One Piece RPG
Unidos por um propósito maior - Página 5 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» As Raízes do Vigilante Lucífugo
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor John Knudarr Hoje à(s) 03:34

» The Lost Boy
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor Handa Hoje à(s) 02:59

» Escuridão total sem estrelas
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor Handa Hoje à(s) 02:38

» Fim de Jogo
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor Wander Hoje à(s) 02:31

» 10º Capítulo - Parabellum!
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor OverLord Hoje à(s) 00:44

» O Sapo Mágico
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 00:42

» Escaping Mean! Run Ria, Run!
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 00:42

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor Akuma Nikaido Hoje à(s) 00:09

» Al mare!
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor John Knudarr Ontem à(s) 23:59

» [LB] O Florescer de Utopia III
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor Kekzy Ontem à(s) 23:26

» The Claw
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor Achiles Ontem à(s) 23:09

» The One Above All
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor Achiles Ontem à(s) 22:13

» VI - Seek & Destroy
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 22:08

» Apresentação
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor Blum Ontem à(s) 21:29

» Kuze Kyoji
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor Kyoji Ontem à(s) 21:15

» Gregory Ross
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor Wander Ontem à(s) 20:48

» Unidos por um propósito menor
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor Oni Ontem à(s) 19:58

» Drake Fateburn
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 19:43

» II - Aliados
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor Hunson Ontem à(s) 19:26

» Hey Ya!
Unidos por um propósito maior - Página 5 Emptypor Kiomaro Ontem à(s) 18:42



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Unidos por um propósito maior

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 10, 11, 12  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 53
Warn : Unidos por um propósito maior - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Unidos por um propósito maior - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Unidos por um propósito maior   Unidos por um propósito maior - Página 5 EmptyQui 23 Abr 2020, 19:08

Relembrando a primeira mensagem :

Unidos por um propósito maior

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) civis Aokine Daiki e Masaru Rokudo. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ficha | Aventura

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: Regras | Mudanças Importantes | Crie seu Personagem | Mini-Aventuras
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Jean Fraga
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador


Data de inscrição : 11/04/2020

Unidos por um propósito maior - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito maior   Unidos por um propósito maior - Página 5 EmptyTer 26 Maio 2020, 13:50



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
NOME DO BANDO???
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Durante o caminho que fazíamos a procura do barco, mantinha a conversa com Sadie, — olha! Vejo que gosta de muitas coisas em! interessante, podemos depois aprofundar mais nesse papo depois da missão, o que acha? um chicote? Que demais!! Hahaha – mantendo um sorriso alegre continuava: — até queria poder te ajudar mas não sou bom com chicotes, sou mais das espadas, porém após a procura do barco podemos treinar juntos, precisava treinar algumas acrobacias e você enquanto isso poderia tentar me acertar, assim no final ficaria bom pros dois, o que acha? - assim sorrindo e continuando andando.

Após certo tempo conseguimos avistar um barco, que por sinal havia chamado nossa atenção, mas o problema era, ele já parecia estar uns 250/300 m de distância das docas, “merda, hmm... o que faremos? Pensa, pensa....” - pensava um pouco perdido e meio desesperado por podermos acabar perdendo essa chance, por sorte Sadie parecia estar mais calma e após sua fala disse a ela: —Certo concordo com você, devemos se separar, marcamos então este lugar que estamos aqui como ponto de encontro certo? Tente ao se aproximar verificar as condições do barco, caso acho mesmo necessário que ficássemos com este barco, não sei tente causa algum estrago nele, a fim dos donos terem de voltar ou ficar mais tempo por aqui, seria o tempo que precisamos pra voltar, conversar com todos e rouba-lo, se as coisas saírem do controle, vamos dar nosso jeito ou de roubar o barco “ o que eu acho muito difícil sozinhos “ ou de simplesmente fugir, certo? Se cuida! – Enquanto finalizava minha fala, tentava seguir em direção ao barco de forma mais acelerada.

De forma que tentasse aumentar minha velocidade progressivamente com o intuito de tentar não perder o barco de vista enquanto me aproximo “ vamos Kaito, mais rápido, não perca ele de vista” , durante o caminho tentaria desviar de possíveis atrasos e distrações, enquanto tentava me dirigir prestaria atenção se encontro algum bote solto nas docas que pudesse usar, caso encontrasse, nem que fosse preciso roubar,  tentaria roubar, botaria nas costas e em seguida quando chegasse no mar entraria no mesmo e tentaria remar em direção d barco, para ver melhor as condições do tal, caso fosse o certo, tentaria usar minha audição aguçada para ouvir se estavam chegando ou indo embora, sempre tentando fingir que sou um pescador, caso estivessem indo embora, tentaria me aproximar e tentar quebrar uma parte do casco por meio de um corte com minha espada “hora de testá-la” sacaria então minha katana e desferiria um golpe ao seu casco, logo em seguida, tentando disfarçar avisaria a eles do problema que tinha visto, — Senhores!! acho que tem um buraco no casco! Agora se estivessem chegando apenas tentaria disfarçar que estava bisbilhotando e voltaria para as docas, tentando seguir ao local de encontro combinado com Sadie.

Caso não ache o bote irei me jogar na água e começaria a nadar em direção do mesmo, com objetivos ainda parecidos, caso fossem embora tentaria desferir um ataque ao seu casco e em seguida sairia de lá, sempre tentando não chamar atenção, caso ouvisse que estão chegando, apenas voltaria as docas e esperaria por Sadie voltar, se ela demorasse iria atrás da mesma.




Histórico:
 

Técnica Utilizada:
 

Objetivos:
 

Consideração:
 


off:
 

                                         
DAMAGE: 7 +2 (Arma)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 44[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 62[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 6
Voltar ao Topo Ir em baixo
Madrinck Dale
Membro
Membro
Madrinck Dale

Créditos : Zero
Warn : Unidos por um propósito maior - Página 5 9010
Masculino Data de inscrição : 16/09/2017
Idade : 34
Localização : Brasil / Dawn island

Unidos por um propósito maior - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito maior   Unidos por um propósito maior - Página 5 EmptyTer 26 Maio 2020, 15:09



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
NOME DO BANDO???
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Eu estaria bem preocupado por que estaria a receber remédios de até onde eu sabia um novato daquilo tudo, vai que ele iria me dar as doses erradas ? mas mal saberia eu que na verdade ele que fez os remédios.

Sem saber do pior eu iria tomando os remédios a qual Masaru estaria a me entregar sem muito reclamo, só falando para o Garoto oque eu estava sentindo ainda, nada demais eu acharia, depois disso esperaria para meus ferimentos serem tratados, ou então que eu recebesse alta e escaparia daquele Hospital juntamente com o Médico do Grupo, respondendo sobre a pergunta de tal.

-Estava pensando em ir procurar algum conjunto de pescaria, mas me falta dinheiro no bolso, então já que estou sem aonde ir, e não quero nem um pouco dar de cara com uma Taberna tão cedo, acho que vou junto com você-   Falaria dando um sorriso cortês, na tentativa de disfarçar que eu não me sentia nada bem com todos os meus ferimentos.

Depois dessa curta e rápida conversa eu seguiria o Garoto até aonde o Capitão estaria, não fazendo nada demais além de ficar ao Lado do Médico aproveitando para analisar o ambiente em si e as pessoas que estariam por lá e caso encontrasse o Capitão por ali iria para mais perto e ouviria atentamente oque ele estaria fazendo sem chamar atenção.

Caso alguém a mais entrasse no ambiente eu só iria dar uma cafungada no ar a procura de um cheiro especial, e depois me aquietando num local alheio da biblioteca







[/font][/i]
Histórico:
 

Técnica Utilizada:
 

Objetivos:
 

Consideração:
 

off:
 

                                       
DAMAGE: 7

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 44[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 62[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 6

____________________________________________________

FICHA

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
tamerex12
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
tamerex12

Créditos : Zero
Warn : Unidos por um propósito maior - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 19
Localização : Dawn Island

Unidos por um propósito maior - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito maior   Unidos por um propósito maior - Página 5 EmptyTer 26 Maio 2020, 17:30



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
NOME DO BANDO???
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
E
Post de aprendizagem da pericia (Intimidação)



"Merda, esse cara luta bem pra porra, mas acho que pelo menos consegui entender o conceito desse estilo de luta"


--Hahahahahaha, então e por isso que você esta me ensinando e parece ser tão bom em intimidação, você nem precisou treinar com essa sua cara de bunda (digo isso enquanto abriria um sorriso largo e seguraria seu punho, apos segurar seu punho eu fecho a cara e solto minha aura)

"Certo, vamos aprender como se intimida alguém"


Inicio do aprendizagem da pericia (Intimidação)



Apos algum tempo de eu ter ficado fazendo caras e bocas e posturas corporais eu começo a entender o conceito daquilo.

"puta que pariu isso e muito ridículo"

--Acho que talvez a melhor forma de eu aprender isso, seja tentando intimidar alguém, o que você acha?

Se a resposta fosse positiva, iria na rua e veria se encontraria alguém com cara de mal ou pelo menos que parecesse uma pessoa que não se assusta com facilidade.

Iria andando calmamente, enquanto isso acenderia um charuto.

Chegaria por trás do cara e diria:

Intimidação:
 

Se mesmo assim ele se recusasse eu iria abrir minha boca e iria em direção ao pescoço do cara, meio que fingindo que iria arrancas a cabeça dele fora.


Fim do aprendizado da pericia (Intimidação)


Caso tudo ocorresse como o esperado, voltaria para o cara que estava me ensinando e diria:

--Bem, tenho que dizer que vossa ajuda foi de muita serventia, e como trato e trato, bora beber karai, te pago ate duas cervejas (Digo isso enquanto abro um sorriso no rosto e dou um tapa nas costas do cara).


Histórico:
 


Técnica Utilizada:
 


Objetivos:
 


Legendas:
 


OFF:
 



                                     
DAMAGE: 8

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 44[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 62[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 4

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lazyness
Membro
Membro
Lazyness

Créditos : 6
Warn : Unidos por um propósito maior - Página 5 10010
Data de inscrição : 09/04/2020

Unidos por um propósito maior - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito maior   Unidos por um propósito maior - Página 5 EmptyQua 27 Maio 2020, 11:46



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Nome do bando???
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
E nfim tinha completado todo o meu treinamento, eu não tinha acertado todas as partes, por esse motivo o médico me indicava as partes certas, sendo assim eu aprendia uma lição, sempre tenho que aprender mais. Meu conhecimento sobre anatomia era muito bom, porém, não bom o suficiente, por isso eu tenho que sempre seguir em frente com o pensamento de sempre querer aprender.

Já na saida do hospital era outra coisa, não tinha muita coisa para se fazer, então seguiria em rumo a biblioteca. "Tomara que eu não seja o primeiro a chegar. " Esse pensamento passava em minha cabeça, a dúvida que eu tinha corrompia meus pensamentos, deixando assim uma grande confusão em minha cabeça. " Quer saber, vamo lá. " deixando meus passos ligeiros, iria andando pelas ruas de Dawn Island.

Andaria e andaria até chegar no local, entraria na biblioteca para então ver quem estava lá, mas o que eu mais temia acontecia, não tem ninguém do bando dentro desse lugar tirando o capitão, logo o que eu tinha que fazer é ficar sentado em algum banco esperando meus companheiros chegar. Pois o capitão não contava, ele estava ali para estudar, logo não poderia atrapalhar ele com conversinhas.

" O que será que eles estão fazendo? " Pensaria, logo depois outro pensamento vinha em mente. " vão demorar muito? " Pararia de pensar nisso e ficaria de boca fechada, pensando somente em pensamentos calmos e serenos, sem muitas complicações no meio dele, quanto mais calmo eu ficar, mais rápido o tempo vai passar e eles irão chegar.

O jovem Kyo já tinha acabado de fazer seu treinamento, então iria ficar esperando os seus companheiros chegar, ele sabia que alguns estavam no bar, mas ele já tinha completado o seu objetivo, ir para o bar não iria ajudar em nada, por isso ele apenas ficaria sentado, deixando a vida levá-lo.

Histórico:
 

Técnica Utilizada:
 

Objetivos:
 

Consideração:
 

off:
 

                                         
DAMAGE: 8

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 44[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 62[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 0
Voltar ao Topo Ir em baixo
Handa
Membro
Membro
Handa

Créditos : 6
Warn : Unidos por um propósito maior - Página 5 10010
Data de inscrição : 20/02/2019

Unidos por um propósito maior - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito maior   Unidos por um propósito maior - Página 5 EmptyQui 28 Maio 2020, 18:20



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
NOME DO BANDO???
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Era mais um dia calmo em Dawn Island, e eu me sentia extremamente esperançosa sobre tudo que ia acontecer. Após tantos anos, eu finalmente iria entrar em minha jornada divina, porém, eu precisava me preparar primeiro.

Eu tinha noção total e conhecimento do quão perigosas seriam as águas e mesmo com minha proteção divina, não haveriam formas de se cruzar o oceano sem os equipamentos corretos. Rapidamente iria começar a me mover pela cidade, apreciando seu belo céu e a doce brisa que sempre me deixava alegre e enquanto isso iria começar a prestar atenção nos meus arredores, procurando ouvir informações ou qualquer boato que poderia ser útil no futuro, ou no mínimo engraçado. "Okay, eu sei que posso chegar até a próxima cidade com meu dinheiro, mas vou passar em alguma loja primeiro. Preciso conseguir pelo menos algumas botas para a viagem", eu pensaria e então iria começar a procurar pela tal loja.

Não iria perder o menor tempo da minha aventura, então iria procurar pela loja o máximo possível para garantir o que desejo. Assim que entrasse, iria começar a caminhar por ela, observando tudo e vendo a situação geral. Tendo observado todos os conteúdos do local, me aproximaria da pessoa atendendo ao local e começaria a falar.
- Com licença, seria possível encontrar botas aqui? Eu tenho dinheiro suficiente para pagar por tudo e assim que obtivesse a reposta agradável responderia com - Eu agradeço bastante. Que a sorte dos céus estejam com você - no caso de receber uma reposta ruim, eu apenas iria sair da loja e procurar outro estabelecimento.

Tendo terminado essa jornada, voltaria a caminhar pela cidade e tentaria dar uma volta por ela inteira. "Bom, deve haver algum evento especial por aqui, não é? Eu preciso explorar ela inteira para ver se alguém merece julgamento ou não. Vou fazer o mesmo em todo lugar daqui pra frente, afinal de contas, é meu trabalho agora" e assim seguiria, vasculhando pela cidade por casos de injustiça para que eu pudesse passar meu julgamento e resolver todos com meus poderes divinos.

Histórico:
 

Técnica Utilizada:
 

Objetivos:
 

Consideração:
 

off:
 

                                         
DAMAGE: 6

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 44[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 62[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 6

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Muffatu
Narrador
Narrador
Muffatu

Créditos : 14
Warn : Unidos por um propósito maior - Página 5 10010
Data de inscrição : 04/02/2020

Unidos por um propósito maior - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito maior   Unidos por um propósito maior - Página 5 EmptySex 29 Maio 2020, 22:26

Muffatu Presents:






Enquanto os outros aprendiam novos truques para usar futuramente, Sadie e Kaito se movimentavam para conseguir achar um barco. Decidindo por se separar, que era de certa forma inteligente da parte deles. Afinal de contas os dois que já haviam chamado a atenção junto ao capitão na taverna certamente estariam marcados agora. Então andar afastados ajudava de fato e diminuir os riscos.

Assim que Sadie oferece a proposta o homem ali fica extremamente feliz em alugar o seu bote: - Claro! 10 mil está ótimo!
Ele disse.

Ela poderia entrar no barco e com o seu conhecimento de carpintaria saberia que aquele barco resiste até ondas de 1m no mar, sem maiores problemas. O mar não parecia tão forte onde ela estava, e o vento que vinha para a praia parecia que deixava isso claro.
Com barco em sua posse agora era com ela.
Remando até chegar perto do barco ela poderia ver que ali dentro parecia ter umas 10 pessoas no máximo. Não dava para ter exata noção por estar ainda um pouco distante, mas o barco estava parado ali. E pelo visto não iria muito longe. Quando se aproxima mais um pouco, as ondas começam a ficar mais fortes.

O vento muda a direção repentinamente e o barco começa a se movimentar de forma quase sem controle, o que fará agora a gata Sadie?

----------

Masaru conseguia terminar o seu aprendizado sobre anatomia, o suficiente para saber que enquanto ele fazia os seus experimentos para aprender a arte da “Farmácia” o hospital continuava a receber visitantes que não queriam estar por ali.
Enquanto lia e escutava falar sobre receptores alfa e beta, acetilcolinesterase entre outros termos ele pode perceber passando em uma maca no corredor o seu amigo Forxen. Aparentemente bem judiado após o que deveria ter sido um atropelamento ou algo do tipo.
Os médicos ao redor quando passaram falavam sobre faturas e sobre estar desacordado. Era uma ótima chance de Masaru testar os seus conhecimentos e ajudar o seu amigo. Mas o que ele faria? Um analgésico seria mesmo o suficiente? E o antiinflamatório ajudaria na recuperação do osso lesionado? O que mais ele deveria ou poderia fazer para ajudar o seu amigo? Afinal de contas nem só isso era o bastante para ajudar Forxen a se recuperar das pancadas, talvez ele precisasse passar a noite acompanhando o andamento do seu amigo e entendendo como cada um dos fármacos pode agir no organismo, uma excelente oportunidade de ajudar e aprender, não é mesmo?

----------

Aokine continuava preso no universo infindável dos livros. O próximo da lista era o de lógica. A genialidade do garoto se mostrava de gato essencial para o seu desenvolvimento, e estudar era a grande dádiva do dia. Enquanto ele lia, o bibliotecário o acompanhava visto que por ali não havia muito a se fazer e nem sempre ele tinha a chance de ajudar um menino a aprender tantas coisas. Se por um lado ele era intrigante por ser tão curioso, era bizarro quanto ele podia armazenar de informações em um curto tempo.
Assim que o menino fecha o livro, o bibliotecário estala as costas usando as mãos espalmadas na altura das costelas e então olhando para Aokine diz:


- Certo, alguns exercícios agora, depois posso te ajudar em suas perguntas e outros pedidos.

Quando termina os exercícios e Carlos Noel corrige ele calmamente responde às perguntas de Aokine:

- Suas perguntas são bem estranhas garoto. É claro que temos muitos marinheiros por aqui, essa é a terra de Goa. Sempre será bem protegida! Pode ficar tranquila. No cais temos alguns marinheiros sim, muitos deles se disfarçam de pescadores ou de bêbados para dar cabo dos malditos piratas!! HAHAHA Eles não tem nenhuma chance por aqui. Loguetown só conheço de nome.
- Quanto aos livros, é claro que temos alguns sim. Aqui eu tenho os seguintes livros: Anatomia Humana sai por 20 mil, Ciências Proibidas não tenho nada por aqui, Sedução… Eu devo ter um Kama Sutra por aqui, sai por 15 mil, mas acho que se quer aprender a seduzir o melhor jeito é a prática rapaz. Teorias são furada. Lábia eu não tenho por aqui também. Tenho “Como falar com as pessoas” sai por 20 mil também. Estratégia… tenho “Arte e Guerra” por 20 mil, mas não sei se é o que busca. Corrida, Furtividade não tenho… Doma, Ilusionismo, geografia e psicologia tenho também. Te faço os sete livros mais importantes para você, ou melhor os mais condizentes com a sua busca por 300 mil, a “enciclopédia do conhecimento básico” tem isso, e esse é o preço dela.


Enquanto esperava pelo dinheiro o bibliotecário continuava ali a olhar o garoto de quase dois metros de altura.

--------

Kaito concordando com a sua amiga Sadie partiu em busca de um outro barco para ele para que pudesse, assim como Sadie, se aproximar do barco e começar a tentar algo. Para isso ele tentou a princípio roubar um barco, o que não foi possível visto que nenhum dos botes por ali estava sem alguma pessoa por perto, além disso conforme ele se movia para tentar chegar a tempo, pessoas apontavam para ele, algumas riam, outras conversavam e só mostravam um rapaz andando pelo cais.

Em pouco tempo ele percebia que a sua chance era mesmo se jogar ao mar e nadar até o barco. Porém, quanto tempo ele teria até chegar ao barco?

As pernas já começavam a querer cansar. As ondas que se formavam começavam a ser um empecilho. Um humano não nada tão bem quanto um peixe no mar e isso era um problema. O vento começa a ser uma arma contra a sua chegada e longe de Sadie e do barco agora talvez fosse uma questão de sobrevivência e não só de se aproximar do barco e enfiar a espada nele sem ninguém perceber…

---------

Forxen

O rapaz recebeu os medicamentos e quando tentou se levantar sentiu uma pontada em sua clavícula. A dor era algo que incomodava ainda, e ele sabia que precisava de ajuda antes de sair dali e conseguir os seus objetivos.

Os remédios começavam a fazer efeito e o corpo do homem já começava a responder, porém como todo corpo humano, ele precisava de uma boa noite de sono para se recuperar e enfim seguir o seu caminho, quem sabe, recuperado por completo.

Em breve iriam servir o almoço, ele tomaria mais alguns remédios e então passaria por novos exames. Caso estivesse tudo bem, então ele seria encaminhado ao doutor que poderia, então na manhã seguinte, dar a alta ao seu paciente.

---------

Thomas finalmente havia achado alguém para lhe ensinar as “boas maneiras” da rua. E isso era algo bom para o nosso grandalhão. O Panda havia entendido como era a luta de rua e como cada detalhe importava da melhor maneira possível.
Entendeu que tudo é aceitável e tudo é válido desde que seja para conseguir sair com a vitória.

Ao sair para tentar intimidar alguém o Panda consegue com tranquilidade. O jeito que se aproxima é algo que só uma postura como ele havia feito antes poderia deixar acontecer. A Baforada de charutos era impressionante o suficiente para fazer até mesmo um cara sem medos pensar duas vezes em arranjar confusão com o panda. Se ele estava tentando mostrar sua postura corporal de forma ameaçadora, parece que tinha conseguido, e agora além de tudo devia duas cervejas para o seu “professor”.

-----
Ares

Enquanto caminhava pela cidade, o nosso pequeno ser de asas belas e leves passava por diversos lugares mais intrigantes até mesmo que sua própria compleição para os outros transeuntes.

Rapidamente por ser um local grande, ela encontra uma loja de armas e acessórios. Aquela mesma onde o Panda e seus amigos fizeram as compras e onde Kid foi visto pela última vez.

Ao entrar no local, o vendedor olha para ela e sorri.


- Claro! Claro filha de Deus. Tenho sim… Essas deve servir para você. São 30 mil berries! Obrigado! Que o pai te proteja!

Claramente era um homem de muita fé e que gostava de brincar com os Celestiais, talvez por ser casado com uma era algo que facilitava o caminho.

Saindo dali Ares poderia perceber que a população dos arredores estava em alvoroço e claramente seis homens bem armados procuravam por algumas pessoas que haviam causado confusão mais cedo…

O que a nossa jovem fará?


bichaelson



=OFF=

Boa noite amigos!
Sintam-se à vontade para perguntar quaisquer coisas.

Thomas - Costela trincada (02/04 posts ) = Briga da Rua
Forxen - Sonho ou Pesadelo, então a alta do hospital (Clavícula 00/03 posts)
Sadie - Decida como agir. Você tem esse post para se arrumar (01 post)
Kaito - Idem. Você pode acabar na praia… (01 post)

Meus outros nenês… Bom jogo!
=OFF=

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


“Aventuras”:
 


Objetivos:
 


Última edição por Muffatu em Sab 30 Maio 2020, 10:46, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Handa
Membro
Membro
Handa

Créditos : 6
Warn : Unidos por um propósito maior - Página 5 10010
Data de inscrição : 20/02/2019

Unidos por um propósito maior - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito maior   Unidos por um propósito maior - Página 5 EmptySab 30 Maio 2020, 00:17

Descobertas e Investigações


Por sorte havia conseguido pegar as botas o mais rápido possível, e com isso eu completava a primeira parte da minha missão. "Ah, ainda bem que essa foi rápida. Honestamente pensei que iria levar muito mais tempo para conseguir", eu pensava enquanto as calçava. Agora eu tinha pelo menos um seguro de que meus chutes iriam doer o suficiente para serem considerados julgamentos.

Logo após sair dali e andar mais um pouco procurando por situações onde minhas forças fossem necessárias, eu rapidamente avistei uma pequena confusão entre os civis começando por ali e não demorou muito para encontrar a causa, no caso, alguns homens armados "Me pergunto se são algum tipo de marinheiro?". Com a dúvida na cabeça eu rapidamente iria correr para próximo deles, tentando não ser notada. Começaria a olhar para seus corpos, de cima para baixo, adquirindo o máximo de informação visual que pudesse sobre eles, antes de tirar qualquer tipo de conclusão. Tentaria falar com algum dos cidadãos ao redor sobre o que estava acontecendo:
- Com licença, sabe me informar o que aconteceu aqui? É estranho tantos homens armados assim - perguntaria e caso não houvesse nenhuma resposta dos civis, iria me aproximar dos homens, buscando parecer o mais amigável possível - Senhores, poderiam me falar o que está acontecendo? - e esperaria por uma resposta produtiva.

Independente do resultado dos meus questionamentos, tendo adquirido informações sobre o caso, iria começar a me movimentar e ir um pouco para trás dos homens e esperaria por suas ações. Assim que algum deles saísse do local eu começaria a seguí-los, fingindo estar apenas seguindo o mesmo caminho por acaso. Se fosse necessário, procuraria subir em algum lugar mais alto e pular, usando minhas asas para pairar por alguns segundos e ter uma vista melhor sobre o caso.

Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Madrinck Dale
Membro
Membro
Madrinck Dale

Créditos : Zero
Warn : Unidos por um propósito maior - Página 5 9010
Masculino Data de inscrição : 16/09/2017
Idade : 34
Localização : Brasil / Dawn island

Unidos por um propósito maior - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito maior   Unidos por um propósito maior - Página 5 EmptySab 30 Maio 2020, 10:25

Lembranças do Passado.


Eu sou o Preto, e dentro de mim tem o nada.

Ao me ver numa escuridão continua que não tinha fim uma luz aos longe brilhava, uma pequena esperança de fugir da escuridão que me abraçava e me engolia. Correndo até lá tentando me soltar dos braços fantasmas que tentavam me segurar com sua pele fria como gelo sussurrando em meu ouvido pedindo para ficar.

Procurando a minha arma em minha cintura, vendo que ali não tinha nada mais do que o vazio, eu me debatia tentando fugir das mãos, o desespero corria em minha veia, eu não queria ficar ali eu queria chegar a luz.

-ME SOLTEM ! - Eu gritava até sentir pontadas de dor na minha garganta, pressionando meus olhos como se isso fosse me ajudar.

- Se é a luz que você tanto quer, ela esta ai hehehe- Ao sentir as mãos começando a escorregar pelo meu corpo me libertando, uma sensação de alegria subia o a minha espinha e então abrindo meus olhos.

Ao abrir meus olhos eu ficaria horrorizado, eu estava ali...queimando como carvão, vendo meu rosto derreter igual uma massa crua caindo ao chão

-Inútil, você não conseguiu nem salvar sua própria pele, você não merece oque tem agora... - A Assombração que me refletia, enquanto derretia estralava o seus dedos esqueleticos enquanto varios braços fantasmas se agarravam a mim, me afundando para a escuridão.

Não Não! eu tentava "nadar" para cima, tentando alcançar a luz, mas a escuridão me sufocava, e ficava tão e tão pesada que eu não conseguia fazer nada, eu não conseguia sentir...

Acordaria desesperado no hospital, analisaria o local ao meu redor procurando tentar ter uma noção da realidade, caso vinhe-se pessoas ver se eu estava bem eu tentaria convencer elas que tudo estava okay até tais desistirem.

Quando eu recebesse minha alta, eu me levantaria da maca ou cama e iria pegar meus equipamentos e iria embora dali, procurando ter um sendo de direção novamente e então iria em direção a biblioteca que poderia estar o capitão do meu Grupo, caso o encontrasse eu iria até ele e falaria.

-Capitão, eu estava pensando, já que iremos ir para o alto-mar, precisamos de alimentos, então vim aqui humildemente pedir uma quantia razoável para que eu consiga comprar os suprimentos para a navegação para o nosso destino - Falaria me curvando um pouco a frente do Capitão demonstrando reconhecimento e esperaria a resposta do Capitão.

Se ele me entregasse uma quantia de Berries eu iria a procura de alguma loja ou feira a qual venderia alimentos, e compraria o que eu achasse necessário para conseguir alimentar o grupo todo até chegarmos no destino, algumas bebidas e panelas e talheres e entregaria para Masaru segurar, então pensaria calmamente sobre certas coisas e começaria andar para longe falando para Masaru enquanto se afastava.


- Estou Indo Masaru, tenho coisas a fazer - Falaria tristemente pegando um caminho a qual Masaru perdesse minha visão, Era triste para mim, mas acho que eu não me daria muito bem num grupo tão grande como aquele.

Eu lembraria as pequenas horas juntos, mesmo que tivesse sido por pouco tempo realmente tinha sido bem legal, eles se tratavam tão bem e sempre se cooperavam, deixaria até uma lagrima cair do meu rosto e sumiria pelos becos, Indo Embora.
Objetivos:
 

Histórico:
 
Ferimentos:
 

____________________________________________________

FICHA

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Última edição por Madrinck Dale em Qua 03 Jun 2020, 20:29, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aokine Daiki
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Aokine Daiki

Créditos : Zero
Warn : Unidos por um propósito maior - Página 5 10010
Data de inscrição : 21/01/2018

Unidos por um propósito maior - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito maior   Unidos por um propósito maior - Página 5 EmptySab 30 Maio 2020, 17:15



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Nome do bando???
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Dava por terminado finalmente mais uma aprendizagem, tinha aprendido muito nestes últimos tempos mas ainda faltava aprender mais uma coisa e uma das bem importantes, precisava aprender mais sobre o livro de História, mas antes o bibliotecário falava comigo acerca do que lhes questionado anteriormente, com bastante atenção os meus olhos centraram somente nele tentando ouvir com bastante atenção cada palavra proferida pela boca de tal - Eu não acho que as minhas perguntas são estranhas, apenas incomuns, mas ainda assim muito obrigado pelas suas informações foram muito úteis, agora tenho mais confiança de que estou seguro... Sabe é que estou pensando em navegar até uma outra ilha e preciso de saber que estou em segurança, mas todo cuidado é pouco Senhor... -  Foram essas as minhas palavras que se seguiram após as falas principais daquele bibliotecário, aquela era uma informação valiosa mas não que ficava mais preocupado, muito pelo contrário aquilo me empolgava imenso e com um sorriso rápido mas malicioso foi evidente isso, não sei porque mas a destruição me atraía e eu amava ela, tudo tinha começado quando tinha matado os meus dois e únicos pais a sangue frio mas isso era outra história, agora passando para os meus objetivos era interessante notar que naquela biblioteca não tinha todos os livros que requeria mas podia aproveitar aqueles mesmo que estavam ali, não há nada que podia fazer mesmo acerca disso então precisava me aguentar com aqueles que estavam ali, novamente com uma voz grave mas com um estilo de fala calmo e com um sorriso no rosto conversava com aquele homem gentil a minha frente - Muito bem, sendo assim pode me dar estes mesmos livros, estou comprando e ajudando tanto essa loja que deveria me fazer um grande desconto, mas emfim me ajudou muito - Pegava os valores requisitados pelo bibliotecário e pagava ao mesmo, assim visava receber os livros caso ele me desse de seguida e depois iria assim a mesa de estudos os pousando ali, procurava me sentar na mesa de estudo e fiquei raciocinando um pouco sobre a minha vida, eu não queria fazer isso de livre vontade mas por momentos me perdia em pensamentos correntes dentro da minha mente insana "Porquê que eu matei os meus pais? Porquê que eu não consegui me controlar? Bem... Agora me obriguei a vida de querer me tornar um pirata, eu amo essa vida que estou levando e procurando, eu acho que o que me falta é apenas aumentar mais o meu desejo, quero que esse meu objetivo se torne em uma devoção.... Eu quero deixar essa minha falta de medo e de total ódio me dominar, eu quero ser não o Rei dos Piratas mas sim o Rei da destruição, eu quero liderar o meu bando a destruição de todo o local que passamos, agora eles são a minha única família preciso de cuidar deles e eles a mim, os objetivos deles vão se tornar os meus objetivos se nada me impedir de destruir tudo, tudo começou quando os meus pais alimentaram o meu ódio por eles e pelo mundo, tentaram me "educar" e me prender da minha liberdade, eu odeio isso, os Marinheiros e o Governo Mundial são iguais aos meus pais, eles tentam controlar tudo e tentam achar que são os deuses desse mundo, pois não são todos eles irão provar do meu ódio, justo, injusto, inocente, culpado, controlador, não controlador, piratas, caçadores, marinheiros, revolucionários e agentes, todos vocês que se colocarem no meu caminho irão ser aniquilados e destruídos bem como tudo o que amam, nada vai impedir a minha vingança para com este mundo! Malditos pais que me nasceram, vou queimar tudo e todos nestes mundo!", logo me levantei e com toda raiva dei um soco na mesa visando a destruir sem querer saber com os outros, após isso dei um longo suspiro e olhei para os cantos da biblioteca ficando mais sério e voltando a me sentar, aqueles pensamentos não foram brincadeira nenhuma e só me motivaram mais a querer atingir esse objetivo meu, para evitar ficar demasiado pensativo peguei no livro de História e com ele bati algumas vezes na minha cabeça com pouca força afim de me focar no que realmente tinha vindo ali fazer, que era aprender a ser um bom arqueólogo, caso Forxen um membro da minha tripulação conseguisse me encontrar e chegar a mim iria ouvir o que ele tinha para dizer, tentaria primeiro me acalmar depois dos meus pensamentos mais profundos e sinceros, quando fizesse isso aí sim iria falar de boa vontade com o homem múmia que se encontraria no caso perto de mim acredito, o tentaria assim encarar com muita preguiça pois tinha me cansado um pouco após pensar muito - Ham? Desculpa não irei lhe dar nada meu Senhor se quiser o seu dinheiro trabalhe por isso tchau tchau - Posteriormente digo mostrando um sorriso irônico para o mesmo, e voltando a prestar a minha devida atenção aos meus estudos, iria assim fazer um gesto com a mão direita como se tivesse o dispensando dali pois queria me focar no mais importante, nisso assim começaria a leitura do livro de História que seria bastante útil no futuro e que realmente queria aprender, sempre quis saber sobre a história no geral pois quem tem conhecimento tem poder, e aquilo seria um bom jeito de me ajudar.

Início do aprendizado da perícia História


Como todo livro que tinha lido, primeiramente o que deveria ler era a introdução do mesmo livro que se tratava que dessa vez era história, com o livro já aberto fui fazendo a leitura do livro com toda a minha concentração somente ali e mais nenhum lugar pois tinha de colocar os acontecimentos e factos que o livro iria me mostrar, tudo em minha mente, indo ao que era realmente importante o livro mostrava desde já que existem duas definições para tal, a primeira acredita que a história estuda, na verdade, a ação dos seres humanos através do tempo, investigando seus comportamentos e suas consequências e a segunda acredita que é a ciência responsável por estudar os acontecimentos passados, nenhuma das duas está errada e estão interligadas a perspectiva de cada uma é diferente, mas este livro de História pela leitura mostra que iria a se retratar principalmente da segunda definição, está que salienta que a palavra “história” tem origem no idioma grego e é oriunda do vocábulo “hístor”, que significa aprendizado, sábio, sendo assim, faz referência ao conhecimento obtido a partir da investigação e do estudo, também mostra que a importância da História está em seu papel de nortear o homem no espaço e no tempo, dando-lhe a possibilidade de compreender a própria realidade, estes eram alguns dos ensinamentos básicos que se devia ter em conta ao estudar a história, mas a mesma não era simplesmente reter factos e acontecimentos dentro do cérebro, de acordo com a leitura também era necessário se dedicar à pesquisa das mudanças nas diversas sociedades ao longo dos anos e colocar em prática uma análise crítica do seu objeto de estudo a fim de racionalizar a conclusão sobre os acontecimentos investigados, para isso acontecer de maneira exata e verdadeira é necessário fazer uma análise de maneira crítica que o permita chegar a uma conclusão sobre determinado acontecimento passado a partir da investigação de fontes históricas, enquanto historiador, não deve glorificar ou demonizar determinado acontecimento, mas deve analisá-lo criticamente, utilizando todas as fontes que estiverem ao seu alcance e empregando métodos de análise que o auxiliem em seu exercício, por fim a introdução termina por revelar que o surgimento da História enquanto ciência e campo de estudo foi obra de uma certa ilha, que caso tivesse mencionada ali tentaris notar qual seria, o conjunto de páginas que se designava livro, mostrava que  o trabalho aconteceu por meio da sistematização dos eventos da história dos habitantes dessa mesma ilha e de outros povos da antiguidade, e depois se espalharam por todo o mundo que conhecemos agora.

Agora, após o estudo da introdução do livro o segundo capítulo logo mostra no seu tema do que se tratava, tentava sempre notar isso, demonstrava que se abordava da Periodização, logo de início sem dar muitas voltas o livro vai definindo a mesma como um método cronológico usado para contar e separar o tempo histórico da humanidade, sendo que a periodização é o estudo da História Geral da Humanidade que costuma dividir a história humana, por convenção e exclusivamente para fins didáticos, esta que está separada em em cinco períodos, épocas ou idades, a primeira é a Pré-história, a segunda é chamada Idade Antiga, a terceira é a Idade Média, a quarta denomina-se Idade Moderna e a quinta mas não menos importante é a Idade Contemporânea. Primeiro, a pré-história refere-se ao período da pré-história que começou há cerca de X milhões de anos, que caso conseguisse notar iria assim aprender a mais ou menos quanto tempo seria, este período que é quando os antepassados do Homem começaram a produzir os primeiros artefatos em pedra lascada, destacando-se de todos os outros animais, e que durou um bom tempo que também estava descrito enquanto genial tentaria notar isso também, este período houve a chamada Revolução Neolítica, em que começou a fazer agricultura, tornando o homem não mais dependente apenas da coleta e da caça, em simlles palavras é considerado todo o período de evolução dos seres humanos até a invenção da escrita. Segundo, a idade Antiga é o período histórico que vai aproximadamente do X (período esse que não é revelado no livro acredito) milênio a.C., com o início da sedentarização e surgimento da agricultura, ao III milênio a.C., dando lugar à Idade dos Metais, tem como ponto de partida a criação da primeira forma de escrita desenvolvida pelo homem: a escrita cuneiforme, criada pelos sumérios, povo que habitou a numa certa ilha que o livro revelava e que tentava notar qual seria, esse período estuda os acontecimentos que envolveram diferentes povos. Terceiro é a idade Média, não há muito a dizer sobre esta parte, apenas que ela acompanha os eventos históricos do período que se estende de X a X momentos que o livro demonstra, seu marco inicial é o fim do Império Romano do Ocidente, e seu marco final é a queda de Constantinopla para os otomanos, Nesse período, enfocam-se os fatos acontecidos nos blues com o surgimento do feudalismo e a formação de uma sociedade controlada pela Igreja Católica. Quarta a idade moderna, estende-se do século XV ao século XVIII, quando o sistema capitalista consolida-se, foi um período específico da História do Ocidente que se inicia no final da Idade Média em 1453 d.C., embora os limites cronológicos sejam objeto de debate, a linha temporal deste período estende-se do final do século XV até à Idade das Revoluções no século XVIII; muitos historiadores assinalam o início desta idade na data de 29 de maio de 1453, quando ocorreu a tomada de Constantinopla pelos blueneses otomanos, incluindo assim o Renascimento e a Era dos Descobrimentos, e por fim é a Idade Contemporânea é o período atual em que estamos inseridos, acompanha acontecimentos do final do século XVIII até a os dias de hoje. Sendo assim, esse período engloba fatos que marcaram grandes transformações para a humanidade, como aqueles causados pelas revoluções de todos os seres, dando assim por encerrado o capítulo dois.

Existiam uma variedade de histórias que o mundo todo passou, chegava finalmente na parte mais importante e empolgante do livro, os acontecimentos e factos de toda história, que estavam divididos pela sua periodização, dali em diante agora seriam apenas o que ele estava interessado, não que tudo que tinha aprendido tivesse sido inútil, mas aquela parte do livro era a que mais me interessava então pronto, fui lendo cada parte do livro com bastante atenção notando bençãos e desastres que o mundo já passou, fui tentando entender a essência de cada históriaque lia e principalmente os motivos de cada movimento dos antepassados, a leitura estava interessado e de cada letra tento reter as suas informações, enquanto lia por mais felizes e tristes que poderiam ser aqueles contos reais a mihha expressão seria sempre a mesma, um semblante calmo com os olhos que pareciam meio serradosmas que na realidade eram mesmo assim desde a minha nascença, haviam certos relatos que explicavam a origens de certos objetos ou localizações do mundo, tentaria passar o tempo que fosse preciso para aprender tudo, não vou mentir, a leitura se tornava interessante mas também era muito chata, tive preguiça muitas das vezes mas me esforcei para ler de capa a capa o livro, assim que tivesse terminado a leitura de todo o livro daria uma pequena pausa apenas para suspirar e dizer - Muito bem, foi produtivo esse livro mas ainda preciso ler mais, posso ser um gênio mas ainda não se tornou mecânica ese todo conhecimento - Falei baixo para mim mesmo voltando a ler o livro todo novamente, por mais chato, triste, alegre ou empolgante que fosse eu precisava de fazer isso, tentava sempre me manter calmo e concentrado para não esquecer nada daquilo que estava aprendendo, até mesmo o autor ou autora do livro eu precisava de memorizar o seu nome, algo que achei interessante nas minhas diversas leituras é que de tanto ler eu já começava a me sentir um verdadeiro arqueólogo, sentia que tinha gosto pela leitura e isso era um ótimo sinal, agora depois de muito ler fecho o livro e vou ter novamente a mesa de estudo perto do bibliotecário, ali faço uma última leitura do livro todo e assim passo para a seguinte parte do livro, assim como os outros se tratava de uma parte de exercícios, era estranho mas um livro de História também tinha os seus exercícios, dando uma olhada para eles, podiam se dizer que eram mais questões de entendimento do que exercícios, mas emfim, precisava passar daquela fase para provar que tinha realmente entendido tudo.

Passado um bom tempo olhando para os exercícios ou questões do livro, tento procurar uma caneta e pego na mesmo, ou em último caso peço no bibliotecário, engolia a seco pois essas questões eram muito diferentes dos outros livros, apenas fechei os meus olhos visualizando o meu sucesso dando de seguida um longo suspiro, comecei então a resolver os exercícios com calma e sem nenhuma pressa, não tive medo algum de errar mas fiz tudo aquilo que podia e que tinha tentado reter ao longo das leituras feitas, não tentei cabular mas apenas fiz o que tinha aprendido, tinha certas perguntas de rasteiras mas tentava me lembrar das suas verdadeiras informações, passei realmente um bom tempo ali tentando responder as perguntas, cada pergunta que vinha era mais complexa e difícil que a anterior, aquilo parecia até um exame individual, eu conseguia mesmo perceber que aquelas perguntas estavam a estimular a capacidade de armazenamento do meu cérebro, apesar de muito ter estudo para mim ainda faltava muito mais conhecimento deste mundo, por isso me empenhava ao máximo para conseguir o que eu queria, me esforçava muito mesmo mas não se cmprava nem um pouco ao meu objetivo real o que mostrava que tinha muita determinação de chegar ali mas isso não era relevante, depois de as responder a todas olhei para as mesmas tentando perceber se havia algum erro, assim me dirigi ao bibliotecário entregando a ele o livro comas respostas e dizendo ao mesmo  - Está tudo certo ou errei em algo? - Disse confiante pois sabia que tinha estudo muito e várias vezes, esperei a resposta do mesmo e enquanto isso tirava um descanso ali na mesa e esperava que o mesmo me acordasse quando tivesse visto tudo, caso ele também não me acordasse não faria grande caso e assim que me levantasse iria ter com ele para ver a resposta que ele me daria, enquanto descansava a única coisa que conseguia pensar era no meu objectivo, eu tinha a plena vontade de matar e destruir tudo só para conseguir a minha vingança, ser pirata iria me libertar disso, mas emfim não era relevante isso, ao se levantar caso tivesse feito alguma coisa errada nem que fosse a mais pequena iria ler mais dez vezes o livro em questão para memorizar melhor e voltar a fazer os exercícios novamente, caso estivesse tudo certo iria ler apenas metade das vezes o livro em questão ao de caso errasse, isso sendo apenas cinco vezes, depois caso tivesse aprendido tudo o que havia sobre história, iria voltar a minha mesa de estudo onde estavam todos os meus livros e ali seria o meu local de estudo das últimas leituras, depois disso tudo iria organizar os meus livros todos e fechar o livro de História o colocando em cima de todos os outros livros.

Final do aprendizado da perícia História


Todos os meus estudos tinham por fim terminado, a satisfação era imensa que me fez levantar da cadeira e me espreguiçar todo de alegria, agora tendo terminado os meus objetivos dentro da biblioteca agora precisava de cumprir outros objetivos, peguei em todos os meus livros e fui até ao bibliotecário e os entreguei enquanto sorria falando com o mesmo e fazendo um pequeno pedido - Por favor guarde os meus livros, eu já volto não irei demorar muito Senhor... Como se chama mesmo? Enfim volto já, me chame de Aokine -  Depois das minhas falas tireio meu casaco e o ajeitei novamente apoiando o mesmo nos meus ombros largos, com isso os meus passos agora tentaram se dirigir novamente a loja de armas, não sabia muito bem se ainda me lembrava dela mas tentava encontrar a mesma, pelo caminho tentaria notar o que estaria acontecendo pelas ruas para notar se havia muita aglomeração ou não, pelo caminho lembrava que precisava de uma cientista ou artista no meu bando, como sempre eu não tinha nenhuma vergonha de perguntar, assim pelo caminho iria perguntando as garotas que encontrasse seja onde for - Olá Senhorita, será que está interessada em entrar um bando? Não se preocupe eu lhe explico que tipo de bando, é caso estiver interressada apareça daqui a um dia às 2 da tarde na biblioteca - Estas seriam as minhas palavras caso encontrasse alguém que mostraria interesse, não sabia quantas pessoas seriam atraídas ou pelo menos se elas seriam atraídas, após tudo isso caso conseguisse encontrar a loja de armas tentaria ir até ao vendedor e faria o meu pedido ao mesmo - Por favor senhor, eu quero uma Nija-ken, uma Ninja-to com uma capa cruzada para suporte delas, um pacote de Shurikens, duas pistolas munições para as mesmas incluídas e com suporte duplo, duas espadas com bainha cada e um par de botas, de preferência que cada um seja leve por favor e use o desconto tendo em conta que além de comprar isso tudo é a segunda vez que cá venho - Caso tivesse tudo o que tinha pedido iria pagar o preço necessário para cada uma delas, iria as botas nos meus pés, o pacote de shurikens a esquerda da minha coluna sendo um pouco a cima da nádega esquerda, as Nija-ken e a Ninja-to ficaram nas costas cruzando em X com capa que pedi, as pistolas com suporte duplo colocava em cada uma das minhas coxas e por fim as duas espadas ficaram apoiadas na minha cintura no lado direiro, após essas compras e estar equipado saio daquele local, o meu casaco estava por cima das costas e escondia algumas das minhas armas o que era bastante bom na realidade para não parecer um mercenário.

Saindo da loja de armas caso conseguisse iria tentar ir assim para um outro estabelecimento, iria assim procurar agora a loja de equipamentos, ao procurar a mesma andava com as mãos nos bolsos sempre com um andamento calmo e sem preocupações, olhava em cada canto para tentar notar se estava ou não a ser seguido, caso conseguisse encontrar a loja iria adentrar nela e tentar reparar tudo ali, de seguida iria tentar ir ao vendedor e com educação faria o meu pedido - Eai, quero um piercing se não tiver me dê um brinco, quero um fio de corrente simples que não incomode e um conjunto de apenas cinco anéis também simples tudo no mínimo valor claro não sou nennhum ricaço - Caso tivessem tudo iria pagar o preço necessário e com isso iria colocar o piercing ou brinco na minha orelha esquerda, depois iria pegar nas correntes e colocar em volta do meu pescoço e claro quantos aos anéis, o primeiro anel ficaria na destra do dedo indicador e o segundo anel no dedo anelar da mesma mão, depois iria colocar na mão canhota um anel no polegar, outro no dedo do meio e o último anel iria colocar no dedo mindinho, depois dessas compras bem feitas caso conseguisse, iria para a última loja do dia, andando pelas ruas iria procurar a loja de itens, com muito empenho tentei a encontrar e caso a encontrasse iria logo entrar na mesma com bastante pressa, me dirigindo ao possível vendedor ali caso o encontrasse tentaria assim falar com ele visando fazer o meu pedido  - Quero uma mochila grande, vinte e quatro charutos, dez cigarros, dois isqueiros, um pacote de elástico, uma algema e um diário- Caso conseguisse tudo isso após o pagamento iria pegar na mochila e iria colocar nas minhas costas, tudo o resto comprado iria colocar dentro ds mochila, agora sim tinha tudo o que era necessário,  pegava nas alças de cada mochila andando pela cidade, tentava apreciar tudo o que estava ao meu redor, após isso somente assim iria dar por terminado as minhas compras, foram imensas e nem mesmo eu tinha percebido a imensidão daquilo tudo, porém, para cada uma dessas coisas eu tinha um plano específico, o que daria frutas mais tarde.

Visando agora assim voltar para a biblioteca, procuro não dar muito nas vistas enquanto ando, tentando ir novamente até a biblioteca, caso conseguisse chegar ali sem ser perseguido nem nada, iria novamente até ao bibliotecário e tentaria falar com ele novamente - Ok cara muito obrigado, pode me devolver os livros agora por favor? - Caso ele me entregasse os livros iria colocar os mesmos na minha mochila, se ainda tivesse espaço iria colocar as minhas duas espadas ali também, depois de tudo o que tinha feito fhi até a mesa de encontro e ali mesmk procurava uma cadeira para sentar e tentei descansar ali após um dia bastante cansativo, esperando assim que os outros também chegassem.

Histórico:
 

Status:
 

Técnica Utilizada:
 

Objetivos:
 

Considerações:
 

off:
 

                                           
DAMAGE: 8 + 2 (Arma)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 44[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 62[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 7

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Última edição por Aokine Daiki em Qua 03 Jun 2020, 17:19, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Jean Fraga

Créditos : Zero
Warn : Unidos por um propósito maior - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 17

Unidos por um propósito maior - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito maior   Unidos por um propósito maior - Página 5 EmptySab 30 Maio 2020, 20:33



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
NOME DO BANDO???
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Mesmo tendendo me aproximar o cansaço começava a tomar o corpo e a cabeça já começava a perder o foco “Subestimei essa distancia que não parecia muito e agora só me resta voltar” pensando isso, tentaria começar a boiar a fim de poder relaxar um pouco e tentar controlar minha respiração, assim voltando a pensar melhor, sem desespero. “Bom, o que fazer agora? Talvez Sadie possa ter tentado algo similar e possa estar por perto”. Assim finalizando meu pensamento, pararia de boiar por um instante e tentaria ver a minha volta, se ela estava por perto, além de usar minha audição aguçada para assim também tentar ouvir um possível chamado dela, caso a encontrasse visualmente ou ouvisse algo dito pela mesma, voltaria a boiar e apenas mexendo os braços e pernas de forma mais lenta tentaria me dirigir a ela. Assim caso me juntasse a ela diria: — Parece que estamos os dois em uma situação difícil em! Já estou bem exausto então seguirei suas ordens e farei o possível para não ser um peso morto e te ajudar ok? – Assim falando de forma calma apesar de durante a fala demonstrar suspiros de cansaço.

Caso não a encontrasse, da mesma forma voltaria a boiar afim de gastar menos energia e assim tentaria deixar as ondas me levarem ate as docas ou até a terra firme, caso as coisas se saíssem bem e conseguisse chegar as docas dessa forma, tentaria sair da água, mesmo que fosse me arrastando. Apesar do cansaço. Me lembrava do combinado, se encontrar no local marcado após o fim da nossa operação, “Agora o que me resta e voltar para o local de encontro e espera-la, torcer para a Sadie ter se saído melhor que eu, porque de informação não consegui muita coisa”. Portanto, me levantaria e iria tentar me locomover ao local combinado. Passados se um tempo caso ela chegue diria: —Eai! Como se saiu? Não consegui descobrir muita coisa e acabei só me desgastando mais. – Ouvindo sua resposta, diria assim finalizando: — Hmm, certo! pelo menos parece ter conseguido umas boas informações, então, como falamos vamos treinar um pouco antes de voltar a biblioteca? – dependendo de sua resposta, então tentaria junto dela seguir para um lugar mais vazio e apropriado para treinarmos, caso decida outra coisa, apenas a seguiria, —Positivo vamos nessa! – assim indo com ela ou para o treino ou para o que havia sido decidido.

Se por ventura quando deixasse as ondas me levaram, fosse parar em terra firme, mas não nas docas, tentaria me recompor e seguir em direção ao ponto de encontro, —Merda... fui parar meio longe eu acho, vou tentar voltar pra lá, será se esta tudo bem com ela? – falava para mim de forma baixa, recompondo meu folego. Ao fim então seguiria ao local combinado, durante o caminho ficaria com os ouvidos bem ligados para possíveis informações que fossem ser importante, bem como para saber se os homens que estavam nos vigiando hoje mais cedo estavam por perto “Quase que me esqueço da existência deles, não posso ficar desligado”. Se conseguisse chegar a esperaria, caso a mesma demorasse demais para chegar iria sair a procura da mesma, agora se ela já estivesse lá ou logo em seguida Sadie chegasse falaria: —Acabei parando meio longe, mas estou aqui, não consegui descobrir muita coisa e você? – dizendo de forma suave, tentando demonstrar que estava tudo certo, depois de sua fala finalizaria dizendo: —Ótimo, já ajuda! Vamos treinar agora e em seguida voltamos para informar o capitão? O que acha? – demonstrando dessa vez por meio de um sorriso e uma fala mais entusiasta a animação da ideia de treinarmos um pouco. Dependendo de sua decisão, tentaria seguir para um lugar mais vazio e calmo para treinarmos, se a decisão da mesma fosse outra apenas aceitaria e seguiria atrás. “Bom podemos treinar outra hora então” pensaria enquanto seguia  Sadie.



Histórico:
 

Técnica Utilizada:
 

Objetivos:
 

Consideração:
 


off:
 

                                         
DAMAGE: 7 +2 (Arma)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 44[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 62[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 6
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milabbh
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Milabbh

Créditos : 6
Warn : Unidos por um propósito maior - Página 5 10010
Data de inscrição : 13/04/2020

Unidos por um propósito maior - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito maior   Unidos por um propósito maior - Página 5 EmptySab 30 Maio 2020, 22:57

Para quem não tem nada, a metade é o dobro.


Kaito disse que não sabia usar um chicote para me ensinar, mas gostei de sua proposta, por isso concordei prontamente com um sorriso.

- É uma ótima ideia Kaito!! Podemos sim treinar juntos, voltamos de noite aqui para dar uma olhada na área e treinar nossas habilidades então, o que acha?

Decidimos que o melhor seria nos separar, não sabia o que meu companheiro iria fazer para alcançar a embarcação, então apenas segui meu rumo depois de concordar em encontrá-lo no local em que conversávamos, depois que tivéssemos analisado o barco.

"E lá se vai meu dinheirinho, acho que vou precisar conseguir mais antes de sair da ilha, o que tenho agora não dá pra nada."  - Pensava enquanto ia em direção ao bote que acabara de alugar. Parei na frente da pequena embarcação e entrei, me acomodando ao sentar enquanto alcançava os remos e começava a manobrar em direção ao navio que havia avistado antes.

O mar estava calmo, então consegui me aproximar do navio sem problemas, dei uma boa olhada nele, tentando perceber todas as vantagens que ele possuía, além de reparar no número de tripulantes, contei 10 deles, estava meio longe ainda, mas era possível discernir as silhuetas. Não parecia que estavam saindo do porto, mas não queria correr o risco de perder a chance, por isso, decidi chegar mais perto dele. E foi exatamente esse o meu erro, quanto mais me afastava do cais, mais revolto ficava o mar, além de os ventos estarem completamente loucos a essa altura - "É claro que uma coisa dessas tinha que acontecer, a lei de Murphy realmente não falha nunca!"  - Disse enquanto olhava revoltada para as ondas, novamente aquilo acontecia, e como da outra vez, eu me sentia completamente impotente e assutada, flashs do meu passado invadiam minha mente sem minha permissão, lembrava nitidamente daquele mar que me assombrava, cheguei a me perguntar se estava pronta para enfrentar o mar aberto, se o "deus do oceano" ou qualquer outra coisa pouparia minha vida mais uma vez.

Sentia a força da maresia, rapidamente ela me trouxe de volta de meu transe, olhei para as ondas que vinham em minha direção, respirei fundo e balancei levemente a cabeça, tentando voltar a realidade, e foi ai que me lembrei de Kaito, olhei para todos os lados na esperança de achá-lo para pedir uma ajudinha.

Caso conseguisse vê-lo à deriva, tentaria chegar até ele para ajudá-lo e voltar para a praia ilesos. Se não visse meu amigo, tentaria manobrar o barco para que ele ficasse de frente para as ondas, dessa forma, passando por cima delas, evitando que o bote virasse, e continuaria seguindo para ver quais informações a mais consigo coletar antes de voltar para o cais. Se ainda assim o barco cedesse à força das ondas, e acabasse virando, ficaria em baixo da parte em que eu estava anteriormente sentada, afim de respirar e ter um apoio ao mesmo tempo, enquanto esperaria uma onda vir para usar sua força como impulso para virar o bote novamente e tentar sair de lá para voltar ao cais.

Se conseguisse voltar para terra firme, tentaria procurar Kaito no local combinado, se o encontrasse por lá e já fosse um horário mais escuro do dia, veria se ele ainda está disposto a treinar como havíamos conversado. Além disso olharia bem para ele, se percebesse algo de estranho falaria.

- Uau, você tá um caco! O que houve?  - Diria com um ar de preocupação, esperando sua resposta e continuaria. - Conseguiu descobrir algo útil com isso?

Se ele me perguntasse o que aprendi sobre o navio, contaria tudo o que consegui perceber para ele e logo em seguida diria.

- O que nos resta agora é treinar um pouco, aproveitamos para ver o movimento de guardas pela noite, para decidirmos o melhor horário para "negociarmos", depois ficamos livres para encontrar o bando na biblioteca, o que acha?  - Disse para ele enquanto olhava em volta, na esperança de achar um local adequado para treinarmos.

Atributos:
 

Objetivos:
 

Histórico:
 

Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Última edição por Milabbh em Dom 31 Maio 2020, 13:13, editado 6 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Unidos por um propósito maior - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito maior   Unidos por um propósito maior - Página 5 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Unidos por um propósito maior
Voltar ao Topo 
Página 5 de 12Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 10, 11, 12  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Dawn Island-
Ir para: