One Piece RPG
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Phantom Blood
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor Licia Hoje à(s) 02:53

» Escaping Mean! Run Ria, Run!
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 02:29

» [LB] O Florescer de Utopia III
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor Vincent Hoje à(s) 01:08

» As mil espadas - As mil aranhas
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor jonyorlando Hoje à(s) 00:42

» Noskire M. Hughes
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:28

» Yami Sukehiro
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:22

» Yami Sukehiro
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:21

» [Ficha] Kuze Kyoji
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:43

» Vivian Strongwill
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:37

» The One Above All
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 23:18

» II - Growing Bonds
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor Vincent Ontem à(s) 22:41

» Busca Implacável
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 22:07

» Do ferro ao aço
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor Anjodk Ontem à(s) 21:42

» 1º Ato - O Despertar
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor Chaitanya Mahaprabhu Ontem à(s) 21:39

» MINI - Abraço de Urso
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor TheJoker Ontem à(s) 20:34

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor Skÿller Ontem à(s) 20:24

» Fanalis B. Ria
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 20:19

» Enuma Elish
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 20:12

» 1º Cap: O começo de uma grande aventura
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor JaponeisLK Ontem à(s) 19:54

» Vamos nos aventurar! Anjinhas me aguardem...
[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Emptypor Pippos Ontem à(s) 19:53



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 [Divine Tools] II - Juntando as peças!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 5, 6, 7 ... 10, 11, 12  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 53
Warn : [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Empty
MensagemAssunto: [Divine Tools] II - Juntando as peças!   [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 EmptySab 12 Maio 2018, 18:34

Relembrando a primeira mensagem :

[Divine Tools] II - Juntando as peças!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) marinheiro Karyo Shen. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ficha | Aventura

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: Regras | Mudanças Importantes | Crie seu Personagem | Mini-Aventuras
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Skyblazer
Soldado
Soldado


Data de inscrição : 28/04/2014

[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: [Divine Tools] II - Juntando as peças!   [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 EmptyQui 21 Jun 2018, 11:43


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Descobertas e Pontes.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Passos fixos no chão contrapunham os pensamentos elusivos que eu tinha. A jornada, que posteriormente nos levou rumo ao coração do mato e floresta adentro, concretizava-se sob a forma de uma peregrinação, para mim, silenciosa e reclusa. Não que um Durmstrang fosse exatamente um fã do silêncio – Pelo contrário – O meu estado natural era entre gritos, voz alta, animação e festas; mas algo naquela missão me incomodava. Algo naquela empreitada cheirava muito mal.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]E olha que eu já havia tomado banho. Duas vezes.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A cabana era, dentro de todas as limitações e dos meus patamares nada elevados, confortável. Fomos recebidos muito bem, se é que “bem” é um termo aplicável quando Agentes do Governo estão envolvidos. Sim, o preconceito parecia ter se enraizado em mim; mas naquele instante eu sabia que a melhor chance que tínhamos de trazer abaixo o império de loucura de Elena era trabalhando junto com eles.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Fazendo um gesto militar, truculento e um tanto mal-humorado, de apresentação, me dirigi a Bolton – Trabalho impressionante, Caçador – Minha mão direcionou-se a uma de suas criações, batendo em sua superfície de leve, com o punho fechado – Eu também sou um artesão, de minha própria forma... Aprecio a criação de coisas, quase tanto quanto aprecio a destruição das que devem ser destruídas– Puxei uma das cadeiras e sentei-me, terminando de ouvir as explicações dadas pelo Agente, confessando, com olhares não-tão-discretos, o contragosto em tê-lo de fazer.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A birra semi-infantil prosseguiria concisa até que um detalhe parecia se destacar em meio a todo o falatório, sendo, por si só, forte o suficiente para me fazer deixa-la de lado momentaneamente. Poderia não ser nada, poderia ser algo que todos já sabiam, mas naquele instante aquilo se sobressaiu de tal maneira que não pude deixar de pontuar - ...Espera, você disse bichos quase sumindo em sua totalidade? Hmm... – Podia não ser um especialista no campo, mas havia sido criado em um ambiente cru e primal; com muito contato com a vida selvagem. Aquilo tinha me ensinado uma coisa ou duas sobre a pauta – São espécies em específico? Ou todos os animais estão sumindo ao mesmo tempo? Digo... Eles devem estar sumindo por um motivo, certo? E se esses animais – Ou algo que eles produzem – Forem parte da receita para a criação dessa droga da Tenente? Assim como acontece com as algas?! Faz sentido, não faz? Isso justificaria que eles estejam sumindo aos montes e tão rapidamente! – A mão coçava a barba, enquanto a sobrancelha elevava-se em um arco mateiro de quem foi criado nos ermos, vivendo ao lado dos mais diversos animais

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Se isso estiver acontecendo, vocês e seus cientistas-ratos-de-laboratório do Governo devem ser mais do que capazes de comprovar, já que foram hábeis em fazer até mesmo um antídoto... E você... – Apontava para Bolton, antes de continuar – ...Conhece essa região melhor do que ninguém, certo? Se você nos guiar pelo habitat natural aonde essas criaturas, em especial, vivem; as chances são de que nós encontremos algum entreposto da Tenente, ou algo similar... Talvez até mesmo lugares que ela use para coletar ou desenvolver esse veneno maldito... Seriam grandes descobertas, não?! O que acham, faz sentido ou eu estou sendo apenas paranoico?

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Daria um tempo para que todos se pronunciassem sobre a teoria, acariciando o Tomahawk enquanto escutava-os com o cuidado devido. Nesse meio tempo também pude ouvir, de esguelha, o diálogo entre Shen e Elena; abrindo um grande sorriso em resposta à cena e levantando-me da bem construída cadeira de bambu – HÁH! Sabia que você era dos bons, Karyo! – Daria um tapão amigo em seu ombro, enquanto ria genuinamente em sua direção – Estar entre nós é estar em família. Estar em família é ser uma ferramenta para a Justiça!

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Juntei-me ao ceifeiro na posição de três apoios, utilizando um dos joelhos como alicerce. Todavia destoante de sua atmosfera, que aparentemente ostentava um de solene respeito, eu emitia um tom Durmstrang expansivo e brincalhão. Familiar e descontraído. Protetivo e desprovido de receios ou etiqueta– Elena aqui pode até não ter nascido uma Durmstrang; mas com certeza ela carrega, em cada gota do seu sangue real, a mais pura essência dos espíritos ancestrais...

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]...Ela nos mostrará o caminho, e nós construiremos a ponte.



Objetivos na Aventura!:
 

Ponto-Situação do Personagem:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
darkmilks
Pirata
Pirata
darkmilks

Créditos : 8
Warn : [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 07/02/2018
Idade : 26
Localização : North Blue - Micqueot

[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: [Divine Tools] II - Juntando as peças!   [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 EmptyQui 21 Jun 2018, 19:25

UM MUNDO CHEIO DE SABORES:
A PRIMEIRA RECEITA DE UM COZINHEIRO
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

"Um homem é julgado por sua indumentária, mas não deve ser medido por ela. Roupas apenas cobrem nossas cicatrizes, escondem parte de quem somos, podemos trocar de roupa, mas não podemos de coração, pois nele é onde está nosso verdadeiro valor."

Refletia por alguns segundos na frente do espelho, terminava o adorno do lenço e finaliza com o boné do meu velho. Para muitos aquela podia ser uma cena comum, mas ela tinha seu valor, afinal de contas poucos acreditariam que o garoto raquítico que sobreviveu a uma vida de treinamento em Ferdinand Ice Island, estaria no reino de Lvneel assumindo uma posição de sargento. Sorria antes de virar as costas.

Caminhava junto aos rapazes vislumbrando a beleza do reino um item me chamava a atenção na vitrine de uma loja, um diário de couro com um preço acessível. Prontamente adentrei a loja e adquiri-o sem observar mais itens para não atrasar os companheiros. Em outra loja próxima vi o atirador Mizzu adquirir um chapéu de cowboy, que realmente parecia ser um adorno interessante para o estilo peculiar do atirador.

Esse chapéu fica bem em você... Te da um tom misterioso, se eu não o conhecesse manteria o olho em ti, pois com ele suas verdadeiras intenções, ficam ocultas da visão. — Havia conversado pouco com o garoto, mas ele era um dos mocinhos. Um real servo da justiça, assim como Elena, Karkarov e Kayro, sentia que podia confiar nele. — Mas como disse você é um bom garoto, tem boa pontaria e é bem mais alegre do que eu quando tinha sua idade.

"Me sinto um velho conversando com Mizzu assim... Mas mal consigo lembrar de momentos assim durante minha adolescência, o regime de treinamento era extremo, não haviam pessoas ao redor, apenas gelo, medo e ódio. Felizmente isso é passado."

Colocava uma das mãos no bolso e retirava a maçã recolhida no refeitório, mordendo-a tentava afastar aqueles pensamentos nostálgicos, afinal de contas tinha que me preocupar com o presente, pois havíamos chegado a saída da cidade. Lá fora tudo era muito verde, parecia um ambiente inóspito, selvagem, porém reconfortante aos olhos que estava acostumados a imensidão azul do mar e a desértica planificar branca de Ferdinand. Karyo nos guiava mata adentro, eu mantinha o silêncio, tentando prever qualquer movimento que pudesse vir de trás de um arbusto ou da copa de alguma das árvores, mas parecia impossível em um ambiente como aquele.

Somente após alguns minutos de caminhada, parecíamos estar realmente avançando, afinal de contas havíamos encontrado nosso guia silencioso, mais um dos agentes de Matty. Ele seguia a frente, nos fazendo embrenhar mais ainda na selva. Se não fosse pelo meu fôlego seria uma caminhada exaustiva, pois se passaram horas dentro daquela imensidão verde. Cansados e sujos, chegamos finalmente ao ponto de encontro, uma cabana de tapume dentro da floresta, sua atmosfera parecia tranquila, emanando um charme dentro do ambiente onde estava inserida, infelizmente nem tudo são flores.

Karyo cumprimentava alguns de seus conhecidos como se não os visse a tempos, apesar dos dos borrões negros dos ternos dos agentes, aquele era um momento bonito, afinal de contas ele tinha alguém para quem voltar, mas a realidade tem um péssimo senso de humor. Com sua língua de cobra Matty discursava nos apresentando um dos amigos de Karyo, o caçador Bolton e sinalizando que seríamos agraciados pela presença de capitão Eric. Enquanto ele falava deixei meu olhar divagar, ele era atraído até agente Sado, imediatamente meu rosto corava, enquanto eu lembrava dos pensamentos sobre ela durante o exame para sargento. Abaixava o boné levemente tentando esconder meu rosto a medida em que o Agente Tuudos terminava as apresentações, de seu subordinado(Tritão) e de Gunter, outro dos companheiros de Kayro.

Apesar de meu constrangimento na presença de Sado, a cobra(Matty) soltava algumas palavras que nublavam completamente meus pensamentos, eles tinham uma cozinha e ficaria sob minha responsabilidade cozinhar. No cardápio tínhamos uma iguaria local, Alce de Seis Patas. Prontamente me dirigi ao local, procurando água limpa para higienizar as mãos e quaisquer instrumentos que existissem para o preparo do alimento. Mesmo na cozinha, tentava ouvir as conversas dos outros.

Não conhecia a selva, mas teorias de Karkarov podiam fazer sentido, mas cabeira a Bolton ajudá-lo nessa empreitada. Para o pedido de Elena, solicitaria a Bolton algumas folhas para o preparo de um chá para a 'Madame', enquanto limpava e temperava a carne com quaisquer ingredientes que o local me permitisse utilizar. Com bebida pronta, faria sinal para Jordan se aproximar, apontando o chá e dizendo-lhe.

O chá está pronto. Se quiser atenda o pedido da madame, mas se continuar servindo-a logo ela te fará um mordomo. — Viraria levemente para Elena e daria uma piscadela com a língua de fora, tentando melhorar o ar do ambiente.

Chá:
 

Para o preparo do jantar utilizava alguns dos ensinamentos de Dr. Pey, sobre os animais de grande porte.

Alces tem uma estrutura semelhante a bovinos, porém o gosto da carne pode ser peculiar, mas pelos cortes existe bastante carne magra. — Falava para Bolton ou Jordan caso ele estivesse na cozinha. — Em uma situação diferente faria um guisado, bem temperado e bastante consistente, infelizmente me faltam instrumentos específicos para esta tarefa. Bolton limpe alguns espetos de madeira para mim, desse tamanho. — Sinalizava para ele o tamanho de espetos para churrascos. Cortando a carne em pedaços de tamanhos regulares, utilizava espetos para criar churrasquinhos com a carne. Colocando-os nos pratos sinalizava para Bolton ou Jordan servir os demais. Por fim higienizar os utensílios utilizados antes de pegar um prato e me juntar a eles em uma das cadeiras. — Espero que esteja do agrado de todos.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Mordiscava a carne degustando o sabor e passando minha visão pelos olhares deles, tentando medir o grau de satisfação em seus rostos. Corava novamente ao encarar a Agente Sado, engasgando um pouco e tomando um gole de água para limpar a garganta. Se algum dos presentes realizasse um elogio ou crítica, anotaria no diário recém adquirido logo abaixo de anotações feitas sobre a carne do Alce de seis patas.

"Aqui começa meu diário de culinária, espero que o mundo tenha inúmeras surpresas reservadas para mim nessa jornada."Sorria meio bobo ao fechar o diário.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

OFF:
 

Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Divine Tools:
 

WANTED:
 

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mizzu
Pirata
Pirata
Mizzu

Créditos : 10
Warn : [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 9010
Masculino Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 22

[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: [Divine Tools] II - Juntando as peças!   [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 EmptyQui 21 Jun 2018, 21:34


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Respostas, eram rápidas e cruéis vindo daquela tenente, tudo que ela queria dizer foi fácil entender, e na minha cabeça apenas uma frase continuava a martelar mais “treine mais” era isso que pra mim era a resposta da tenente ali. Tem sempre um medidor de força em instituições de grande porte como aquela que eu estava, mas medir o poder usando o próprio corpo para receber ataques, aquilo me intrigava, e a interrogação que antes estava pequena na minha cuca, agora crescia. Onde uma pessoa mede a força machucando os outros, todo aquilo ali era novo, me fazia assim perceber que eu ainda nem tinha visualizado a parte superficial do iceberg, imagine a submersa.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Sem muita paúra, já estava meio que pronto, com uniformes novos e um estilo um pouco diferente, mostrava a garra de um sargento que não ligava muito para patentes e sim respeitos, mas sempre demonstrava que a hierarquia tinha que ser obedecida. A partida era rápida, não suspeitava muito, mas as roupas do karyo ainda continuava as mesmas, é parecia que aquela discursão antes havia lhe custado o cargo de sargento. Não sabia o motivo, mas assim como o jordan, naquele momento a injustiça estava sendo plantada da vida daqueles dois, mas também poderia ser uma forma da tenente mostrar que poderia saber algo sobre o nosso plano, ahhh aquilo confundia muito minha mente genial, e esses enigmas eram as coisas que eu mais odiava em decifrar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Caminhando algo me chamou a atenção, não era que eu fosse rebelde ou algo do tipo, nem que mudar meu uniforme era algo que fosse um plano meu, mas ao ver aquele chapéu de cowboy branco estampado na vitrine, me trazia recordações que algum dia eu possa até contar, e os passos que eram em frente, já mudavam a direção para aquela loja. Uma temática cowboy, era assim que eu podia resumir a loja em si, e como um chapéu do tema, eu também encontrei um coldre cabível para mim, não estava muito feliz, eu estava estupendo, era tudo que eu queria ali, e ao comprar tudo eu saia daquela loja com um ar de satisfeito é claro, e essa sensação mês custou 50 mil, pois nada era de graça nessa vida.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Todo aquele embuste me fez perceber que agora eu teria um local para o lenço da marinha, e desamarrando do braço, o adequava como uma mascara de fora da lei, cobrindo o a boca até o nariz, mas não o cobria no momento, apenas deixaria no pescoço, e seguiria diante todos ali, agora com a auto-estima um pouco mais elevada que o normal. – Ahh, esse é um gosto um tanto peculiar, meu amigo, espero que fique bom Dereshishishishis... Mas ai, estou com uma fome tremenda, espero que depois dessa missão eu posso desfrutar de um prato delicioso seu ok? Olha ai direitinho, ver se tem alguma coisa errada, se não vamos continuar a seguir a Elena... Ahhh já ia esquecendo, obrigado ai pelo elogio, e outra, você não é tão velho assim não cara, deixa de coisa! – Falava diretamente para o cozinheiro ali, enquanto seguia os outros.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Cobrindo-me com o manto, seguíamos de mata a dentro, não era algo normal mas as ordens da líder era seguir o soldado Shen, e era o que eu fazia no local. Outra pessoa ajuntava-se a nós, com trajes que parecia ser um agente, ele não me era estranho, mas não me importava muito com o mesmo, pois ao aparecer o mesmo parecia ter se tornado um certo de um guia, e com isso nos levando a uma cabana. Aquela caminhada não era lá tão pequena, e novamente a minha falta de resistência e treino me abalavam, não sabia se era por que eu estava com um manto, mas o suor tomava conta do meu corpo, e como acabara de tomar banho aquilo me enfurecia. “Porra, agora eu não posso reclamar mais do karkarov, não vou tomar outro banho não!” Um certo de um rage(raiva) subia das unhas do meu pé até o fio mais alto do meu cabelo, pois além de suar, aquela caminhada sujava todo o meu manto, minha sorte que antes eu havia usado o chapéu nas costas, preso pela corda que estava no meu pescoço.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A amizade reinava no local, poderia ser por um mínimo de tempo, mas toda aquela melancolia me fazia entender um pouco o soldado karyo, e diminuir um pouco a insegurança que eu tinha pelo mesmo. Novos rostos, novas personalidades se mostravam, como também alguns antigos e repugnantes apareciam, mas nada que fosse para tanto. Um gênio era apresentado no local, o caçador de recompensas parecia ser um artista na carpintaria, o mesmo era a nossa bussola naquela floresta, o conhecedor da porra toda, essa era a alcunha que eu dava para ele. Reunidos ouvíamos algumas palavras do agente Tuudus ali, mesmo sem dar importância, minha atenção era totalmente nele, não confiava muito naqueles agentes ali, e tentaria sugar qualquer tipo de brecha que os mesmos soltassem.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]- Ok, então você é que sabe sobre a substancia que faz deixar os marinheiros alucinados, se possível, podemos conversar mais, eu tenho um plano em mente que acho que será ótimo para nossa missão, como também quero conhecer as substancia não só do veneno como também do antidoto, ok? – Falaria diretamente para o tritão, sem gaguejos ou pausas, a maneira direta era a mais simples e eficaz ali, mesmo que eu não quisesse eu tentava intimidar o diferente ali, apontando para ele com a mão em forma de pistola, e uma expressão no rosto um tanto que ousada.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Tirava o manto, sujo ele estava e sujo eu o jogava em algum local da cabana para guarda, procuraria um local um tanto que solitário, onde sentaria e desmuniciaria as munições das duas pistolas, em seguida limparia projetil por projetil, não tinha muita frescura ali, e parecia que aqueles que era comigo já estavam se divertindo e conversando dos seus jeitos, então o que me sobrava era limpar meu instrumento de trabalho para não falhar na hora H. É claro que eu ainda me lembrava do que eu havia falado com o parceiro Kurai, e sentado ou não em algum lugar ali eu soltava um grito para o mesmo, pois não era apenas o grito que saia de minha boca que se ouvia ali, como também o grito de fome que ecoava na minha barriga. – Kurai! O que temos para hoje, a fome aqui já está me aperreando. – Gritaria para o mesmo ouvir, esperando alguma coisa para comer.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Objetivos na Aventura!:
 

Ponto-Situação do Personagem:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Ficha na sign

♥:
 

Fã:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: [Divine Tools] II - Juntando as peças!   [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 EmptyDom 24 Jun 2018, 16:53


Revelação
Post 12

As ferramentas chegavam ao super esconderijo providencial de Bolton, o caçador de recompensas número um de Lvnnel, além isso algumas peças ainda tinha que expor seus pensamentos para seus colegas e Karyo não perdeu a oportunidade para falar sobre o desprezo que sentia da tenente, que segundo ele, havia obrigado Gunter a promover atos de atrocidades.

Já o bárbaro estava analisando o impressionante trabalho de Bolton e pela descrição que o agente Tuudos havia dito acabou confundindo as informações, mas o agente foi rápido em arrumar. “Não se preocupe com os animais Karkarov, pelo menos não nessa missão, eles estão quase instintos pelo seu saboroso gosto e não por causa de Elena.”

O cozinheiro foi o que estava mais ativo das ferramentas, não só havia comprado um diário como estava pronto para provar uma iguaria rara, na verdade única, pois até onde se sabia havia apenas um lugar que havia o animal de seis patas, um alce diferente do que já se havia visto, mas não foi só o fato de ter seis patas, Kurai logo percebeu que a carne era macia e fácil d e se trabalhar, com pouca gordura mais rica em gosto. Além disso Bolton havia providenciado um conjunto de temperos da região que pareciam combinar perfeitamente com a carne.

Antes da carne ficar pronta Elena recebia uma xícara de chá, se é que poderia se chamar de xícara, já que todos estavam desprovidos do material mais básico de um refeitório, acostumados com a “mordomia” da marinha, as ferramentas não estavam muito preparadas para a vida de piratas. Mas o copo que Elena recebia de Jordan estava limpo e poderia se sentir o suave cheiro da cidreira.

Mizzu, mas faceiro do que nunca, sentiu que seu novo chapéu já estava adaptado a ele, na verdade quase que fazendo parte um do outro por causa de tanto suor, mas o sorriso de satisfação era grande. O atirador também tinha algumas ideias do que fazer ou como usar o antídoto e queria colocar suas ideias.

Mas logo o cheiro do alce toma conta de todo ambiente e logo Bolton ajudando Kurai chegam com a comida. E não é que ela era boa, estava perfeita. Acarna basicamente não precisava mastigar, ela dissolvia na boca e a sensaçãio era de que seu delicioso gosto passava para o corpo todo. E não tinha pouca carne não, um alce era capaz de fornecer muitos e muitos espetos.

Mas logo uma pessoa chega no acampamento, era ninguém menos do que o capitão Eric que olhava para um local e todos presentes e abria um sorriso fantástico.

- HAHAHA! – Ria o capitão feliz. – Cheguei na hora certa. Jovem Kurai, teria um delicioso prato para mim. Eu trouxe alguns uniformes, armas para Gunter, cobertas e um pequeno barril de cerveja. HAHAHAHAHA.

O Capitão tirava a mochila pesada de suas costas e retirava a cerveja com algumas canecas, logo passou a servir a todos.

- Hoje vamos ficar calmos, vamos nos diverter. – Dizia ele meio que complacente diante de toda a situação. - Amanhã vai ser um dia de limpeza e precisamos estar motivados.

Havia obviedade nas palavras do capitão, ele queria que todos relaxassem e tivessem um momento agradável, mas quem tinha a capacidade de fazer uma boa leitura corporal, poderia ver que ele estava tenso.

A noite foi chegando e logo a casa foi ganhando cores do fogo, tochas espalhadas iluminavam o ambiente. Elena e Sado tinham um quarto separado para elas, ficava no andar de cima, entretanto a ducha era uma para todos e quem quisesse tomar um outro banho teria que buscar água no rio perto dali.

Mas após a noite de descanso e um desjejum preparado pelo agente Reita, que era na verdade pão com carne de alce feito na fogueira e um chá quente, o capitão reuniu todos os membros ali presentes em uma roda, ele começaria a descrever melhor a situação para todos.

- Vou começar a falar da tenente Elena. – O capitão queria que todos conhecessem sua adversária. - Quando ela tinha seis anos de idade a família dela foi morta por um bando de piratas, ela mesma foi salvo pela intervenção de um marinheiro conhecido pela sua justiça e retidão. – O capitão olhou para Kurai. - Esse mesmo marinheiro arrumou um local na base da marinha para a garota viver sob sua tutela, entretanto ela não queria ser um peso e havia jurado lutar pela justiça. Começou a treinar junto com muitos marinheiros, mas aos oito anos viram o enorme potencial e assumiram seu treinamento. Aos dez anos de idade ela só não era capaz de vencer um soldado por falta de vigor físico, mas aos doze ela já poderia vencer um sargento. Foi nessa idade que ela se despediu do marinheiro que a ajudou e partiu para a Grand Line. Chegando lá ela trabalhava para o governo e fazia todo tipo de trabalho que se pedia, foi crescendo e chegou aos 18 anos no grupo mais forte entre os agentes da Grand Line, a CP8. Lá ela conheceu o homem que mudaria sua vida, o agente Perf Eket, eles se apaixonaram. – Capitão Eric fez uma pausa para beber o chá enquanto olhava para todos. - Eles mantiveram esse romance escondido por quase cinco anos, quando Elena engravidou. Ela havia prometido que voltaria a agencia e conseguiu sua licença para a maternidade por três anos. Mas seu marido continuava a trabalhar. Certa vez um Dragão Celestial andava pelo Paraíso e era o agente Perf que fazia escolta para ele e durante a viagem eles passariam pela ilha onde morava. Evidentemente a apaixonada Elena, já com sua filha Amanda, foi ver seu marido no porto, mas o Dragão Celestial também a viu e a cobiçou. Ali começou a desgraça, não sabemos muitos detalhes, mas naquela noite o agente Perf nunca mais foi visto e nem mesmo a bebê de Elena, Amanda. Sabemos que o ataque foi feito por um ex-pirata chamado Karn Voro, cuja recompensa era de 162 milhões de berreis. O que aconteceu com a família dela ou mesmo com ela e sua filha, nesse momento só podemos imaginar. Mas ela saiu como membro do governo e foi para a Marinha, a três anos atrás ela havia estado em Micqueot, acreditamos que para achar aquele certo marinheiro, mas não o encontrou. Ele possui a força para ser muito mais que um capitão hoje, entretanto ela só não recebe promoção porque a Marinha não tem intenção de ter dois capitães aqui na ilha e ela recebeu autorização para ficar na ilha.

Agora a história estava um pouco mais esclarecida, havia muitas coisas que precisavam ser ditas, mas agora era a vez de Tuudos explicar a atual situação da cidade.

- Vou continuar desse ponto. – Disse o agente de maneira seca e com um sorriso de canto de boca encarando a todos com um olhar de seriedade voltava a falar. - A organização que a tenente montou na ilha possui três bases, uma vocês conhecem de vista. – O agente olhou para Elena, Karkarov, Mizzu e Kurai. - Foi onde vocês entregaram o pacote da ultima missão de vocês. Ali naquele falso jornal estão guardados todos os arquivos que podem incriminar muitos dos meus e seus colegas e toda informação que queremos por as mãos, acreditamos que esse esquema é maior que a Tenente e que há alguém por trás, talvez ali podemos obter mais informações. – O agente parou e olhou para Karyo agora. - Outro ponto do comando dela você conhece. Há uma caverna no norte da ilha, aquele ponto é o laboratório e onde toda droga é sintetizada. – E agora chamava o Kleine Fish com um gesto. - O último ponto é marcado por um navio, esse navio é comandado por Brian, um amigo seu Karkarov. Mas o que nos interessa esta abaixo do navio. Lá é onde encontramos a plantação de uma determinada alga marinha que é o “ingrediente secreto” da droga e os responsáveis por colherem essa droga são cinco tritãos escravizados pela Elena na GL.

- Agora prestem atenção todos. – Disse mais sério do que nunca. - Se essa “receita” sair da ilha o perigo que ela pode trazer para todo o mundo pode ser desastroso. Para manter o segredo aqui na ilha temos duas hipóteses, eliminar todos que se envolveram de alguma maneira ou eliminar essa alga. Se Tuudos tivesse contado sobre isso para os superiores dele nós temos certeza que o governo montaria uma base somente para produzir mais dessa droga, Infelizmente nem todos tem o mesmo ideal de justiça que temos aqui. – O capitão fez uma pausa e prosseguiu. - Nos temos um grupo de seis agentes bem fortes, temos vocês novos sargentos e três soldados. Bolton tem mais outros dez colegas e na base posso contar com mais 15 soldados. Todos esses tomaram o antídoto da droga, mas infelizmente não podemos produzir mais, pois a matéria prima que foi obtida por Karyo acabou. A tenente Elena deve estar na base da caverna logo e segundo nossas informações o movimento deles esta grande. Mas agora quero saber de você sargento Elena, pois conhece melhor seus homens do que eu, como vão se dividir, pois teremos soldados que precisarão ser comandados por eles.



____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 30
Localização : -

[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: [Divine Tools] II - Juntando as peças!   [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 EmptyDom 24 Jun 2018, 23:24


Para a surpresa da jovem nobre, alguns companheiros demonstravam seu apoio à espadachim prestando reverência de joelhos, algo bastante comum durante seu período na realeza. Tal ato a deixou bastante emocionada e ela ficou sem reação, pois, pela primeira vez em toda a sua vida, havia recebido uma homenagem sincera, diferente das reverências gananciosas, invejosas e forçadas de sua infância. Um calor, oriundo das emoções sentidas, crescia em seu corpo rapidamente e a deixava muda, incapaz de emitir um som sequer. Tudo o que fazia era abaixar até seus companheiros e oferecer um abraço carinhoso e verdadeiro, com lágrimas de alegria nos olhos, embora a expressão seja de pura determinação e firmeza. Não era um simples abraço de retribuição, era a prova de que daria a sua vida para respeitar a confiança adquirida e a certeza de que seriam liderados por alguém justo, honesto e confiável.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

A estadia na cabana tornava-se ainda mais agradável com uma xícara de chá. Jordan era quem servia Elena um recipiente limpo preenchido com o líquido extraído de erva cidreira. A jovem degustava da bebida quente com delicadeza, relaxando enquanto sentia seu corpo absorver os nutrientes e acalmar seus pensamentos. Aquele hobby - que na verdade era um vício - era finalmente saciado e agora a ex-princesa poderia focar nas coisas importantes que estavam à sua frente e ela havia ignorado por um bom tempo, mas primeiro, comeu uma carne de Alce para manter-se saudável e preparada para as batalhas futuras.

O Capitão Eric chegou na hora da comida trazendo boas notícias: a frota teria mais um dia de folga. Uma noite para se preparar e planejar a missão para o dia seguinte. O Agente Matt tinha boas informações e basicamente reportou sobre 3 pontos de ataque, os quais deveriam ser atacados ao mesmo tempo para evitar que as informações sejam repassadas e possam esconder/fugir antes que se infiltrem, analisou Elena.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

”Bem, o primeiro local é o jornal, lugar que já conhecemos e não teremos dificuldades de invadir. O segundo é conhecido de Shen, então acredito que ele seja a melhor pessoa para liderar a missão, mesmo sendo soldado no título ainda. Por fim, temos o navio onde o rival de Karkarov está. Pelo menos já sei onde enviar o ferreiro.”

Após pensar um pouco, Elena, a qual havia falhado no aprendizado de Estrategia, tinha muitas dificuldades para montar um bom plano, tudo o que tinha eram definições lógicas baseadas em seu conhecimento psicológico, ou seja, ela colocaria as ferramentas onde tivessem mais motivação para exercer suas funções e dar o melhor, além dos limites, algo que só acontece diante de um estímulo extraordinário.

- Apesar de não ter passado para Sargento, acredito que Karyo Shen deva liderar um grupo até a Caverna, tanto por conhecer o lugar quanto por estar 100% focado em derrotar a Tenente. Quanto ao Navio, acredito que Karkarov tenha contas para fechar lá e Kurai será um bom líder para ele nessa missão para mantê-lo sob controle. Eu irei com Mizzu, Jordan e outros companheiros disponíveis até o Jornal tentar encontrar os documentos e destruir tudo.

Ao término da análise, a Tenente ouviria as sugestões dos companheiros e se tivessem algo a acrescentar ou alterar, acataria sem vergonha ou arrogância. Uma pessoa superior era na verdade um ser humilde e receptivo, mudando de ponto de vista, opinião ou posição sempre que estivesse diante de algo melhor ou bem apresentado. Selene era modesta e se estivesse equivocada, não teria problemas para assumir, esforçando-se para aprender e dar sempre o seu melhor nas missões.



”Considerações”:
 

Histórico:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Ficha |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
darkmilks
Pirata
Pirata
darkmilks

Créditos : 8
Warn : [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 07/02/2018
Idade : 26
Localização : North Blue - Micqueot

[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: [Divine Tools] II - Juntando as peças!   [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 EmptyTer 26 Jun 2018, 10:39

PRELÚDIO DA TEMPESTADE
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Uma tempestade se aproximava, era perceptível pelos últimos dias. Todas as alegrias e as conquistas serviam como um prelúdio para o diluvio, mas eu era incapaz de impedi-lo. A bebida oferecida por Capitão Eric descia de um jeito estranho pelo meu organismo, apesar do regozijo daquela noite, não deixava de sentir em meu âmago que algo estava vindo.

Despertava para me juntar aos outros. Vestia novamente a farda, adornada pelo lenço e ostentando o boné surrado, ficando pronto para a ação. Capitão Eric tomava a palavra, nos revelando sobre o passado da infame Tenente Eisenberg e em uma de suas falas revelava que durante um período ela fora uma protegida de meu velho. Suspirava pelo nariz, expressando um sorriso de canto de boca.

"Você não deixa de me surpreender, não é mesmo?!"

Infelizmente o que vinha a seguir tinha tons de tragédia, pois a vida dela havia sido destruída pelo egoísmo dos homens. Assim como eu, ela havia perdido o que mais amava e ainda buscou meu pai por ajuda. Matty continuava com o briefing da missão, descrevendo a estrutura da organização da Tenente, apesar de meu ranço pelo Agente eu me mantinha atento.

Finalizando o Capitão apresentava nossas forças, deixando a cargo de Elena nos distribuir para os frontes de batalha: tínhamos a caverna com a Tenente, o jornal do finado Typ e o barco de Brian. Ela refletia um pouco, definindo entre nós, sargentos, os líderes para as missões. Fui designado para trabalhar junto a Karkarov, contra Brian no barco. Colocava a mão no ombro do grandalhão e falava.

Conto com você. Brian vai se arrepender de ter fugido. — Me aproximava do Capitão Eric e perguntava, após uma continência. — O senhor teria algum mapa da ilha com a posição exata do barco? — Depois se virava com desgosto para o Agente Tuudos. — OSe importaria se Kleine nos acompanhasse?!

Ainda não tinha um plano em mente, mas como lutaria sob o mar um tritão seria uma adição excelente ao time de ataque. Esperava apenas as respostas para poder continuar com o plano de ataque, ficando atento caso Karkarov tivesse uma opinião sobre o assunto.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

OFF:
 

Objetivos:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Divine Tools:
 

WANTED:
 

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 46
Warn : [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: [Divine Tools] II - Juntando as peças!   [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 EmptyTer 26 Jun 2018, 12:18


Karyo Shen

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O sonoro grito de Karkarov deixava a atmosfera mais límpida, ainda que pudesse me causar certo constrangimento. "Uma família..." - a ideia não soava ruim. O tenro acalento de Elena me chegava com o calor que dissipava todo um inverno frio ao aquecer-me na fogueira. Sabia que lutando e enfrentando todos os tipos de problemas juntos era um imenso passo para estreitar os laços, tal como havia acontecido com Gunter e Bolton. Se me mantivesse junto a eles, tinha certeza de que logo poderia me sentir em casa. Retribuiria a generosidade com um sorriso amistoso e um leve toque no ombro do bárbaro, enquanto me dirigiria de volta ao centro, para bem escutar o que a chegada do Capitão Eric trazia de notícias.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O homem nos trazia alguns suprimentos, os quais teriam alguma utilidade, como as cobertas e as armas. Todavia, o resto parecia apenas um agrado, para que pudessemo relaxar - ou como se nos despedíssemos antecipadamente um dos outros. Pelo menos, era como eu encarava. Naturalmente, a morte de ninuém estava em nossos planos; quem seria tolo o suficiente para planejar a própria morte? Entretanto, os riscos os quais haviamos assumidos eram muito grandes, e uma fatalidade não era algo que fogia as probabilidades.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Fizemos uma roda, como se estivessemos em um encontro entre amigos. O Capitão Eric começou a contar uma história a respeito de Elena Eisenberg, a qual comecei a escutar com desprezo, mas logo chamou-me a atenção, de forma a me atrair e até conseguir manter os meus ouvidos e olhos fixados no que era exposto. "Então ela passou por tudo isso..." - pensava, fechando os olhos e apoiando o queixo entre as minhas mãos cruzadas. O terror que os Dragões Celestiais representavam... finalmente podia ter um vislumbre de seu poderio e influência; agora as palavras de Elena começavam a me fazer sentido, mas mesmo assim... Mesmo com todo o infortúnio que pudesse cair sobre alguém, o único caminho existente era resistir. Todos nós tínhamos escolhas, nos tempos bons ou ruins. A coragem para tomá-las, muitas vezes, é o fator que nos limita e vos permite ver uma pequena quantidade de opções possíveis. "De toda forma, os males que ela cometeu continuam sendo males. Ninguém está isento de seus crimes devido ao seu passado; o fardo que ela carrega jamais pode ser esquecido, mas o futuro cabe apenas a ela. E cabe-nos levá-la à justiça, onde ela será devidamente punida e terá sua chance de ser perdoada, depois que cumprir a sua sentença" - me decidia, após ponderar sobre o assunto.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O que mais me chamava atenção em toda essa história era a dimensão do poder que o Capitão Eric dava para Elena. Ele havia nos advertido sobre a sua força sem igual; mas, mais uma vez, ela ultrapassava o patamar que eu poderia compreender. Havia experimentado por mim mesmo a sua força, mas seria realmente tão grande assim? Se as palavras do Capitão fossem genuínas, as quais eu pensava serem, enfrentaríamos um problema ainda maor.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Em meio a toda essa história pandemônica, sentia o forte e delicioso cheiro subir-me as narinas. Sabia que Kurai - uma boa surpresa - e outro agente do governo tinham ido cozinhar. O resultado, aparentemente, havia sido dos melhores, pois podia sentir o meu estômago embrulhar, como se clamasse pela refeição a qual emitia aquele cheiro aprazível. Logo me serviria, assim que possível, não deixando a oportunidade passar em branco. Já me encontrava sôfrego para sentir a suculenta carne desmanchar-se dentro da minha boca e, mais uma vez, embebedar-me de chá, que tão me fazia bem. Recusaria qualquer cerveja, pois achava inapropriado o momento. Era hora de se abastecer e preparar-se para a missão, não para ingerir um líquido que poderia limitar as capacidades físico-mentais. Encarei aquilo com grande desaprovação.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Tuudus continuava o discurso de onde o Capitão havia parado, lançando novas informações que desconhecíamos, mas de extrema relevância para o andar da missão. Além da caverna, a qual já havia tido um breve vislumbre, também havia mais outras duas localidades nevralgicas, as quais estava a pensar em como lidar com elas. No entanto, Elena já havia se adiantado, propondo um esquema para conseguirmos invadir todos os pontos de forma eficiente e rápida. "Um pensamento rápido e certeiro... utilizando os eventos que já ocorreram para definir quem ficará com o que" - notava, apenas acrescentando ainda mais estima pela mulher — Eu estou de acordo. Ficaria honrado de liderar o grupo até lá, se não houver nenhuma objeção - faria uma pequena reverência, olhando sutilmente para Bolton. Apesar do encargo, não passaria de uma formalidade, uma vez que meu companheiro caçador que conhecia o caminho na palma da mão, além dos agentes serem mais fortes do que eu, tinha convicção.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Todavia, Elena havia-me dado o ensejo, e eu não gostaria de perdê-lo. Toda a experiência que pudesse tirar disso já seria um grande avanço. Quem sabe, um dia, não estaria apto a liderar, de fato, homens tão bons quanto os que Elena possuia.



Citação :

Nome do Player: Karyo Shen
Nº de Posts: 13
Vantagens: Liderança; Adaptador; Voz Encantadora; Ambidestro.
Desvantagens Código da Honestidade; Código dos Heróis.
Perícias: Forja; Intimidação; Engenharia.
Ofício: N/A
EdC: Ceifador

Ganhos: 13's Jason; Perícia (Interrogatório*); Mapa; Livro.
Perdas: 500.000

Players: Elena Selena; Karkarov Von Durmstrang; Kurai Hoshiken; Mizzu S. Hayha.
NPC's: Mike; Jordan.
Extras:





Off




Spoiler:
 




____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ficha - Karyo Shen, Ceifador Branco
I - Goatman Kill Streak
II - Do Espírito das Leis
III - [Divine Tools] Juntando as peças!
IV - Diante da Lei
V - Zarpando para Utopia!
VI - Caos em Utopia!
VII - [LB] O Florescer de Utopia
VIII - [LB] O Florescer de Utopia II
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mizzu
Pirata
Pirata
Mizzu

Créditos : 10
Warn : [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 9010
Masculino Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 22

[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: [Divine Tools] II - Juntando as peças!   [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 EmptyTer 26 Jun 2018, 20:36


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Nem a grande quantidade de suor que exalava de mim ali, cobria o cheiro daquele delicioso prato feito por kurai. Com um novo visual, que para mim não era muito novo e sim o meu verdadeiro eu, eu me adequava ao ambiente da melhor maneira possível, não conseguia é claro fugir do calor ali, como também de outras peculiaridades da natureza, e como consequência o suor me tomava, mas espera, uma coisa me incomodava de forma positiva, sim era o cheiro que além de delicioso me fazia suar mais que antes devido ao clima, mas esse suor era da minha boa, que para leigos chamamos de agua na boa.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]“Nossa, bateu uma fome agora! Que comida deliciosa é essa?” Olhava, procurava, caçava de onde vinha o tal cheiro, enquanto via o nosso cozinheiro junto com o caçador ali, com um grande alce. Aquilo assim saciava toda minha fome presente ali, como açúcar, a carne derretia em minha língua, me deixando cada vez mais maravilhado com o nosso cozinheiro ali, aquilo me deixava perceber que em questão de comida estávamos bem nutridos.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Toda aquela cena parecia ter atraído mais pessoas naquela floresta, não sabia se era por conta do cheiro da deliciosa comida, ou se era por conhecer já o caminho, mas o capitão eric se juntava ao grupo naquela pequena cabana. Festivo, o mesmo parecia estar de alguma maneira alegre, e isso parecia contagiar o grupo, mas não a mim. Com roupas e armas para aqueles que necessitavam, o mesmo também trouxe o que a alguns tempos para mim era essencial para um momento como aquele, o álcool, mas esses tempos mudaram, já sabia como eu ficava depois de tomar tal substancia, e devido a missão que estava próxima, eu não queria estregar nada com minhas loucuras... – Eu passo! – Falava normalmente enquanto acenava com a mão, não mostrava que não sentia confiança no capitão, mas o tom era simples, como se apenas eu não aceitasse mesmo por algum motivo meu, e aqueles que me conhecessem sabiam qual seria o motivo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O dia que era alegre, era mais conhecido como a falsa paz antes da guerra, todos celebravam ali, e como também eu era gente, até brincava com alguns ali em que eu tinha mais intimidade, mas em seguida a sujeira junto com o mal odor que exalava de meu corpo devido ao suor, me incomodava, e como havia dito antes, mesmo que os quartos fossem separados por sexo, o banheiro era único, o que me fez descer um pouco mais seguindo para um rio perto ali. A preguiça de levar agua para tomar uma ducha na casa, me fez tomar banho no próprio rio, lavando algumas roupas também, sem muita paúra para bisbilhoteiros tarados. Deixando secar as roupas que havia lavado, como camisa e talvez até meu lindo chapéu de cowboy se a sujeira ofuscasse o alvo couro do mesmo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Uma reunião era formada, entre chamas e madeiras, o capitão começava o mistério que era a vida da tenente Elena. Uma vida tenebrosa, mas também um tanto que simples e cotidiana, aquilo me fazia pensar um pouco sobre o que tinha levado a mesma a ser daquele jeito, e sentado em um tronco, de braços cruzados eu ouvia as palavras do chefe ali. “Cara, cada vez mais essa tenente me cativa, poderá ser que esses dois estejam tramando junto com o soldado contra ela, e ainda pior, nos usando?... Não é possível, se algo assim acontecesse a Nossa Elena teria descoberto fácil fácil, o que me resta então é apenas seguir com a maré e esperar as ordens da nossa líder!” Pensava enquanto olhava diretamente para os três pilares daquele plano estranho e duvidoso, sim estava falando do Tuudus, Eric e do Karyo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Esquecendo um pouco a parte miraculosa de minha mente sobre uma tal traição ali, um problema havia sido lançado, e para nós as FERRAMENTAS, cabíamos de concertá-los. – E.. – Antes mesmo de sair alguma palavra ali da minha boca, a nossa líder já estava com uma solução, nada que fora do padrão da Elena ali, e aquele impulso que antes tinha sido interrompido, agora era substituído com apena um ok, ou um sim, mostrando que eu concordava absolutamente com a proposta feita pela Elena.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Com todos os planos e esquemas feitos e calculados, antes mesmo que aquela farra terminasse, eu iria para o local onde os homens iriam descansar, não parecia, mas eu estava muito focado, não pela missão de desmoronar a tenente Elena, mas sim focado naqueles que até então eram suspeitos para mim, e no outro dia eu queria acordar da melhor forma possível, e bem concentrado. Com as duas pistolas nas mãos, deitaria em qualquer lugar ali, com o chapéu sobre o rosto, eu dormia um sono que muitos teriam inveja, pois quem visse, perceberia que aquela sim era uma boa soneca.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Objetivos na Aventura!:
 

Ponto-Situação do Personagem:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Ficha na sign

♥:
 

Fã:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: [Divine Tools] II - Juntando as peças!   [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 EmptySex 29 Jun 2018, 22:09


Partindo para Missão

  Elena já havia tomado sua decisão, agora era uma questão de dividir o grupo, e iriam em três lados, entretanto o capitão não estava com um rosto de quem gostou muito do que ouviu e resolveu interferir um pouco na mudança.

  - Não estou muito tranquilo quanto a divisão sargento Elena. – O capitão falava sério. - Não acho que colocar um soldado no comando de outros soldados seja o ideal, ainda mais o que você menos conhece e no ponto crucial da batalha. Se a batalha falhar e Eisenberg fugir, todo o resto foi em vão. Quando sugeri que escolhesse imaginei que já entendesse que a líder deveria estar no centro da confusão e não em uma parte distante.

  Nesse momento Karkarov cai desmaiado no chão. Bolton que estava próximo conseguiu segurar antes do sargento espatifar no chão, mas logo percebeu que algo estava errado.

  - Ele esta com febre. – Dizia preocupado com a situação tentando deitar o Titã. - Está muito doente, não vai ter como ir ou deixar ele aqui sozinho.

  Tuudos se aproximou com um rosto de desgosto. Não parecia nada feliz com a situação. Ajoelhou-se perto do bárbaro e colocando a mão sobre sua testa certificando-se do que Bolton dizia.

  - A febre esta alta! – Dizia ele comprovando a preocupação de Bolton. - Precisamos levar ele para algum médico.

  - Não temos tempo a perder. – Disse o capitão. - Elena você vai comigo mais os soldados Shen, Gunter e Jordan. Vamos ter lá ainda a presença de Bolton e seus amigos caçadores além de Tuudos e o agente Pika. Os caçadores estão em com outros cinco marinheiros, você estará liderando os homens, eu, Tuudos e Bolton estaremos focados na tenente. O Agente Reita vai ser um coringa e vai lutar onde encontrar necessidade.

  - Coloquei a agente Sado na missão do navio. – Disse Tuudos olhando para Kurai. - Além dela claro que o tritão ira com vocês, ele tem um objetivo bem simples, resgatar seus cinco amigos das garras da Elena. Além de Maso vamos lhe ajudar com o agente Brigger. Kurai, ele é um gatuo e estrategista, age de maneira solitária, mas assim como o agente Pika, ele vai surgir onde você vai precisar.

  - Haverá no navio mais cinco soldados para você comandar. – Voltou o capitão falar e também direcionado a Kurai. -  Agora vamos para você sargento Mizzu. Você vai levar o sargento Karkarov para o laboratório dos agentes, eles tem médicos confiáveis. Lá você encontrará cinco soldados para estar sob seu comando.

  Tuudos passava pequenos Den Den Muchis para Elena, Kurai e Mizzu. Esses bichos eram conhecidos como meios de comunicação usados em todo universo de One Piece e embora sejam seres vivos ninguém sabe dizer se é preciso alimentar eles e nem como se reproduzem.

   - Sargento Mizzu! – Tuudos chamava a atenção do sargento. - Lá você vai encontrar também com a agente Muert, de lá você e o agente Troglo Dyta poderão partir. Ele vai te ajudar a levar Karkarov para a base.

  - Ouvi meu nome chefe! – Do meio do mato saio um homem muito grande, seus quase três metros impressionavam qualquer pessoa e seu físico era impressionantemente esculpido. - Vou ter que ir com o baixinho ali? – Perguntou para Tuudos apontando o dedo para Mizzu. - Aquele ali combina mais com meu estilo...

  O olhar de Tuudos para Troglo causou o silêncio dele, que estava preste a apontar para Karyo.

  - Acho que estamos todos cientes de nossas missões. – Voltou Tuudos a falar. - Bolton vai nos guiar até onde o grupo estará nos procurado. Agente Sado vai guiar Kurai até o nosso pequeno barco. Mizzu já deve saber se guiar, o agente Trogo tem dificuldades comdireção, por isso peço perdão.

  - O ataque deve começar quando o por do Sol chegar. Vamos aproveitar a penumbra. – Disse o capitão. - Provavelmente vamos estar em minoria mas mais capacitados, um ataque simultâneo vai causar um certo pânico. Se não tem observações podemos partir.

  Assim que todos estivessem prontos chegariam aos seus pontos de encontro em média de 4 horas. Os grupos de soldados estavam divididos em 3 espadachins e 2 atiradores para cada um dos sargentos que comandavam.

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 46
Warn : [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: [Divine Tools] II - Juntando as peças!   [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 EmptyTer 03 Jul 2018, 18:46


Karyo Shen

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Desagradava ao Capitão Eric a sugestão proposta por Elena, na qual eu estaria no comando para invadir a caverna. Era verdade, eu era um soldado. Entretanto, não era apenas isso. Conhecia as minhas capacidades e estava confiante nelas. Todavia, o Capitão Eric estava certo; havia acabado de juramentar à Elena, e, como líder, ela deveria desempenhar o seu papel na linha de frente, independentemente de minhas vontades. O líder - ou melhor, a líder - deve sempre estar diante de seus homens, enfrentando os locais mais perigosos junto a eles. Se não fosse ela a exercer essa função, eu estaria sob as ordens da pessoa errada — Devo concordar. Apesar de desejar ter com Eisenberg, a função de liderar não é a minha aqui - olhava para a mulher, esperando que ela entendesse as minhas palavras, em conjunto com as do Capitão — Apesar qu- - antes que pudesse concluir, as palavras travavam em minha boca, saindo apenas ruídos quase inaudíveis.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Era como se eu pressentisse algo ruim. Não. Aquilo, por si só, era ruim. Mas pensava em algo maior. Minha intuição me dizia que havia algo de errado. Como isso poderia acontecer em um momento crucial como esse? Não havia condições de ter sido uma causa natural, pois há poucos instantes Karkarov encontrava-se bem e disposto, ansioso para a batalha — Doente?!? - indaguei — Há poucos minutos atrás ele estava bem, olhando nos meus olhos com fulgor! - me aproximaria, ajudando Bolton a segurar o grande homem. Apesar de ser meu rival, também era meu companheiro, o qual já havia tomado até como amigo. Olharia em volta, passando o olhar no rosto de cada um ali presente, tentando identificar alguma reação estranha. Não gostava da ideia de que haveria entre nós algum traidor ou algo do tipo; e sequer tínhamos tempo para lidar com uma situação inesperada como essa. Querendo ou não, devia concordar com o Capitão, mais uma vez.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O plano era repassado rapidamente com as novas reformulações. Não podíamos mais contar com as orças de Karkarov, uma grande perda para todos nós, mas tínhamos, ainda, muitos combatentes de qualidade ao nosso dispor. Se não podíamos ter o seu machado, pelo menos teriamos a sua vontade — Tome conta dele e de seu Tomahawk, ele entrará em desespero se perdê-lo - pousaria a mão sobre o ombro de Mizzu, aproximando-me do ouvido dele — E tome cuidado com esses agentes... algo não me parece certo - sussurraria no ouvido dele de forma breve, indo de encontro ao Capitão e Elena. "Ao pôr do sol tudo se dará início; logo estará terminado" - começava a rememorar toda a minha trajetória até ali, desde os meus primeiros passos em direção ao QG de Wars Island até agora. Seria isso um mau agouro? Não. Não podia ser. Havia, ainda, um longo caminho a se percorrer.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A nossa partida logo ocorreria. Confiava em Bolton para nos guiar, assim não teriamos maiores problemas com o terreno. Entretanto, o ocorrido com Karkarov ainda me incomodava — Senhor, você não achou aquilo estranho demais? - perguntaria ao Capitão e à Elena, quando houvessemos nos distanciado dos demais, em tom baixo o suficiente apenas para os dois me escutarem. Logo estaríamos em nosso destino, e, até lá, era bom ter a certeza de que nossos aliados eram realmente aliados.




Citação :

Nome do Player: Karyo Shen
Nº de Posts: 14
Vantagens: Liderança; Adaptador; Voz Encantadora; Ambidestro.
Desvantagens Código da Honestidade; Código dos Heróis.
Perícias: Forja; Intimidação; Engenharia.
Ofício: N/A
EdC: Ceifador

Ganhos: 13's Jason; Perícia (Interrogatório*); Mapa; Livro.
Perdas: 500.000

Players: Elena Selena; Karkarov Von Durmstrang; Kurai Hoshiken; Mizzu S. Hayha.
NPC's: Mike; Jordan; Agente Reita; Agente Sado; Maso; Agente Brigger; Agente Muert; Agente Troglo Dyta; Agente Perf Ekt; Karn Voro.
Extras:







Off






Spoiler:
 




____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ficha - Karyo Shen, Ceifador Branco
I - Goatman Kill Streak
II - Do Espírito das Leis
III - [Divine Tools] Juntando as peças!
IV - Diante da Lei
V - Zarpando para Utopia!
VI - Caos em Utopia!
VII - [LB] O Florescer de Utopia
VIII - [LB] O Florescer de Utopia II
Voltar ao Topo Ir em baixo
darkmilks
Pirata
Pirata
darkmilks

Créditos : 8
Warn : [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 07/02/2018
Idade : 26
Localização : North Blue - Micqueot

[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: [Divine Tools] II - Juntando as peças!   [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 EmptyQua 04 Jul 2018, 13:54

KARKAROV DESABA:
A PRIMEIRA GOTA DA TEMPESTADE
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Discutíamos o plano de ataque com empolgação. Capitão Eric não parecia inteiramente seguro com as escolhas de Sargento Selene sobre o Soldado Shen, afirmando que sua força não seria suficiente para parar a Tenente Eisenberg. Apesar de querer confiar em Karyo, eu sabia que o Capitão tinha razão, principalmente após Eisenberg derrotar todos com técnicas que beiravam o impossível, mas me ative apenas a observar enquanto os dois conversavam.

Subitamente Karkarov, que estava ao meu lado, desabava perdendo completamente qualquer uma de suas funções motoras. Felizmente o Bolton o segurou antes da queda e prontamente nos informou de sua condição e o quão grave ela poderia ser.

MAS QUE P#$% É ESSA?! — Gritava em plenos pulmões, era tudo tão repentino que não conseguia manter a compostura.

"Droga, será que o inimigo conseguiu nos atacar em nosso QG provisório... Parece muito suspeito para uma coincidência preciso ficar atento para novos ataques."

O desprezível Agente Tuudos constatou que ele precisava de tratamento especializado, parecia ser algo grave, mas tínhamos nossa missão para cumprir, o destino deste Blue estava em nossas mãos. Portanto uma nova divisão era feita, desta vez pelo Capitão Eric, os postos de comando eram mantidos, mas novas força eram adicionadas a cada uma das missões. Tinha a meu favor três da equipe dos agentes: A Agente Sado, o Tritão Kleine Fish e o Agente Brigger, além de alguns soldados como reforço.

"Brian estará no navio, preciso pará-lo pela honra de Karkarov. Ainda não tenho um plano de ação bem formado... Mas tenho a convicção do que devo fazer."

Agente Tuudos nos entregava Den Den Mushis para aqueles colocados como líderes, o que facilitaria nossa comunicação a distância. Com todos os preparativos certos, tínhamos um horário marcado para iniciar nossos ataques, chegava a hora de nos dividirmos e cumprir nossas missões. Olhava para Elena esperando que ela soltasse sua frase característica, uma espera que podia ser em vão. Caso não viesse dela eu mesmo o faria, afinal de contas aquilo havia se tornado um grito de guerra de nossa aliança.

Já que você não disse Sargento Selene, eu faço pra você... — Erguendo o braço direito, puxando ar para os pulmões e soltando logo em seguida em um grito. — VAMOS LÁ FERRAMENTAS, EXECUTAR A JUSTIÇA!

Partia em direção a floresta sendo guiado pela Agente Sado. Apesar de ter ficado acanhado quanto a sua presença durante o jantar, durante a caminhada que novamente duraria horas, meus pensamentos eram completamente centrados na missão que estava para executar, pois diferente da missão de Brutus ou de Typ, minhas ações tinham como objetivo honrar Karkarov derrotando Brian e desmantelando sua operação.

"Hey Durmstrang, sei que não pode me ouvir... Mas vou parar Brian de uma vez por todas e exaltar o nome de seu clã ao fazê-lo."

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

OFF:
 

Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Divine Tools:
 

WANTED:
 

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




[Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: [Divine Tools] II - Juntando as peças!   [Divine Tools] II - Juntando as peças! - Página 6 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Divine Tools] II - Juntando as peças!
Voltar ao Topo 
Página 6 de 12Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 5, 6, 7 ... 10, 11, 12  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Lvneel Kingdom-
Ir para: