidos. Caminhavam passando pela mesma rua onde seguia em direção ao quartel da marinha, e seria questão de minutos até estarem em frente ao ferro velho. As pessoas na rua ficavam bem assustadas com aquela multidão, cuspindo alguns comentários impensados e até mesmo se perguntando pra que aquela bagunça. Mas a imponente massa continuava marchando rumo a sede das fábricas Kurama. Cabeça guiava o grupo enquanto conversava com um rapaz que o acompanhava de perto.

- Me chamo Triss. – Disse com um sorriso contente. Ela olhava para Reed enquanto aguardava ele falar alguma coisa, mas antes de o rapaz abrir a boca ela continuava. – Este é meu irmão Klaus. – O rapaz, irmão dela, olhava Reed também esperando alguma palavra. Se o rapaz observasse com atenção perceberia que de fato eles eram bem parecidos. Triss estava bem animada com aquilo, enquanto Klaus demonstrava não ligar muito. Ela segurava uma placa e ele apenas a seguia.

Jack continuava no meio da multidão, como um protestante, vendo daquele ponto de vista. Ele tentava se disfarçar entre eles, mas parecia não sutir efeito. Uma mulher, de mais idade, perguntava a ele: - Você está passando mal, rapaz? Está com dor de cabeça? – Indagava enquanto via a cabeça de Reed abaixada.

De longe era visível a entrada da sede da fábrica e a frente dela um batalhão da marinha. Era como se eles estivessem aguardando aquela manifestação. Empunhavam armas e de peitos cheios eles davam destaque ao brasão da marinha bordado em suas fardas. Um grande soldado, bem musculoso e portando uma espada, estava a frente dos marinheiros com os braços cruzados e um semblante fechado.

Histórico:
 
NARRAÇÃO - IV

____________________________________________________

FICHA | AVENTURA
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
POORS ARE THOSE WHO HAVE EYES BUT CANNOT SEE
Voltar ao Topo Ir em baixo
BlackHole99
Membro
Membro
BlackHole99

Créditos : 6
Warn : O início da pesquisa. 10010
Data de inscrição : 16/05/2020

O início da pesquisa. Empty
MensagemAssunto: Re: O início da pesquisa.   O início da pesquisa. EmptyQui 11 Jun 2020, 12:03

O protesto: pt II


A manifestação havia começado a ganhar corpo com a fala daquele homem careca conhecido como ''cabeça''. Cerca de 100 pessoas já começavam a se reunir naquele protesto ao meu redor o que certamente era espantoso visto que até quem provavelmente costumava frequentar esse tipo de ato se mostrava surpreso. O ''cabeça'', como era conhecido, possuía um dos maiores poderes de dominação que um ser humano pode ter ao meu ver: o da dominação carismática. O careca apenas com sua retórica era capaz de inflamar toda aquela multidão que parecia o venerar e depositar muita confiança em sua liderança. ''Esse tal de cabeça aí é um verdadeiro líder..''.

A bela jovem que havia me cooptado para o protesto com aquele sorriso lindo que me deixou sem jeito se apresentava como Triss e o homem calado chamava-se Klaus. -Triss... um nome belo para uma garota bela.- teria respondido à garota impulsivamente, afinal mulheres bonitas eram meu ponto fraco... -Prazer em conhecê-lo também, Klaus..- responderia ao seu irmão caladão em seguida. -Eu me chamo Jack! terminaria por me apresentar também com um sorriso simpático no rosto senão seria rude da minha parte.

Agora eu já estava envolvido o suficiente com a multidão que caminhava em direção à sede da Kurama guiados por seu líder: o ''cabeça''. Mais à frente protegendo a sede da empresa estava um batalhão da marinha, o que era absolutamente normal nessas situações: é o dever das forças armadas defender a propriedade, principalmente a propriedade dos ricos.
Com minha cabeça sempre baixa eu continuava caminhando junto à grande massa até ser abordado inconvenientemente por uma senhora de idade. ''Puta que pariu minha senhora... você tá de sacanagem não é?'' como eu era um total desconhecido na multidão seria muito difícil de algum marinheiro memorizar o meu rosto mas mesmo assim eu ainda tinha que manter minha discrição então levaria meu braço ao rosto como quem estivesse limpando suor e responderia à senhora. -Não, eu estou bem... só não estou acostumado com o calor desse lugar, hehehe- e assim voltaria a manter a discrição enquanto caminharia em direção à sede.

Ao chegar lá tentaria me manter cada vez mais longe da visão dos marinheiros, inclusive rejeitando qualquer chamado para ir mais pra frente afirmando que eu preferia ficar mais afastado. Em qualquer caso de confusão com a marinha meu objetivo seria sair dali o mais rápido possível pois não tinha intenção nenhuma de enfrentar a instituição, além do fato de eu estar desarmado também, o que impossibilitava minha defesa pessoal.

Histórico:
 

____________________________________________________

FICHA|AVENTURA
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




O início da pesquisa. Empty
MensagemAssunto: Re: O início da pesquisa.   O início da pesquisa. Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O início da pesquisa.
Voltar ao Topo 
Página 1 de 4Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Wars Island-
Ir para: