One Piece RPG
~ Quivira Di Berlinque ~ XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Phantom Blood
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor Licia Hoje à(s) 02:53

» Escaping Mean! Run Ria, Run!
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor Milabbh Hoje à(s) 02:29

» [LB] O Florescer de Utopia III
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor Vincent Hoje à(s) 01:08

» As mil espadas - As mil aranhas
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor jonyorlando Hoje à(s) 00:42

» Noskire M. Hughes
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:28

» Yami Sukehiro
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:22

» Yami Sukehiro
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:21

» [Ficha] Kuze Kyoji
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:43

» Vivian Strongwill
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:37

» The One Above All
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 23:18

» II - Growing Bonds
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor Vincent Ontem à(s) 22:41

» Busca Implacável
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 22:07

» Do ferro ao aço
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor Anjodk Ontem à(s) 21:42

» 1º Ato - O Despertar
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor Chaitanya Mahaprabhu Ontem à(s) 21:39

» MINI - Abraço de Urso
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor TheJoker Ontem à(s) 20:34

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor Skÿller Ontem à(s) 20:24

» Fanalis B. Ria
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 20:19

» Enuma Elish
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 20:12

» 1º Cap: O começo de uma grande aventura
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor JaponeisLK Ontem à(s) 19:54

» Vamos nos aventurar! Anjinhas me aguardem...
~ Quivira Di Berlinque ~ Emptypor Pippos Ontem à(s) 19:53



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 ~ Quivira Di Berlinque ~

Ir em baixo 
AutorMensagem
Escritor
Convidado
avatar


~ Quivira Di Berlinque ~ Empty
MensagemAssunto: ~ Quivira Di Berlinque ~   ~ Quivira Di Berlinque ~ EmptyQui 09 Jun 2016, 00:56

Informações Principais

Spoiler:
 

Nome: Quivira di Berlinque
Regente: -x-
População: ?? Indefinida
Clima predominante: Verão
Geografia: Berlinque é uma ilha de pântano muito conhecida por ser "a pior ilha do mundo". É um ambiente composto por uma floresta pantanosa extremamente densa, cortado por diversos rios que servem como rodovias aquáticas. A água de Berlinque é lamacenta, dificultando a navegação para os menos aptos ao ofício. O solo é formado por terra e rochas cobertas de musgo e pode ser, em algumas áreas, bastante escorregadio (inclusive areia movediça). O relevo é disforme e complicado, fazendo com que seja fácil perder a noção de direção (ainda mais que as árvores são tão altas que suas copas acabam formando uma abóbada de folhas que mantém uma penumbra por toda a ilha. A temperatura é alta, próxima de 40ºC. Isso é um problema para quem passa pela ilha, pois os mantimentos estragam bem mais rápido (devido ao calor e a umidade). Um enorme muro rodeia a ilha e dificulta a entrada, assim como a saída da mesma. Pela ilha tem espalhado diversos itens de ouro, tesouros que atraem os piratas que por ali passam.
Log Pose: 30 posts
Tempo de viagem para próxima ilha: 60 u


Personalidades Importantes

Oni, o Pessimista
Um anão (que mede 35cm) que possui uma fruta do tipo Zoan que lhe permite se transformar em sapo e também é o único habitante racional de Berlinque. Tem cinquenta anos, é bastante rabugento e pessimista, entende de carpintaria e é um ex-pirata. Mestre em artes marciais de capoeira, sabe usar o básico do Haki do Armamento e da Observação. Apesar de viver em Berlinque há cerca de vinte anos, Oni odeia a ilha e tenta encorajar qualquer um que ele encontra para sair da ilha o mais rápido possível. Em seus tempos áureos conheceu Cabeça de Ametista, o atual líder de Ponta de Lança (5° ilha) e nutriram uma curiosa amizade, durante muito tempo viveu na ilha sob a companhia do velho, até que teve que partir com seu bando. Foi presenteado com uma curiosa ametista de propriedades mágicas que acalmam e afastam os animais, e ela permanece no barraco de Oni, afastando os peixes-pedras e mantendo o local seguro. Atualmente sua única amizade é um peixe-pedra retardado (e bastante dócil) chamado Hoomer, que não é afetado pela ametista.

A Coisa
Este é um ser quimérico que vive nos confins da Floresta dos Esquecidos. Inteiramente composto por raízes bem resistentes que podem se estender e serem usadas como chicotes, espinhos, espadas ou porretes. Tem a habilidade sobrenatural de movimentar as raízes da Floresta dos Esquecidos e de controlar a maioria dos animais da ilha ao seu alcance e domínio. Ele usa isso para mudar os cursos do local e dificultar a saída de qualquer intruso. Porta-se como um animal selvagem, se tornando agressivo quando alguém invade seu território. A única forma de assassinar a criatura é destruindo a sua cabeça, que por ser um tipo de exoesqueleto é dura como ferro.

Capitão Rugh Lenogam
Um homem alto de cabelo curto, encaracolado e preto. Comandante geral da ilha e capitão da frota Ascensão das Estrelas, ele é um cara amargurado, rígido e grosseiro. Geralmente brigando e arranjando confusão com todo mundo, um boxeador forte de inteligência e estratégia impecáveis. Ele se priva de ter amigos, sempre afastado de conversar com todos, demonstrando ser um homem muito solitário.

Cientista Mili Gutenberg
Uma mulher trans de inteligência inimaginável. Com longos cabelos azuis, alta e com corpo esguio desejado por muitas mulheres. Sempre calma e gentil, ela consegue ser simpática e séria ao mesmo tempo com todos, nunca a viram abalada, ela é a segunda em comando na ilha e a comandante da BDPM, organizando os projetos das pesquisas e desenvolvimentos feitos com as plantas e animais diferenciados na ilha, assim também produzindo animais selvagens mais fortes e diferentes do que os naturais da ilha.

Caminho da Esperança
É uma célula revolucionária que chegou na ilha desde o primeiro evento da Semana de Tânatos, sobrevivendo a todos os eventos até então, só tendo perdido 3 membros por enquanto. Todos tem o objetivo de conseguir agrupar o máximo de riquezas existentes na ilha, tentando entendê-la e estudá-la, sabendo se orientar pela ilha e ainda pesquisando sobre as ruínas locais. Pouco a pouco descobrindo o porque a ilha conseguiu desenvolver um monstro tão furioso como A Coisa, este é o maior mistério que os revolucionários tentam descobrir sobre.

Comandante Chad Bringtom
É o líder da célula revolucionária, sempre astuto, ele consegue criar sempre a estratégia perfeita para sobrevivência do local, derrotando alguns Caçadores e tentando manter ao máximo os membros da sua célula revolucionária vivos. Já tendo perdido dois grandes amigos, Chad está sempre alerta, ele não brinca, nem briga com ninguém, parece que tem muita energia para agir o tempo todo, estando sempre disposto a ajudar todas as possíveis Presas do evento. Acampam dormindo nos galhos das árvores o mais alto possível, preocupado com toda a questão de segurança e sempre curioso em tentar descobrir algo novo na ilha, assim como o mistério da história da Coisa. A pouco eles descobriram uma certa caverna escondida no centro da ilha, a mesma não é muito profunda, o limite dela acaba em diversos destroços tampando o que antigamente, talvez, tenha existido um caminho mais longo para se explorar.

Nome: Rukia Kolucci
Descrição: É uma mulher poderosa dentro da ilha de Berlinque ao qual se faz conhecida em principal como a diretora do evento “Semana do Tanato”, se mostrando extremamente orgulhosa de como a simples renovação e movimentação econômica gerada pelo seu evento é capaz de tanto ajudar financeiramente a Base de desenvolvimento e pesquisa, como gerar renda para que a ilha possa se sustentar. Graças às suas contribuições é uma das poucas pessoas que recebeu uma instalação própria dentro do território para que fizesse de sua residência. Rukia é uma amante de doces e graças a sua Akuma no mi é comum a ver sempre mastigando algo, sendo sua fonte preferida de açúcar as bolinhas de chocolate Poki, que vem em uma embalagem de coelho ao qual ela considera fofa. A moça é dotada de uma extrema inteligência e graças aos contatos com um vice-almirante até mesmo é capaz de conseguir uns participantes extras hora ou outra. É interessada em pessoas que se façam interessantes de se ouvir e em batalhas mas, corresse o boato de que ainda que ela esconda, secretamente ela coleciona livros de fantasia romântica. Os poucos que já experimentaram a sua comida, dizem que é coisa de outro mundo, uma pena que geralmente ela só faz o suficiente para “pagar” por sua Akuma. Um fato curioso é que sua risada normalmente sai dessa forma: "urikikikikiki".

Ficha Técnica:
 


Construções e Lojas

Barraco do Oni
É uma mini casa (adaptada ao tamanho do dono) que fica no litoral Sul. É bastante simples, três cômodos com uma área pra uma pequena banheira do lado de fora. A casa é uma palafita, ou seja, está construída por cima da água pantanosa. Do lado de fora da casa é possível ver um barril (em tamanho real) com uma cadeira em cima. É lá que Oni passa a maior parte do tempo, pescando (absolutamente nada), observando o horizonte e rezando pra que nenhuma vítima ou caçador apareçam.

Charco da Insânia
Uma área repleta de plantas carnívoras das mais variadas formas e tamanhos, atingindo até cinco metros de altura. São extremamente agressivas e comportam-se como animais. Algumas plantas são venenosas, alucinógenas, medicinais e até comestíveis, podendo ser uma área extremamente rica de matéria prima para médicos, cozinheiros ou cientistas. Atualmente uma área controlada pela BDPM, com pesquisas constantes sobre todas as substâncias que podem ser adquiridas nas plantas.

Covil da Mandrágora
Mandrágora foi o nome dado a uma serpente colossal que vivia em uma certa região da ilha. Era um réptil imenso, medindo cerca de cinquenta metros de comprimento. Mandrágora foi assassinada, sendo que hoje só é possível ver o seu esqueleto (Seu crânio tem sete metros de altura) e suas presas ainda expelem um poderosíssimo veneno que pode ser coletado com cautela. Porém após sua morte, as filhas de Mandrágora passaram a imperar sobre essa parte da ilha. Essas serpentes-filhas (Comprimento: 20cm ~ 1m) liberam um gás levemente ácido, que irrita, dificulta a visão e a respiração.

Floresta dos Esquecidos
É a região com a topografia mais densa e irregular da ilha. A principal característica dessa floresta é que ela é inteiramente composta por imensas raízes que se contorcem por toda sua extensão, formando um labirinto. Nas frestas dessas raízes moram diversos animais peçonhentos (lacraias, cobras, escorpiões) de tamanhos variados, mas nunca passando de 50cm.

Vale do Enxofre
Além do cheiro característico de enxofre, essa região de Berlinque é conhecida por abrigar um tipo de animal totalmente desconhecido pela ciência do mundo civilizado: o Slime. Esses são seres amorfos e que se alimentam de outros animais, primeiro esmagando-os e depois os absorvendo com o próprio corpo. Esses Slimes podem se juntar umas com as outras e formarem seres ainda maiores. Por terem uma estrutura orgânica mais parecido com uma gosma, eles podem moldar seus corpos da maneira que quiserem, podendo criar braços, chicotes, cabeças, porretes. Dependendo da cor do Slime, eles tem uma característica única: Slimes azuis podem 'cuspir' água, os vermelhos conseguem elevar a temperatura corporal a ponto de se tornarem extremamente quentes, os amarelos conseguem produzir eletricidade como enguias e os verdes (os mais abundantes e simples) só exalam enxofre. Esses seres sozinhos são fáceis de serem derrotados, porém quando em conjunto podem fundir suas propriedades únicas e se transformar em verdadeiras ameaças.
(Área extinta e neutralizada pela marinha)

Athenas Gate
É o portão ao Norte do muro, com caminho direto para a Grande BDPM. Esse portão só se abre com autorização da marinha, para os caçadores do evento Semana de Tânato. Ele tem um mushi de vigilância no alto no portão, com um mushi de comunicação desenvolvida pela BDPM, para que o centro de comando possa entrar em contato com quem está chegando.

Portal Breasil
É o portão a Oeste do muro, ele contém apenas um mushi de vigilância no alto. Fica aberto durante 15 dias e se fecha na semana de Tânato.

Portal Aztlan
É o portão a Leste do muro, ele contém apenas um mushi de vigilância no alto. Fica aberto durante 15 dias e se fecha na semana de Tânato.

Base de Desenvolvimento e Pesquisa da Marinha (BDPM)
É uma gigantesca cúpula ao Norte extremo da ilha. Só não é mais alta que as árvores enormes e o muro. Dentro da cúpula tem uma torre de Desenvolvimento e Pesquisa da marinha, responsável por experiências e descobertas na ilha. Ao redor da torre até a parede da cúpula, são campos abertos com dormitórios básicos, mas a área é toda protegida pela parede da cúpula. A Base é comandada pela cientista trans chamada Mili Gutenberg e o Capitão em comando geral é o Rugh Lenogam.

SEMANA DE TÂNATO

A cada 15 dias, acontece o evento de caça, a Semana de Tânato. É um evento organizado pela união de Rukia junto ao governo ao qual tornou-se vital para a economia da ilha. As inscrições para o evento começam três dias antes de seu início e postos de inscrição podem ser encontrados em principal ao redor do norte da ilha. Para poder se inscrever é necessário que a pessoa seja de um grupo afiliado ao governo mundial ou pelo menos neutro a ele tal como: Marinheiros, Agentes, Caçadores e Civis.

Descrição do Evento:
 

História

ERA 1:
Pouco se sabe sobre o passado da ilha, pois ninguém acredita que houve condições para uma civilização humana se instalar e sobreviver ali. Por fazer parte da Grand Line, ficou bastante conhecida entre os navegadores por ser uma ilha perigosa e horrível de navegar, pegando a fama de ser a pior ilha de todo o mundo.

Porém muito se especula sobre a história do velho sapo Oni que é o único habitante da ilha. Algumas pessoas dizem que ele está atrás de um tesouro perdido e é por isso que ele quer as pessoas o mais longe possível da ilha, pois não quer dividir o dinheiro. Outros já dizem que ele é um velho maluco. Mas a realidade é que 20 anos atrás, Oni e sua tripulação pirata embarcou naquela ilha. Todos morreram, inclusive sua amada esposa Musume, devido ao ataque de um grupo de peixes pedra. Somente Oni restou e agora ele permanece na ilha por que é a única coisa que (infelizmente) lembra de sua amada.

Sobreviver aqui é uma tarefa difícil. Há crocodilos, lobos, anfíbios monstruosos, gorilas, plantas carnívoras, insetos gigantes e uma outra variedade de seres vivos em Berlinque. Devido às condições extremas da ilha, esses animais evoluíram para se adaptar ao lugar e chegam a ser três vezes maiores, resistentes e até mesmo agressivos do que seus 'tipos comuns'. Um dos mais temidos é o emblemático Peixe-Pedra, peixes que medem de um a dois metros de comprimento, e sua pele é dura como pedra, sua mordida é venenosa e eles são surpreendentemente inteligentes; normalmente esgueirando-se pelas águas pantanosas e batendo-se contra os cascos dos navios de forasteiros para danificá-los (e então, comer qualquer um que esteja a bordo desse navio, mesmo que muitos sempre sobrevivam e seus barcos não ficam muito danificados ao fim).


ERA 2:
Após anos de isolamento, a frota chamada Ascensão das Estrelas comandada pelo Capitão Rugh Lenogam chegou a ilha. Com o conhecimento de soldados e sargentos que já estiveram e perderam companheiros aqui, relatórios completos chegaram ao capitão, que aprendeu e conseguiu desenvolver uma forma de organização e aproveitamento desta ilha isolada, sem precisar passar pelo problema de enfrentamento direto com qualquer dos desafio ou criaturas existentes no local.

Com uma grande frota de soldados e ajuda da marinha, Rugh iniciou a construção de uma gigantesca muralha ao redor da ilha. Esse enorme muro tampa completamente Berlinque, tornando assim oficialmente uma base isolada de pesquisa, desenvolvimento e treinamento da marinha e aliados.

A entrada é feita por 3 locais, são portões gigantescos no mar, onde os visitantes podem chegar apenas de navio, ou nadando, mesmo este último não sendo muito recomendado. São os Portões Athenas Gate(Ao norte), Portal Breasil (A oeste) e Portal Aztlan(A leste), eles tem mushi de vigilância no alto de seus portões, monitorando a entrada de quem chega.

Recebendo agora piratas e revolucionários, que navegam pelos rios da ilha e tentam explorá-la atrás de riquezas, o local se tornou praticamente um recinto de caça. A cada 15 dias, os portões se fecham, transformando a ilha em um local recreativo, onde Marinheiros, Caçadores de Recompensa e Agentes do Governo caçam todos os piratas e revolucionários que se abrigaram no lugar por uns dias. Com certas peças de ouro espalhadas pela ilha, animais selvagens naturais da ilha, os animais servidos de desenvolvimento em pesquisas e o grande monstro chamado apenas por A Coisa, os aventureiros entram atrás das certas riquezas, mas quase nenhum sai dali vivo ou livre para aproveitar seus ganhos.

Uma sirene ecoa por toda Berlinque e então a semana de caça é iniciada. Vários caçadores de recompensa, marinheiros e agentes do governo são liberados a partir da BDPM(Base de Desenvolvimento e Pesquisa da Marinha) para caçar piratas e/ou revolucionários no local. O objetivo é alcançar 30.000.000 de berries, acompanhados por um mushi de vigilância exclusivo da Base local, este que é observado por um monitor na área da marinha, quando o primeiro caçador chega a contagem, a sirene toca novamente, os portões a Oeste e a Leste são abertos e os piratas podem tentar escapar. Oni tem conhecido muitas pessoas atualmente e ainda não se acostumou com a dominação da marinha no lugar.

A marinha conseguiu neutralizar totalmente o Vale do Enxofre, com pesquisas e elementos químicos que extinguiram os slimes. O Covil da Mandrágora foi controlado, uma área fechada onde só é aberta nos Dias de Caça.  A Coisa continua caminhando sem destino por ae. Após tantas mudanças, a ilha começou a ser chamada de Quivira di Berlinque.
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Furry
Game Master
Game Master
GM.Furry

Créditos : 45
Warn : ~ Quivira Di Berlinque ~ 10010
Masculino Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

~ Quivira Di Berlinque ~ Empty
MensagemAssunto: Re: ~ Quivira Di Berlinque ~   ~ Quivira Di Berlinque ~ EmptySex 18 Ago 2017, 18:00

NPCs

Aqui estão todos NPCs e tesouros existentes na ilha.

OBS: Nenhum deles é um NPC importante da ilha, todos são NPCs criados por players como intuito de auxiliar narradores.
Lembre-se que para usar esses NPCs ou tesouros os mesmos devem ser solicitados no topico respectivo e aguardar aprovação. Usos não solicitados e aprovados serão negados na avaliação de aventuras.

Link auxiliar:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Siga as informações do link acima tanto para solicitar o uso de NPC quanto o uso de tesouro. A solicitação é feita nos links abaixo. Escolha o NPC, clique no link e solicite no tópico do mesmo. Caso o NPC/tesouro já esteja em uso não poderá ser usado em outra aventura, com a exeção da aventuras estar a pelo menos 3 meses parada, nesse caso siga o descrito no link auxiliar.

~Frotas da Marinha~

N/A

~Piratas~

Bado Explosive Hawk

~Revolucionários~

N/A

~Caçadores de Recompensa~

N/A

~Civis~

N/A

~Agentes do Governo~

N/A

~Tesouros~

N/A

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
 
~ Quivira Di Berlinque ~
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Berlinque-
Ir para: