One Piece RPG
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Phantom Blood
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor Licia Hoje à(s) 2:53

» Escaping Mean! Run Ria, Run!
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 2:29

» [LB] O Florescer de Utopia III
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor Vincent Hoje à(s) 1:08

» As mil espadas - As mil aranhas
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor jonyorlando Hoje à(s) 0:42

» Noskire M. Hughes
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 0:28

» Yami Sukehiro
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 0:22

» Yami Sukehiro
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 0:21

» [Ficha] Kuze Kyoji
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:43

» Vivian Strongwill
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:37

» The One Above All
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 23:18

» II - Growing Bonds
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor Vincent Ontem à(s) 22:41

» Busca Implacável
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 22:07

» Do ferro ao aço
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor Anjodk Ontem à(s) 21:42

» 1º Ato - O Despertar
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor Chaitanya Mahaprabhu Ontem à(s) 21:39

» MINI - Abraço de Urso
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor TheJoker Ontem à(s) 20:34

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor Skÿller Ontem à(s) 20:24

» Fanalis B. Ria
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 20:19

» Enuma Elish
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 20:12

» 1º Cap: O começo de uma grande aventura
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor JaponeisLK Ontem à(s) 19:54

» Vamos nos aventurar! Anjinhas me aguardem...
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Emptypor Pippos Ontem à(s) 19:53



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... , 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 53
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 EmptyQua 9 Out - 16:41

Relembrando a primeira mensagem :

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) marinheiros Julian D'Capri, Noelle Eisenhower, Noskire M. Hughes. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ficha | Aventura

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: Regras | Mudanças Importantes | Crie seu Personagem | Mini-Aventuras
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
GM.Noskire
Sargento
Sargento


Data de inscrição : 21/02/2012

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 EmptyDom 3 Maio - 20:10




Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!

Sua irmã havia fugido com o pato — Ou será que o pato havia fugido com a sua irmã? — e seus socos foram sim efetivos contra o animal. Melhor ainda, Julian tinha se juntado à luta, ajudando ao decepar uma das patas do animal. Mas… "O que diabos é isso na minha mão?!" A aranha havia sangrado (?) com seu último soco e algo viscoso e escarlate cobria seu punho. Seria sangue mesmo? Ao menos não era ácido, já que não havia sentido dor. "Dos males o menor." Pensou, apesar de estar com uma careta de nojo no rosto.



Noelle também ajudava e o trio fazia o possível para combater aquele monstro. Com o alerta de Julian, a fogueira no centro do acampamento brotava em sua mente num lampejo, mas atrair o animal até ali seria, no mínimo, perigoso. Colocaria todos os soldados e criminosos em perigo, isso mesmo se o plano desse certo. Se ele desse errado, todos poderiam virar mingau de aranha mais tarde! Falando dos prisioneiros… — O que houve com os piratas?! — Gritou para Julian enquanto tentava evitar as lanças que a aranha usava como pernas, recebendo alguns cortes no processo.



Não podia permanecer ali embaixo, mas fora dali se tornava inútil. Não podia levá-la até o centro do acampamento, mas então como traria o fogo até ali? Um leve sorriso brilhou em sua face, será que algum dia ele teria uma luta fácil? Ao menos uma em que vidas — a dele e a dos outros — não estivesse em jogo? No entanto, uma ideia veio em sua mente. Há poucos minutos ele pensava em se aproximar dos seus subalternos e, para isso, também precisaria confiar neles. Não precisava fazer tudo só, nunca precisou, na verdade, apenas insistia em sua teimosia!



Assim sendo, respirou fundo enquanto buscava os nomes dos soldados em sua memória e gritou logo em seguida: — DJUN! MAJOLU! TOCHAS! — Esperava que fosse o suficiente, pois não teria tempo de explicar. Agora era confiar nos soldado, assim como eles estavam confiando nele — Ou assim imaginava.



Voltando para assuntos mais urgentes, daria um último soco na aranha, buscando atingir o mesmo local de antes, causando dor e buscando, com isso, uma abertura para sair daquela posição arriscada. Após o soco, correria e se jogaria para longe do aracnídeo, rolando e se levantando assim que possível, ajeitando seu oclinho com sua canhota enquanto a destra já se preparava pro combate.



Faria o possível para se manter além do alcance do animal, mas não muito. Gritando e gesticulando para que a besta se concentrasse nele, mas recuando constantemente para evitar seus possíveis ataques com facilidade. Ficaria atento com o ácido, o animal já havia cuspido (?) uma vez e poderia fazer novamente. Nesse caso, tentaria evitar se jogando para o lado com mais espaço e, se necessário, usando uma das manoplas como escudo e descartando-a logo em seguida.



Se algum dos soldados surgisse com a tocha, a apontaria na direção do animal, tentando ofuscá-lo e afugentá-lo. Também tentaria incendiar alguma área verde entre o animal e o acampamento. Se a fumaça da loirinha havia funcionado, o fogo também deveria. Só esperava não tacar fogo em tudo!



Independente do que desse certo ou errado, se o animal permanecesse pressionando em direção ao acampamento, gritaria aos demais: — Recuem para o navio! — Ao menos, acreditava que as luzes que vira a pouco eram de um navio. Rezava para que estivesse certo! — Vamos segurá-la até vocês recuarem! — Dizia referindo-se à ele e ao médico, assim como a atiradora mais atrás. Não era certeza que eles conseguiriam dar conta daquele monstro, mas ninguém precisava saber disso, nem mesmo eles próprios. "Vai dar certo, só mais um pouco..."






Legenda:
Narração (#FFFFFF)
"Pensamento (#FF970B)"
Fala (#3399FF)
Fala da Elicia (#C7B299)


Histórico:
 

Objetivos:
 

Medalhas:
 



Créditos: Julian D'Capri e Noskire
Voltar ao Topo Ir em baixo
Noelle
Soldado
Soldado
Noelle

Créditos : 40
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 10010
Feminino Data de inscrição : 02/12/2012

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 EmptyQui 7 Maio - 10:26



Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!

Noelle Eisenhower
Prosseguia o combate contra as aranhas, com a maior delas sendo nosso maior obstaculo, que vinha demostrando forte resistência mesmo depois de vários ataques sofridos. Para manter a moral em alta dava algumas palavras — Boa pessoal! Vamos continuar assim que ela vai cair! — Mesmo com minhas palavras estava preocupada com quem estava mais próximo do monstrengo e poderia ser atingido, no caso o sargento Noskire que agora eu percebia onde ele estava e não era em uma boa situação... Enquanto o combate de limpeza era feito uma aproximação de algum grupo de pessoas parecia estar chegando, e esperava que sejam eles mais soldados para nos ajudar no nosso confronto. — Ah, parece que a cavalaria está chegando! — Disse sem tentar perder o foco de minhas ações de ataque que se resumiam em disparos para derrubar de uma vez nosso inimigo, disparos esses que seriam inicialmente focados na direção dos olhos que a criatura pudesse ter e assim que terminado mudaria os alvos para suas pernocas. Se em algum momento alguma das gosmas cair aonde estava, o objetivo era saltar para longe e seguir assim até retomar uma posição de ataque adequada para mirar e disparar na aranha. Ainda não sendo suficiente e a gosma acabe atingindo minhas roupas, logo tiro a peça de roupa em questão antes que corroesse minha pele. E sem esquecer das aranhas menores, se elas voltarem a me atanazar, recorreria novamente as sacolejadas e tapas para retirarem as infelizes de minhas  roupas e cabelo. — Minhas roupas da marinha não! — Resmungava em qualquer das duas situações. Já para as misteriosas figuras que estavam chegando, me restava torcer para que fossem amigas e não inimigas, e o breve pensamento de serem más noticias me fazia suar frio.     

Noelle Eisenhower


Créditos: Julian D'Capri & Noskire



Objetivos e Informações:
 



Meu Histórico escreveu:

Nome: Noelle Eisenhower
Localização: Ilha Aracne - Grand Line
Post: 23
Ferimentos:
Perdas: 30k
Ganhos:
kit gastronômico:
 
NPC/PLAYER: Capitã Kokai.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
O Painel a esquerda no fórum irá te ajudar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
jonyorlando
Sargento
Sargento
jonyorlando

Créditos : 11
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 19
Localização : Grand Line - 2º rota - Ilha Aracne

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 EmptySex 8 Maio - 17:32




O centro dos holofotes! Aracne break!
Julian D’Capri

Por sorte o loiro não tinha tantos problemas em chegar até Noskire, que de fato estava lutando contra o aracnídeo gigante, além de proteger a pequena e um estranho pato, que certamente marcaria sua lembrança, mesmo que não voltasse a ver aquela curiosa criatura, porém tirando o fator perigo mortal constante, todos estavam bem, na medida do possível.

Ao chegar no palco de batalha os dois mais indefesos pareciam tomar a medida mais estratégica possível, uma retirada, com ambos fora de combate era chegada a hora da apresentação pontual do preguiçoso samurai, que entrava em grande estilo cortando uma das oito patas do grotesco animal, que em seguida era bombardeado por uma série de socos do sargento Noskire, que havia rolado para debaixo da aranha, o estilo de luta dele lembrava vagamente o de um companheiro de outrora, porém este focava mais em chutes, ao contrário do sargento, que tinha sua habilidade focada nos membros superiores, apenas agora Julian compreendia que Noskire era um lutador marcial, por isso ele não possuía armas.

Por um lado o sargento dourado achava curiosa a formação de seus companheiros, cada um com um estilo de combate diferente, pelo outro ele voltava seus olhos a sua adversária, a aranha, que soltava um som gutural devido à sequência de golpes que havia acabado de sofrer, inclusive soltando um pouco de seu líquido armazenado na traseira, talvez por causa de algum ferimento, essa não era a especialidade do médico, então ele nem mesmo tentaria opinar.

Com um pouco de sorte o aviso do fogo fora dado, Noskire agora também detinha conhecimento acerca da fotofobia dos aracnídeos, mas com um pouco azar o mesmo acabava sendo alvejado pelas patas desengonçadas da aranha gigante, que havia recebido um belo tiro provindo da arma de Noelle, era uma baita sorte ter a loira por perto, em seguida ao disparo a voz do lutador irrompe o campo de batalha, a pergunta que ele fazia não seria respondida naquele momento, Julian nunca foi de falar em batalha, não seria agora que o faria.
- Eu os libertei, os números não estavam ao nosso lado. - Ele diria em mente, respondendo o companheiro, ao contrário do plano material, onde seus olhos apenas estariam focados na adversária.

O estado já estava ficando crítico, e a aranha, apesar de seu porte, não era o maior dos problemas, certamente o número das criaturas havia diminuído, já a confiança dos piratas estava no processo inverso, os marinheiros estavam cercados, mas agora não era momento para isso, Noskire estava debaixo da criatura e a ponto de virar churrasco, mas sem o fogo, algo deveria ser feito ou então a aranha, em sua cólera, poderia acabar acertando o sargento, Julian não tinha muitas escolhas, então o que poderia fazer ele faria, sua técnica que poderia ser mais efetiva precisava de muito fôlego e concentração, coisa que o jovem não mais tinha, não podia parar o combate.

É então, que como uma lâmpada, as chamas de sua lanterna, em mãos, brilhariam mais fortes do que nunca, era algo pequeno, mas a determinação era inigualável, o loiro rapidamente se dirigiria até o monstro e tentaria o assustar com a luz, isso poderia funcionar ou não, se funcionasse o plano era assustar o animal e dar uma abertura para a fuga de Noskire, se não funcionasse o objeto, lanterna, deveria ser sacrificada em um ato heróico, sendo arremessada contra o aracnídeo, na tentativa de os espantar e abrir caminho para o sargento. Para chegar perto da aranha seria um tanto quanto complicado, mas Julian estaria sempre atento para não levar nenhum ataque gratuito, visto que ele poderia ser facilmente jogado para longe, ou pior, usando de seus olhos o jovem tentaria sempre esquivar dos ataques desesperados, ele não confiaria que suas espadas pudessem suportar um golpe poderoso e direto, ou ao menos o segurar por muito tempo.

Caso o aracnídeo estivesse prestes a tombar, ou pronto para perder o equilíbrio Julian saltaria na direção deste e tentaria dar um pequeno empurrão, usando de sua força e de um golpe de espada, isso para tentar afastar o animal do companheiro.

Se por um acaso o loiro conseguisse, com a lanterna, capturar a atenção, e não espantar o bicho, ele então correria para o acampamento, tentando atraí-lo para a fogueira e para longe do companheiro ferido, rezando para a aranha não entrar em frenesi e começar a atacar todos os presentes aleatoriamente.
- Atiradores! - Ele exclamaria enquanto estaria correndo Nigerundayo, tentando chamar a atenção de todos que pudessem o auxiliar para não morrerem depois dele.

Caso Noskire fosse liberto do cativeiro mortal, mas a aranha se mantivesse de pé e ainda quisesse batalhar, Julian tomaria a dianteira, independente da vontade de Noskire, e da sua, querer ficar ou não.
- Você está mal, eu fico na frente. - Ali ele estaria projetando-se como um escudo, não queria desdenhar do companheiro e sim protegê-lo. - Se quiser é melhor recuar.

O loiro nunca havia lutado contra criatura igual, então suas estratégias convencionais nunca dariam certo, ele não podia contar com uma de suas melhores armas, a improvisação.
- Que azar... - Ele resmungaria enquanto manteria sua espada erguida.

Sua tática de batalha continuaria sendo a mesma, esquivar das patas e tentar golpear quando uma abertura aparecesse, Noskire fez uma boa escolha indo para debaixo do animal, porém se o espadachim o fizesse ele corria risco de sofrer consequências piores, já que suas espadas abririam fendas no corpo do animal, de onde poderiam escorrer veneno e o contaminar, mas em contra partida a traseira do animal parecia ser bem sensível, então ela seria o alvo principal dos ataques. D'Capri também teria que ficar atento às cusparadas, uma poderia ser mortal, e era indefensável, pegou morreu, portanto ele deveria esquivar de todos os ataques.

Se alguma hora uma das patas acabasse vindo de forma tão rápida que o espadachim não pudesse desviar, ele então tentaria aparar o golpe, usando sua katana, ou mais de uma, caso ele não mais estivesse com o lampião.

Caso, em algum momento, uma cusparada fosse acertar o espadachim em cheio, sem possibilidade de ele tentar-se esquivar, ele se veria obrigado a arremessar uma de suas espadas ou então a própria bainha infinita, jogando-a como escudo, e isso seria feito até mesmo caso algum de seus companheiros estivesse sendo alvejado pela saliva ácida, claro que o samurai ficaria triste de sacrificar algo importante, mas não deixaria um companheiro morrer apenas por mesquinhes sua.

Uma vez livres da gigante ameaça o marinheiro então voltaria para o acampamento, voltaria ao cerco que estaria sendo feito pelas aranhas, e ainda mais pelos piratas, todos ali eram reféns, e o médico estava preocupado com os feridos, eles deveriam ser defendidos, e como tudo que estava acontecendo era culpa de Julian, logo ele sentia-se responsável por todos ali presentes, ainda mais pelos indefesos.


Histórico:
 

Compras:
 

Ferimentos:
 

Palpites:
 

Objetivos:
 



Créditos: Julian D'Capri e Noskire


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 46
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 EmptySeg 11 Maio - 22:15

Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A aranha gigante titubeava para todos lados, completamente perdida, após ter alguns dos seus olhos explodidos pela Sargento Noelle. Suas patas estavam mais vorazes do que nunca, visto que perfuravam para todos os lados. O Sargento Hughes, em seu estado já deteriorado, tentava esquivar, mas não lograva êxito. Com aquele corpo  robusto se balançando para todo lado, Hughes ia novamente ao chão, sendo perfurado na coxa direita. A dor era lacerante e, com todos os seus ferimentos, era de se esperar que levasse longas semanas para se recuperar completamente.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Todavia, mesmo caído no chão e com as forças bem debilitadas, já tendo usado a energia que restaurara após o curto descanso, o bravo marinheiro gritava ordens, as quais só foram compreendidas pelos soldados por terem escutado os seus nomes, em meio ao caos — Sargento! - gritaram de volta, quase em uníssono, correndo até a fogueira e fazendo tochas improvisadas. A do soldado Djun havia ficado tão ruim que o fogo começava a machucar a sua mão; entretanto, ele avançava - hesitante, mas temeroso - em direção à criatura — SE AFASTE! SAIA DAQUI! - bradavam.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Assim que as chamas arderam à frente dos olhos do aracnideo, ele soltou outro terrível grito — GRUUUUUUHR! - se desequilibrando ao andar para trás, com os membros dianteiros erguidos, como se tentasse se proteger. O instinto do Sargento D'Capri imediatamente soou. Podia nunca ter enfrentado uma criatura igual, mas ao ver os soldados avançando passo a passo e a aranha recuando de forma desengonçada, o espadachim sentiu que era o momento de avançar - e assim o fez. Em um rápido dash na direção do animal, o combatente investiu contra o corpo peludo da aranha, cravando a sua katana nele — GRUUUUUUHR! - seus ouvidos tremiam em razão da proximidade. A lâmina continuava dentro do corpo e Julian colocava força na bainha, levando-a cada vez mais a fundo. Apenas mais um empurrãozinho e a aranha tombou para o lado, caindo sobre as suas próprias pernas - a esta altura, Hughes encontrava-se no chão, mas a alguns metros da aranha, a qual havia sido repelida pelos soldados.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O monstrengo ainda se retorcia, tentando se levantar, mas estava demasiadamente ferido. O ato de misericórdia veio à distância, com a explosão do restante dos olhos, fazendo pequenas bombas de gosma verde explodirem. Após os ataques de Eisenhower, a aranha não mais se levantou. Estava ali, completamente estática, parada no chão como um objeto inanimado. Naquele momento, as pequenas aranhas ao redor aparentaram parar, até que após alguns segundos, começaram a caminhar de volta à proteção da floresta.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Agora, Julian encarava a sua katana repleta de um líquido roxo, após descravar a sua arma do cadáver. Próximo a ele, escutava — Sargento Hughes! Sargento Hughes! Médico, por favor! Rápido! - o soldado Majolu gritava. Entretanto, no momento, D'Capri parecia comprometida com todos, não apenas com Noskire. Havia algo que só ele podia fazer - pois era o único que estava pensando nisto. Ora o grande círculo de luz que varria a baía o focava, enquanto corria em direção à ala dos feridos. O holofote que rompia a escuridão avançava mais rápido e chegava ao acampamento, revelando os irmãos Feurbach, bastante feridos, junto ao Dr. Marcel e três soldados que, mesmo  enfaixados, se erguiam e tentavam conter o avanço inimigo, erguendo suas armas contra diversos piratas rebeldes, os quais tentavam alcançar os enfermos. Não era uma luta feroz, visto que ambos os lados estavam feridos, mas era evidente que os Feurbach não aguentariam por muito tempo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ademais, os que não investiam ali já estavam correndo, tentando escapar da prisão — Para onde pensa que vai? Você está preso, sabia? - Asuna carregava um dos piratas pela gola, arrastando no chão. Parecia bem emburrada e D'Capri sequer havia visto ela nocauteando o homem. Havia-o algemado e jogava-o no chão — Precisamos pará-los! - exclamava, clamando pelo auxílio de seu companheiro.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]No mar, a embarcação se aproximava, mas também não chegaria a tempo de trazer reforços. O símbolo em sua vela era iluminado por um curto instante, momento em que era possível identificá-lo como um navio da marinha. E não era um mero navio, era um dos grandes navios de guerra.





Off





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ficha - Karyo Shen, Ceifador Branco
I - Goatman Kill Streak
II - Do Espírito das Leis
III - [Divine Tools] Juntando as peças!
IV - Diante da Lei
V - Zarpando para Utopia!
VI - Caos em Utopia!
VII - [LB] O Florescer de Utopia
VIII - [LB] O Florescer de Utopia II


Última edição por GM.Kekzy em Seg 18 Maio - 22:52, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Noskire
Sargento
Sargento
GM.Noskire

Créditos : 48
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 21/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 EmptyQua 13 Maio - 19:46




Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!

A exaustão sofrida durante o combate em alto mar, aliada ao esforço exercido nesta batalha contra a aranha gigante, finalmente cobrava o seu preço e, com um passo bambo, sua fuga malograva e o sargento se via caindo de cara no chão. Ainda tentava recuperar o equilíbrio e correr para longe do aracnídeo, mas uma das patas atravessava sua coxa como se fosse nada, fazendo sua mente explodir em vermelho! — AAAAHHHHHHHHHHHH! — Gritava em dor, levando as mãos à perna sem nem mesmo perceber, dobrando-se sobre si mesmo.



Os soldados retornavam com as tochas, afugentando o animal. Viu Julian avançando num relance, enquanto os tiros de Noelle ecoavam pela floresta. E ele, bem, ele estava ali, jogado ao chão, impotente como sempre. Com um sorriso brotando em seu rosto, apesar da tristeza e da dor, se arrastou para longe do combate, incapaz, buscando por uma árvore onde pudesse se encostar. Jogaria sua mochila de lado e tiraria um segundo ou dois para respirar. O mato fechado parecia girar ao seu redor. Será que era assim que um alcoólatra se sentia quando estava embriagado? Se fosse, não pretendia beber tão cedo!



A dor em sua perna era tão aguda que parecia que o membro inteiro estava dormente. Até mesmo a sua cabeça estava sendo afetada, sendo difícil focar num único pensamento. Na verdade, ainda sequer havia olhado para o seu ferimento, devido ao receio de fazer e se assustar com a visão. Desmaiar ali seria ainda pior! Majolu (ou seria Djun?) gritava para alguém socorrer o sargento e mais uma vez um sorriso brotava em seu rosto retorcido de dor. "Deve estar 'um pouco' feio..."



A primeira coisa que faria, se conseguisse focar sua visão e mente por tempo o suficiente para tal, seria achar seus comprimidos e ingerir um dos analgésicos. Sem água, o mastigaria até engolir. O gosto era horrível, para se dizer o mínimo, mas talvez o sabor amargo o auxiliasse a manter o foco até o efeito do comprimido fazer efeito. Agora restava cuidar da sua coxa. Com cuidado, cortaria sua calça para ver melhor o ferimento, fazendo uma careta independente de sentir dor ou do ferimento ser ou não tão ruim quanto imaginava que seria.



O ideal seria começar lavando o ferimento com água e sabão, mas não via nenhuma pia por perto, muito menos um sabãozinho, então teria que pular essa etapa. Com uma das gazes do seu Kit Médico recentemente adquirido, pressionaria o ferimento com firmeza, fazendo o possível para ignorar a dor e não aliviar a pressão, pois se o fizesse, teria que recomeçar e sentir a mesma dor novamente. Se, mesmo assim, o ferimento não fosse estancado, giraria lentamente em torno do próprio eixo e se deitaria na terra, deixando a sua perna ferida elevada, encostada à árvore.



Se algum dos soldados se aproximasse e percebesse que ele estava queimado devido à sua ordem, diria apenas: — Me desculpe. — Gesticulando com a cabeça em direção à queimadura, se arrependendo logo em seguida devido ao desconforto do movimento e a náusea que deveria lhe suceder. Se mais alguém se aproximasse, de preferência em bom estado de saúde, pediria: — Você poderia achar a minha irmãzinha pra mim? Ela deve estar com um pato estranho por perto. Obrigado. — Agradeceria independente da resposta ser positiva ou negativa.



Se ninguém se aproximasse de si, apenas ficaria ali, deitado, esperando que alguém viesse lhe salvar, como várias vezes antes. "Perdão, pai!" Pensaria, imaginando-o próximo de si, adentrando a floresta e deixando seu filho imprestável para trás, suas costas largas cada vez menores, mais distantes. "Queria proteger os outros, como o senhor, mas, no fim, apenas eu que sou protegido!" Lamentou, com lágrimas nos olhos, vendo seu pai dando os últimos passos para dentro da floresta, sumindo de sua vista, para sempre!



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]





Legenda:
Narração (#FFFFFF)
"Pensamento (#FF970B)"
Fala (#3399FF)
Fala da Elicia (#C7B299)


Histórico:
 

Objetivos:
 

Medalhas:
 



Créditos: Julian D'Capri e Noskire

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Noskire M. Hughes
[Extra] — Elicia's Diary

Aventuras:
Bolero of Fire
Megalovania
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!
Busca Implacável
Voltar ao Topo Ir em baixo
Noelle
Soldado
Soldado
Noelle

Créditos : 40
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 10010
Feminino Data de inscrição : 02/12/2012

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 EmptyQui 14 Maio - 12:09



Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!

Noelle Eisenhower
E como em uma cena que apenas podia imaginar vir de um livro de fantasia, estava lá a grande popozuda vermelha tombando após toda sequencia de ataques sofrida, mais precisamente depois do ataque do senhor D'capri. Enquanto me animava em ver que as coisas finalmente estavam se normalizando, voltei de imediato a ficar preocupada ao encarar ao longo o soldado Noskire mais surrado do que roupa usada. — Essa não! Ele precisa de primeiro socorros de imediato! — Deixava o grito sair ao apontar para o soldado, mas antes que desse um passo si quer, acabei notado assim como outras pessoas que os piratas haviam aproveitado aquela chance para lutar por sua liberdade. — E eu aqui achando que seriamos bons amigos! — Resmungava com uma face bastante irritada e depois dar um pulinho batendo forte as solas dos pés no chão. E mesmo que sabendo que aquele navio que estava chegando agora e um dos nossos, não poderia deixar todo trabalho por conta de nossos aliados, tinha que escolher entre ir até o soldado Noskire ou ir até os malditos piratas que estavam nos traindo, isto é, se é que eles em algum momento estiveram do nosso lado... Mordia o próprio lábio em duvida para tomar minha decisão. — Já sei! Enquanto o D'capri vai para um lado eu vou para o outro, certo? — Me decidia ainda em duvida, e assim que visse qual decisão o outro sargento tomou, visto que também era médico e poderia ajudar o companheiro, de imediato pego a outra mão da estrada para agir. Contra os piratas já chegaria na ignorância, dando disparos na bunda deles para aprenderem a não trair quem lhes deu uma segunda chance. — Vai ficar sentindo dor nos glúteos! — Praguejava. Mas se fosse a situação de ir até o sargento todo arrebentado que já deve estar conversando com os anjos, decido levar meus itens de medicina junto para operar um milagre fazendo os procedimentos corretos e assim tentar salvar sua vida. — Não vá para a luz! Não deixe a pequena sozinha! — Tentava conforta-lo.
    
Noelle Eisenhower


Créditos: Julian D'Capri & Noskire



Objetivos e Informações:
 



Meu Histórico escreveu:

Nome: Noelle Eisenhower
Localização: Ilha Aracne - Grand Line
Post: 24
Ferimentos:
Perdas: 30k
Ganhos:
kit gastronômico:
 
NPC/PLAYER: Capitã Kokai.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
O Painel a esquerda no fórum irá te ajudar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
jonyorlando
Sargento
Sargento
jonyorlando

Créditos : 11
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 19
Localização : Grand Line - 2º rota - Ilha Aracne

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 EmptyQui 14 Maio - 23:56




Aranha ao chão! Marinheiro erguido!
Julian D’Capri

Havia demorado, mas no fim a vitória foi azul, os marinheiros foram o lado triunfante nessa sangrenta campanha de dedetização, era curioso, aos olhos do sargento, ver que todas as aranhas começaram a recuar assim que o “comandante” caiu, o qual somente foi derrotado com muito trabalho duro e em equipe (coisa que os marinheiros parecem fazer mais habilmente que outros grupos), naquela baía não mais restavam aracnídeos vivos, porém os animais não haviam sido todos controlados e os maiores problemas mantinham-se de pé.

O loiro ainda verificava sua espada melada com o líquido roxo, com bastante receio do que verdadeiramente seria aquela substância exótica, uma vez que temia perder alguma de suas espadas para um tipo de veneno corrosivo ou que enferrujasse o metal da lâmina, quando seus pensamentos foram interrompidos pelas vozes dos soldados pedindo socorro, era Noskire com um ferimento mais do que feio, sua coxa havia sido perfurada, mas a visão de D’Capri estaria em outro lugar, não seria dessa vez que ele ficaria para ajudar seu companheiro mais uma vez, guardando sua lâmpada (colocando-a, ou pendurando-a, na cintura) ele prosseguiria.

Rapidamente os passos do samurai seriam dados a frente, ainda não limpando a espada, tinha uma ideia para o líquido, saindo da robusta e caída aranha ele avançou, passando por Noskire caído, talvez ele não fosse o único pensando naqueles que haviam ficado no acampamento, mas sentia que era sua responsabilidade e em caso de ver alguma das pessoas ali se voluntariando ele negaria, o sargento ferido estava mais ferido ainda e Noelle seria a única médica que poderia ficar para ajudar, uma vez que também estaria ferida e em condições pobres para uma luta, Julian era quem devia ir para a frente de batalha e mesmo com preguiça de o fazer, seu corpo agia por fora de sua vontade.
- Noelle, por favor, cuide de Noskire e avise que está tudo sob controle, eu cuidarei de tudo. - Ele diria enquanto passaria direto na direção da ala dos feridos, não haveria tempo para perder.

O jovem continuaria sentindo que era seu dever cuidar de todos, seus aliados principais eram apenas uma pequena parcela desses representantes, Noelle e Noskire estariam sem proteção, além de precisarem de concentração para um tratamento verdadeiramente efetivo, então os dois soldados não seriam requeridos pelo loiro, visto que sua utilidade seria maior caso ficassem para assistir no que a médica requerisse.

Logo mais o sargento foi capaz de encontrar a outra atiradora loira, Asuna, que tinha em suas mãos um dos piratas, provavelmente um que a queria atacar, a garota havia capturada com sucesso o criminoso e em pouco tempo o homem já estava no chão e algemado, era uma sequência de movimentos muito bem executados e era bom ver que ela estava bem, mas as lembranças de seu comportamento não tinham sido esquecidas, todavia Julian e ela tinham uma missão em comum.
- A caminho. - Responderia o sargento, passando em direção aos piratas.

D’Capri continuaria seguindo em frente com suas espadas em mãos, sacando a segunda se necessário, uma vez que a possibilidade do uso de força ser quase 100% necessário, e por sorte o marinheiro mal havia tomado dano algum, e provavelmente isso poderia servir como fator amedrontador contra os piratas.

O jovem tinha esperanças de poder avançar até os pacientes sem precisar usar de força, mas caso isso fosse necessário ele precisaria e usaria suas katanas das melhores formas possíveis para finalizar a batalha o mais rápido que pudesse, atacando os pontos vitais de seus oponentes, cortando ou estocando os tóraxes dos piratas, desviando seus ataques com suas armas ou saltando para trás, protegendo-se dos cortes com evasivas, ou se necessário aparando os ataques com as espadas e sempre mantendo Asuna próxima, para proteger suas costas e aliada de ataques surpresas.

Se por um acaso o marinheiro encontrasse a irmã de Noskire ele a mandaria voltar para a segurança de seu irmão e Noelle.
- Seu irmão está ferido e está sendo tratado, lá é mais seguro do que para onde vou, volte e cuide deles por mim pequena Elícia, estarei cuidando de vocês daquele lado. - Julian apenas pontaria para o local onde a luta da aranha terminou, indicando para onde a jovem teria que ir e se despediria com uma pequena acariciada na cabeça da irmã de seu companheiro, seguindo em frente.

Uma vez chegando onde os marinheiros restantes estavam o médico se posicionaria logo a frente destes, como um escudo, ele estaria ali para os proteger e assim o faria.
- Não se preocupem, estou aqui. - Ele falaria, tentando levantar a confiança dos companheiros.

A culpa de tudo aquilo estar acontecendo era dele, o sargento sabia, era sua responsabilidade cuidar de todos aqueles ali, assumir as consequências e o mais importante, não as deixar cair para terceiros, era por isso que Julian demonstraria traços de confiança e coragem, aquilo que fazia não era por si, caso contrário nem mesmo teria se levantado para lutar contra os piratas.
- Lembro de termos um contrato, porque voltaram-se contra nós logo depois dele ter terminado? Ganharão algo executando um bando de feridos que mal seguram armas? - O sargento questionava, direcionando sua voz não há alguém específico e sim a todos os piratas.

Como fora antes dito, o corpo de D’Capri estaria quase que em perfeito estado e isso provavelmente poderia ter sido notado pelo grupo de criminosos.
- Como podem ver, eu ainda tenho muito fôlego para lutar, se quiserem matar os marinheiros terão que me enfrentar primeiro, e duvido que um bando de homens cansados consiga suportar o suficiente até os reforços que estamos esperando cheguem, podem até me matar, mas não acho que querem todos morrer aqui. - Entrando em uma pose de combate o alto homem ainda manteria-se a frente dos companheiros. - Entretanto, quem quiser tentar a sorte… Ainda tenho bastante veneno de Aracne banhando minha espada.

Certa vez o próprio Julian já caiu em um jogo psicológico, ele inclusive lembra de ter tidos todos os sintomas de envenenamento quando na verdade nunca teve nada, o mesmo poderia funcionar com os piratas, que poderiam morder a isca e acreditar nas palavras do homem.

Contra os piratas que avançassem o espadachim usaria suas técnicas de espada para acabar com o combate o mais rápido possível, já que os piratas simplesmente poderiam atacar em grupo ao invés de um por um e isso poderia ficar perigoso caso o médico não eliminasse os homens de forma rápida, Asuna também poderia ajudar atirando contra os criminosos que avançassem, mas Julian estava apenas contando consigo, com duas katanas seria mais fácil de lutar, uma vez que o loiro poderia bloquear a arma do oponente com uma e o atacar com a outra espada, e apesar de ser um samurai seu corpo não estaria ali para nada, podendo usar chutes, joelhadas e cotoveladas na tentativa de abrir a guarda dos adversários para os finalizar com um corte na garganta ou tórax.

Usando as espadas o loiro tentaria ao máximo focar em seu ataque, priorizando sempre atacar para defender, fosse atacando a arma do adversário para a desviar do trajeto correto, ou para impedir o andamento de seu ataque, apenas desviando do golpe caso não houvesse nenhum outro criminoso indo em sua direção ou próximo, caso alguém estivesse tentando usar um golpe de oportunidade contra o marinheiro, e este percebesse a aproximação, ele tentaria aparar o golpe de algum pirata próximo e usar o corpo do aparado como escudo.

O espadachim ficaria ali o tempo que conseguisse.


Histórico:
 

Compras:
 

Ferimentos:
 

Palpites:
 

Objetivos:
 



Créditos: Julian D'Capri e Noskire


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 46
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 EmptySeg 18 Maio - 22:44

Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O céu tinha muitas estrelas e quatro brilhavam naquele véu escuro. Noskire sentia uma sensação boa, logo após mastigar o seu analgésico. Sentia-se leve como nunca. Algumas estrelas se apagavam, aos poucos, extinguindo-se os seus brilhos. Em seguida, as luas pareciam minguar de forma estranha. Não horizontalmente, como estava habituado, mas verticalmente. Um fenômeno estranho. De repente, conseguia ver apenas o seu tronco. Eram os seus olhos que estavam semicerrados, lutando para ficar abertos. Não entendia bem o que estava acontecendo, mas via uma silhueta se agachar ao seu lado, com um brilho ao lado. Não tardou para uma segunda sombra se juntar. Sons fortes ecoavam em sua cabeça, mas lhes eram completamente incompreensíveis.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Sargento Eisenhower! Soldado Djun, ao seu dispor!  - o marinheiro estava de olhos bem abertos, com uma expressão determinada. Havia completado a tarefa que Hughes não havia conseguido, que era rasgar a sua calça e fazer um torniquete. Havia lutado bravamente, mas depois da adrenalina passar, uma montanha inteira pressionava-o contra o chão. Ao seu lado, estava uma tocha, a qual parecia lhe ter ferido a mão esquerda, a qual encontrava-se queimada. Entretanto, o soldado não parecia se importar, no momento. Estava ali ao lado da médica, servindo-lhe como auxiliar, dando-lhe os utensílios necessários e segurando outros, enquanto Noelle tinha que alternar os procedimentos.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Enquanto isso, na ala da improvisada enfermaria, os piratas que não haviam fugido continuavam a sua investida. Estava difícil romper a barreira de marinheiros, pois estavam todos machucados. No entanto, os piratas pareciam ter uma leve vantagem e, com o tempo, conseguiriam o que queriam. Esse não era o plano do Sargento D'Capri, no entanto. A sua posição de comando havia lhe guiado até ali, junto de Asuna. Estavam em um bom estado, diferente dos seus outros companheiros. Era um fator suficiente para mudar a maré da batalha.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O problema era que os piratas ainda não sabiam disso. Com a chegada dos Sargentos, dois homens se viraram. Não pareciam ter nada de especial, tal qual os Capitães que haviam enfrentado. Suas aparências eram de homens maltrapilhos, os quais haviam passado a vida nos bares e, cheios de dívidas, haviam aceitado a primeira chance que lhes surgiam para ganhar dinheiro. Haviam encontrado um caminho na pirataria. Não eram pra lá de muito espertos, mas quando avistaram o navio da marinha chegar, imediatamente quiseram fazer reféns, a fim de manter as suas liberdades. O que não esperavam era que a resistência dos marinheiros que estavam ali pudesse obstar os seus desejos.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ataquem-o! São os Sargentos! - um dos piratas gritou. Talvez não entendesse o impacto de suas palavras sobre o campo de batalha, mas sua intenção era coordenar a ofensiva. A estratégia saiu pela culatra. Quando os piratas feridos e acuados, não a toa haviam adotado um plano mirabolante, escutaram que havia sargentos da marinha atrás deles, quando já passavam dificuldades com os marinheiros à frente, metade deles correu. Dois, entretanto, avançaram para cima de Julian e Asuna; suas expressões eram de pessoas consternadas. Não aceitavam o que estava acontecendo. Brandir seus sabres não era o suficiente. Em um jogos de passos, D'Capri facilmente evitava o golpe de largo balanço, enquanto Asuna o atacava antes mesmo de executar a ofensiva. No segundo seguinte, ambos estavam com as mãos apoiadas contra o chão, tossindo sangue; seus espíritos completamente quebrados. Ao ver a cena, o restante dos piratas fugiram; ao menos, os que conseguiram. Ao todo, seis deles haviam sido recapturados naquela escaramuça.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Assim, os piratas fugiam para todos os lados, sob os holofotes que os perseguiam até entrarem na mata fechada. Alguns minutos se passaram até que o navio da marinha atracasse em terra firme. Rapidamente os reforços começaram a chegar. E rápido! Os marinheiros vinham em duplas, montados em peixes que pareciam voar por cima da água a cada pulo - era o que parecia; mas, quanto mais se aproximavam, era possível ver que estavam realmente voando! Ao lado de cada peixe, estavam acopladas duas macas, enquanto os próprios marinheiros carregavam as mochilas de primeiros socorros. No meio da trupe de peixes voadores, à frente de todos, estava um homem incomum.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Os reforços alcançaram a terra firme e logo dezenas de marinheiro corriam pela praia. Alguns passavam direito, fazendo menção de perseguirem os piratas, enquanto outros seguravam kits médicos, correndo em direção a cada ferido espalhado, pois haviam localizado todos antecipadamente, com a ajuda dos holofotes. Uma ajuda emergencial relâmpago! — Levem todos os feridos! Não deixem um homem sequer! - a voz do homem reverberava, alcançando quase todo acampamento, enquanto seu manto esvoaçava — Sou o Capitão Rurear Kuzuro! Líder da Frota dos Peixes Relâmpagos Voadores! Quem está no comando?! - exclamava, para todos ouvirem.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Não tardou para que a sua equipe colocasse o Sargento Hughes na maca, com bastante autonomia, sem precisar que Noelle e Djun se esforçassem. O mesmo aconteceu com todos os feridos da ala médica. Ainda, depois de cerca de vinte minutos, quando já haviam transportado os marinheiros machucados, alguns dos fardados continuaram ali, dando assistência in loco para os que estavam em condições de continuarem em pé, como Eisenhower e D'Capri. O acampamento já não existia mais. A fogueira continuava a crepitar, diminuindo com o passar do tempo, enquanto os Sargentos restantes e o Capitão Rurear encontravam-se onde a maré ia e vinha, à luz da lua — Recebemos o pedido de socorro da Capitã Kokai. Preciso que relatem toda a situação, mas podemos fazer isso em minha sala. Quais eram as suas ordens? - indagava, gesticulando para que subissem nos peixes voadores. Havia um marinheiro em cada, como piloto, enquanto estes teriam que ir como passageiros — Segurem-se bem! - o Capitão advertia, mostrando que havia um apoio na lateral da cela, para que se segurassem.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Já dentro da embarcação, ao lado de sua cama, Noskire sentia que tudo estava escuro. Não enxergava nada, mas conseguia escutar — Não conseguimos localizar a irmã do Sargent... - as palavras ecoavam em sua mente. Não sabia se era um sonho, um pesadelo... ou se era real — Encontramos isso na mão dele, que estava fechada. Parece algum tipo de pér... - continuava, até tudo voltar a ficar vazio.

PP - Capitão Rurear Kuzuro:
 






Off





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ficha - Karyo Shen, Ceifador Branco
I - Goatman Kill Streak
II - Do Espírito das Leis
III - [Divine Tools] Juntando as peças!
IV - Diante da Lei
V - Zarpando para Utopia!
VI - Caos em Utopia!
VII - [LB] O Florescer de Utopia
VIII - [LB] O Florescer de Utopia II
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Noskire
Sargento
Sargento
GM.Noskire

Créditos : 48
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 21/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 EmptyTer 19 Maio - 19:27




Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!

O fel do analgésico trouxe uma careta ao seu rosto, mas logo sua expressão suavizou enquanto apagava lentamente. "Ué?" Pensou enquanto seu corpo caía, como uma marionete após ter suas cordas cortadas, e seus olhos sem brilho se fechavam contra a sua vontade. "Tomei o remédio errado?" Indagou aos seus botões, embora só possuísse aquele comprimido em suas posses. Sem forças, apenas esperou enquanto sua consciência era engolida por uma escuridão absoluta.



- x -

Corria pelas ruas de Wars Island de jaqueta, mesmo sob o sol escaldante e o ar seco e poluído. Treinava como seu sensei havia lhe ensinado, desejava ser um lutador e seguir os passos de seu pai e, para isso, teria que ir além do treino convencional. Ainda assim, há quanto tempo estava correndo? — Huf huf! Huf huf! — Exalava sonoramente, exausto, enquanto suas pernas em chamas permaneciam o propulsionando para frente. — Huf huf! Huf huf! — Estava tão quente, mas tão quente… E mesmo assim ele não suava, no seu limite. Sua boca tão seca quanto um deserto.



A imagem do seu pai veio à sua mente. Seu rosto de queixo quadrado, seu largo sorriso no rosto. — Você ainda será um ótimo marinheiro! — Mas num piscar de olhos estava de volta à corrida, cercado de uma névoa causada pela fuligem das indústrias Kurama. Seu peito ardia, seus pulmões no limite do esforço. — Huf huf! Huf huf! — Há quanto tempo estava correndo? Horas? Dias? — Huf huf! Huf huf! — A névoa cobria o céu e o sol e jogava-o num espaço sem tempo, sem calor, embora sua boca ainda estivesse seca.



O próximo que passou pela sua mente foi Julius, um sargento espadachim que conheceu em Lvneel. — Ao menos você está bem! — Sorriu, antes de desaparecer. — Huf huf! Huf huf! — O chão cinzento passava lento pelos seus pés, como se corresse em câmera lenta. — Sargento! — Os irmãos Feurbach o saudaram, confiantes. Mas ele permanecia correndo, perdido. Qual era seu objetivo mesmo? — Huf huf! Huf huf!



Desta vez sua mente foi preenchida pela visão de sua mãe e irmã, seus dois tesouros mais preciosos! Os sorrisos delas enchiam seu coração de esperança, mesmo sem nenhuma palavra dita. Ainda assim, ele permanecia avançando, esgotado, sem rumo. Até ser engolido novamente pela escuridão abissal.



- x -

Após um período infindável na escuridão, a voz de sua irmã soou clara para ele, como se estivesse a poucos centímetros de si. — Oniiiiisan! — Mesmo sem vê-la, podia imaginar o sorriso em seus lábios, seus cabelos dourados brilhando sobre o sol. Contudo, não podia vê-la. Na verdade, não conseguia ver nada. Estava cego? — Oniiiiisan! — Ela o chamou novamente, brincando, correndo. Ele tentou seguí-la, tropeçando no vazio, pedindo para ela esperar, mas sem som algum sair de sua boca.



Um… Brilho? Surgiu à sua direita, cegando-o momentaneamente. Na breve claridade, viu sua irmã de relance, quilômetros de distância. — Não conseguimos localizar a irmã do Sargento. — Alguém falou enquanto a luz se esvaiu e a sua irmã foi engolida pela escuridão. "NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!" Gritou em pensamento, sem conseguir fazer sua voz funcionar. Se jogou à frente, esticando o braço tão veloz quanto num jab, tentando alcançá-la mesmo a quilômetros de distância. Infelizmente, já era tarde demais. E, mais uma vez, ele foi engolido pela escuridão, pelo abismo incomensurável.






Legenda:
Narração (#FFFFFF)
"Pensamento (#FF970B)"
Fala (#3399FF)
Fala da Elicia (#C7B299)


Histórico:
 

Objetivos:
 

Medalhas:
 



Créditos: Julian D'Capri e Noskire

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Noskire M. Hughes
[Extra] — Elicia's Diary

Aventuras:
Bolero of Fire
Megalovania
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!
Busca Implacável
Voltar ao Topo Ir em baixo
Noelle
Soldado
Soldado
Noelle

Créditos : 40
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 10010
Feminino Data de inscrição : 02/12/2012

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 EmptyQua 20 Maio - 16:24



Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!

Noelle Eisenhower
Minha tarefa acabou sendo a de ir cuidar dos feridos, e para me ajudar um marinheiro chamado Djun apareceu. Acenei com a cabeça para ele ao concordar com tal ajuda e dei iniciativa a todos os procedimentos, enquanto isso via que o Sargento D’capri e sua ajudante peituda estavam lidando com os rebeldes piratas. Espero que eles fiquem bem enquanto lutam, já que piratas podem ser traiçoeiros! Voltando para os feridos, dentre eles Noskire, via que o sargento havia ficado abalado com o desaparecimento de sua irmã. Não sabia o que dizer para confortá-lo e por isso um semblante de tristeza surgia em minha face, também estava preocupada e frustrada de não ter prestado mais atenção de para onde ela poderia ter ido, até porque me orgulho de ter olhos de águia no campo de batalha... Seja como for, agora que os reforços chegaram podemos ficar mais tranquilos, principalmente porque tais reforços estão sendo liderados por um esbelto e elegante capitão que fez meu coração bater mais forte, mas logo um sacolejar de cabeça me fez acordar para a triste realidade dos feridos e pessoas desaparecidas pós-conflito contra as aranhas. Enquanto suturava e realizava os primeiros socorros em quem estava precisando, me passava pela cabeça que poderia ser bom para o nosso grupo acabar se dividindo para encontrar Elicia a irmã caçula do sargento Noskire, pois ela é nossa responsabilidade, fomos nós que garantimos que iriamos proteger aquela criança aqui na grand line e por isso deveríamos fazer isso, mesmo que por trás das ordens dos nossos superiores! Então assim que estivéssemos na embarcação do capitão elegan… Digo, Kuzuro! Daria essa ideia para os outros membros do meu grupo. — Vamos trazer Elicia de volta, mesmo que os capitães não deixem! — E apesar de parecer rebelde, perguntaria ao capitão o que ele acha da ideia antes que fosse expulsa da marinha.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Irei até onde a justiça for necessária!
     
Noelle Eisenhower


Créditos: Julian D'Capri & Noskire



Objetivos e Informações:
 



Meu Histórico escreveu:

Nome: Noelle Eisenhower
Localização: Ilha Aracne - Grand Line
Post: 25
Ferimentos:
Perdas: 30k
Ganhos:
kit gastronômico:
 
NPC/PLAYER: Capitã Kokai.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
O Painel a esquerda no fórum irá te ajudar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
jonyorlando
Sargento
Sargento
jonyorlando

Créditos : 11
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 19
Localização : Grand Line - 2º rota - Ilha Aracne

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 EmptyQua 20 Maio - 18:52




Bainha, luvas e cápsulas! O final digno!
Julian D’Capri

Era incrível notar o quanto todos haviam evoluído, uma sensação nostálgica abatia o espadachim enquanto ele segurava sua espada e via seus inimigos caírem, tanto de exaustão quanto de ferimentos, ele se lembrava quando mal tinha forças para fazer-se presente aos oponentes que lhe chegavam para o enfrentar, agora era diferente, suas forças aumentaram a tal ponto em que mesmo capitães piratas perigosos ou aranhas gigantes não os podiam parar, todavia isso tão pouco era mérito do marinheiro, pelo menos dele sozinho não, só então Julian entendia o porque do ditado: Juntos somos mais fortes.

Talvez fosse uma mensagem clara, mas a mente apática do ainda jovem sargento não havia compreendido a mensagem em sua totalidade, muito menos a absorvida em sua mente, não importava se visse todos os dias e que vivenciasse, mesmo que no piloto automático, aquilo tudo, para ele não era um trabalho em equipe, ou talvez ele nunca se sentiu parte de uma. Até que a marinha conseguiu mostrar para ele muitas portas e luzes, suas estratégias, seus planos, suas batalhas, tudo que ele havia feito até então foi com ajuda alheia, senão com Asuna, Noelle ou Noskire, com seus companheiros marinheiros, tanto os que hoje estão vivos quanto os caídos em combate, seus superiores e também até de quem ele menos esperava ajuda, foi apenas com a ajuda de todos que ele pode crescer, e talvez pela primeira vez o loiro realmente sentia que fazia parte de algo que não era apenas seu mundo de imaginação.

Não havia nada mais para se falar aos piratas, todos haviam fugido como ratos quando se liga a luz neles, porém ver seus companheiros acuados e feridos era algo péssimo, e era tudo culpa sua, sabia que devia ter pensado melhor e ele assumiria a culpa por tudo que aconteceu, era seu dever. Apesar disso as pessoas que ali ainda estavam conscientes mereciam algumas palavras e como o jovem não tinha ideia do que devia falar, ele apenas diria o que uma vez quis tanto escutar.
- Bom trabalho. - Ele diria olhando para todos que ainda estivessem de pé, os encarando. - Podem descansar.

A visão do sargento não era das melhores, nem das piores, portanto ele nem mesmo conseguiu ver ou acompanhar a velocidade dos marinheiros que estavam voando com a ajuda dos peixes, apenas aceitando que os reforços chegaram, por sorte a maior preocupação que ocupava a mente do loiro havia sido tratada de imediato, retirando os pesos de sua consciência, os feridos estavam sendo evacuados e levados para uma melhor área de tratamento, e isso tudo era narrado com a incrível voz do homem a frente dos marinheiros SOS relâmpago, a qual lembrava do timbre único de Noskire, o qual provavelmente estaria sendo levado para a ala médica do navio. O capitão de imediato se anunciava e claramente realizava as perguntas padrão que todos os marinheiros tinham que fazer, infelizmente D’Capri via que não havia mais ninguém de pé e em boas condições, então ele levantaria sua voz, claramente não tão elegante quanto a do capitão.
- Aqui senhor, sargento D’Capri às suas ordens. - Ele falava, mas sem fazer muito alarde ou demonstrar muita cordialidade, como pediria uma reunião entre um superior e um subalterno, todavia a situação não era das melhores e o marinheiro já estava ficando cansado.

Mais tarde uma reunião mais pessoal era feita, com todos os sargentos conscientes, ou seja, o trio de loiros, D’Capri mais uma vez não sentia-se confortável em estar no meio das duas atiradoras que podiam tentar se matar a qualquer segundo, e ele ainda não entendia o porquê de elas não se gostarem.
- Nossas ordens eram as de apreender e queimar todas as substâncias ilegais que encontramos na praia, além de ficar para cuidar dos prisioneiros e feridos que aqui estavam até os reforços chegarem. - Diria o espadachim, sentando-se no peixe voador, sem entender muito o que estava acontecendo, apenas obedecendo e segurando no apoio da sela.

Uma vez estando no barco o espadachim iria primeiramente agradecer ao peixe que o havia levado até ali.
- Obrigado peixe, não sei seu nome, mas obrigado. - Diria o acariciando e partindo em seguida.

Logo em seguida o sargento iria atrás do capitão, para o agradecer e informar o que havia feito.
- Perdão senhor, preciso falar com o senhor. - Ele diria sério e o seguiria, caso ele tivesse que conversar em seu escritório, mas se pudesse falar ali mesmo, diria. - Como lhe disse senhor, nossa missão era proteger e guardar tanto os prisioneiros quanto os feridos, e como o senhor pode notar não haviam mais prisioneiros no acampamento. E isso foi culpa minha, os libertei para tentar proteger os marinheiros, talvez se não tivesse feito todos estariam bem, assumo total responsabilidade por qualquer que tenha sido a falha e o peso de sua punição.

Independente do que aconteceria com Julian, este sabia que deveria esperar até chegarem em uma ilha para as punições administrativas caírem sobre si, então mesmo que fosse ser exonerado do cargo, até o final da viagem ele seria um marinheiro, mas como última ação ele iria até a ala médica ver como todos seus companheiros estavam, parando com Noskire por último, ele sentia uma certa empatia pelo jovem sargento e sua irmã, portanto sentaria ali ao lado, caso houvesse uma cadeira de acompanhante.
- Desmaiado de novo sargento? Eu só lhe vejo assim. - Diria apático, mas com um toque de humor no fundo. - Duvido que seja sorte seus desmaios, mas que bom que pelo menos alguém sempre esteja por perto pra te salvar.

Se estivesse sentado, o loiro ficaria ali até que já não precisasse mais, que seria quando chegasse sua irmã ou quando Noskire acordasse, que se fosse o caso, quando o fizesse provavelmente veria o loiro dormindo ao seu lado, encostado na parede.

Caso não houvesse lugar para se sentar o samurai apenas diria suas poucas palavras e despediria-se, indo atrás de um lugar tranquilo pelo convés do barco, onde poderia aproveitar o vento em seu rosto e cabelos, bem como o silêncio.

Ele mataria seu tempo no convés apenas se não precisasse estar em reunião com o capitão Rurear, ou algo não o viesse tirar a paz, como o aviso de Noelle comentando do desaparecimento da pequena Elícia.
- Sim, é verdade, temos que cuidar dela, mas eu bem disse que isso poderia acontecer. - Diria confirmando com a senhorita Noelle, apesar de adverti-la, e concordando que deveriam encontrar a pequena irmã de Noskire, mesmo indo contra superiores.

Se por um acaso Julian, na ala médica, encontrasse um doce, guardaria consigo para o entregar para Elícia, assim que a achasse, ou a visse.


Histórico:
 

Compras:
 

Ferimentos:
 

Palpites:
 

Objetivos:
 



Créditos: Julian D'Capri e Noskire


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 10 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!
Voltar ao Topo 
Página 10 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... , 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Lvneel Kingdom-
Ir para: